Se está pesquisando sobre estudar em Portugal, uma das opções é a Universidade da Beira Interior. Localizada na Covilhã, a universidade tem atraído estudantes internacionais, mas como será que é estudar no interior do país? Neste artigo, apresentamos a universidade, quais os melhores cursos, quais os valores cobrados, além, claro, como é a vida acadêmica na UBI, confira!

Conheça a Universidade da Beira Interior

A Universidade Beira do Interior foi fundada na década de 70 com o intuito de ser um Instituto Politécnico da Covilhã. A região com tradição pela indústria dos laticínios passou por uma crise econômica na mesma época.

A ideia de criar a Universidade veio durante essa crise com o intuito de manter os moradores na cidade e oferecer um ensino superior de qualidade para não terem que se deslocar para outras cidades. Dessa forma, mantinham os jovens por lá para ajudar a economia a girar de alguma forma.

Foi então, que em 1979, o Instituto Politécnico da Covilhã transformou-se na Universidade da Beira Interior e passou a recuperar antigos prédios abandonados na cidade para abrir os polos universitários. A UBI é uma das universidades na qual os brasileiros podem estudar em Portugal.

Universidade da Beira Interior em números

Falando em números, a Universidade da Beira Interior (UBI) é assim:

  • São 4 polos;
  • 5 faculdades: Ciências, Engenharia, Ciências Sociais e Humanas, Artes e Letras, e Ciências da Saúde;
  • 8.200 alunos;
  • 35 cursos de licenciatura;
  • 40 cursos de mestrado;
  • 30 cursos de doutorado;
  • 9 cursos de pós-graduação;
  • 53 cursos de formação contínua;
  • 1.158 funcionários, dentre eles, cerca de 600 professores;
  • 3 bibliotecas;
  • Laboratórios para os cursos da faculdade de Artes: estúdio de TV e rádio, fotografia, multimídia, ilha de edição;
  • Laboratórios para a Faculdade de Ciência da Saúde;
  • Laboratórios para a Faculdade de Engenharia;
  • 7 residências universitárias com 808 camas;
  • 4 cantinas;
  • 8 bares.

Prêmios

A Universidade da Beira está entre as melhores universidades de Portugal e já conquistou uma boa colocação em diversos rankings mundiais.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

De acordo com o ranking World University Rankings, de 2022, que avaliou mais de 1.600 universidades em 99 países, a UBI se destaca na posição 601 – 800 ao nível mundial. Entre as universidades portuguesas, ela ficou ocupou o 5º lugar.

Se tratando de prêmios recebidos, a UBI tem uma coleção deles. Veja alguns deles, segundo o site oficial da Universidade da Beira do Interior.

  • Em 2014, a ex-aluna do curso de Design Industrial recebeu o prêmio “MacroErgonomics Young Investigators Award”;
  • Em 2016, o Departamento de Ciências do Desporto da Universidade Beira Interior (CDC-UBI) ficou classificado entre os 100 melhores do mundo e 3º de Portugal, segundo o Shanghai Ranking;
  • Em 2017, o aluno do curso de medicina recebeu o prêmio “Promising Research Award” por sua pesquisa “Prevention of potentially inappropriate prescribing for elderly patients: a randomized controlled trial using Beers Criteria: a multidisciplinary intervention”;
  • Também em 2017, a aluna de Design Multimedia recebeu o prêmio “Navigator Dreams – Global Talent Design Contest”;
  • Em 2018, dois alunos do curso de Design Industrial venceram o concurso internacional Glassberries Awards;
  • Em 2019, a aluna do curso de moda venceu o concurso internacional “Nike Air Max 720 Design Concept”, promovido pela marca Nike.

Onde fica a Universidade da Beira Interior

A Universidade da Beira Interior fica na cidade da Covilhã, parte do Distrito de Castelo Branco, na região central de Portugal. Ainda não conseguiu se localizar no mapa? A Covilhã fica bem pertinho da famosa Serra da Estrela, uma das principais portas de entrada para ela.

O endereço completo é da UBI é Rua Marquês D’Ávila e Bolama, Covilhã.

Como chegar à Universidade da Beira Interior

Apesar de estar localizada no interior é possível chegar até a UBI utilizando o transporte público de Portugal ou de carro.

Saindo de Lisboa, você pode pegar o comboio (trem) em direção a Guarda e descer na estação da Covilhã. Da estação até a UBI são 1,5 km. O trajeto demora cerca de 4 horas.

Saindo de Coimbra, você deve pegar o comboio em direção a Guarda e lá fazer uma baldeação para o comboio sentido Lisboa e descer na estação de Covilhã. O trajeto também leva cerca de 4 horas.

Optando por um carro, ambos os trajetos levam em média 2 a 3 horas.

Melhores cursos da Universidade da Beira Interior

Os cinco cursos que já obtiveram destaque nos rankings internacionais são:

  • Economia;
  • Ciência da Computação;
  • Engenharias;
  • Sociologia;
  • Biomedicina.

Os outros cursos também possuem um ensino de excelência. Como comentei anteriormente, os alunos da Universidade da Beira Interior colecionam muitos prêmios importantes.

Como se candidatar à Universidade da Beira Interior?

Para se candidatar à UBI é preciso ficar atento ao site da universidade para não perder os prazos de candidatura para alunos internacionais ou nacionais da União Europeia. Geralmente o processo acontece entre janeiro a junho, uma vez que o ano letivo em Portugal começa em setembro.

Documentos para se candidatar à UBI

Os documentos para candidatura, por sua vez, vão depender o grau acadêmico que pretende estudar.

Para a licenciatura, a taxa de inscrição para a graduação é de 30 euros. Os alunos brasileiros devem apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação pessoal e/ou passaporte;
  • Documento comprovativo da conclusão do Ensino Médio (com Apostila de Haia)*;
  • Documento com o resultado do ENEM.

Para o mestrado, a taxa de inscrição para o mestrado é de 15 euros. Os seguintes documentos são exigidos:

  • Documento de identificação pessoal e/ou passaporte;
  • Currículo profissional e acadêmico;
  • Diploma da graduação com a média final (apostilado);
  • Histórico da graduação com o descritivo das unidades curriculares e classificação (apostilado);
  • Carta de motivação e recomendação são aconselháveis de enviar.

Para o doutorado na Universidade da Beira Interior, a taxa de inscrição é de 15 euros. Os candidatos devem apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação pessoal e/ou passaporte;
  • Currículo profissional e acadêmico;
  • Diploma do mestrado com a média final (apostilado);
  • Histórico do mestrado com o descritivo das unidades curriculares e classificação (apostilado);
  • Carta de motivação e recomendação são aconselháveis de enviar.

Atenção: para quem tem cidadania portuguesa, o processo é diferente. Será necessário realizar o reconhecimento do ensino médio e o exame nacional, se for o caso. Confira como estudar em Portugal com cidadania portuguesa.

Dá para entrar na UBI com o Enem?

Sim. A UBI é uma das universidades portuguesas que aceitam o ENEM para entrar nos cursos de graduação. Como mencionei no tópico acima, os alunos brasileiros que desejam concorrer a uma vaga devem apresentar o resultado do ENEM no momento da candidatura.

A UBI disponibiliza uma calculadora automática onde você pode inserir as notas obtidas em cada uma das áreas de conhecimento e redação e convertê-la para a média portuguesa. Dessa forma, consegue visualizar se tem uma nota suficiente para ingressar no curso desejado.

Quanto custa estudar na UBI?

O custo para estudar na Universidade da Beira Interior vai depender do grau acadêmico. Veja os valores das anuidades referente a 2021/2022, que podem ser divididas em 10 meses.

Grau acadêmico Propina alunos nacionais Propina alunos internacionais
Licenciatura 697€ 5 mil euros
Mestrado* 1.037,20€ 1.500€

*Mestrado em Branding e Design de Moda tem valor de 4.537€ independente da nacionalidade do aluno.

Já o doutorado o custo varia conforme a área e o valor é o mesmo para alunos nacionais e internacionais. Veja a tabela com os preços anuais:

Área Propina 
Ciências, Engenharia e Ciências da Saúde 2 mil euros
Ciências Sociais e Humanas, Artes e Letras 1.625€

Vida universitária e estrutura da UBI

A vida universitária na Universidade da Beira Interior é bem integrativa. Todos os anos, a UBI lança um concurso chamado “Integro”, que busca incentivar os alunos da licenciatura a apresentarem propostas para a promoção da integração e vivência nos campi e na cidade. Dessa forma, os novos alunos ficam bem acolhidos pelos mais velhos.

Já a estrutura da UBI é muito boa e não deixa nada a desejar para as melhores universidades de Portugal. São vários laboratórios para atender as diferentes áreas, bibliotecas, boas salas de aulas, ótimos professores e funcionários, centros de apoio psicológico, médico e esportivo, e centro acadêmico pastoral.

Estudar na Universidade da Beira Interior

As cantinas oferecem a refeição social completa que inclui sopa, prato principal, salada, pão, fruta ou sobremesa e água ou suco. O valor é de 2,50€ para estudantes com cartão de identificação universitário e 4€ para professores e funcionários.

Além disso, abre editais para bolsas de estudo em Portugal para os alunos que comprovem carência para que possam receber apoio social. São sete residências universitárias que abrigam 808 estudantes no total e cujo valor varia de 76€ a 291€ mensais.

Vale a pena estudar na Universidade da Beira Interior?

Com certeza vale a pena. A Universidade da Beira Interior conta com a excelência do ensino de Portugal, tanto que ocupa a 5ª posição no ranking de 2022 da World University Rankings entre as universidades portuguesas.

Além disso, a universidade se mostra bem aberta para receber alunos internacionais e incentiva a integração na comunidade acadêmica e fora dela.

Agora que você já conhece melhor a UBI, recomendo o nosso ebook Como Estudar em Portugal para te ajudar nessa conquista. Ele foi escrito por quem já viveu a vida acadêmica no país luso e sabe muito bem das facilidades e dificuldades encontradas nesse caminho. Dessa forma, vai conseguir se planejar melhor.