Intercâmbio na Holanda, quanto custa, bolsas de estudo e visto.

Intercâmbio na Holanda

Holanda  / 

Estudar no exterior traz sempre muitas vantagens, e por isso a procura pelo assunto tem aumentado. Naturalmente, o interesse por fazer um intercâmbio na Holanda tem crescido também.

O programa “Ciência sem Fronteiras” trouxe muitos estudantes para cá, e com o seu fim, muitas pessoas tem desanimado. Mas calma! Tem muitas opções para quem quer fazer intercâmbio na Holanda.

Bolsas para intercâmbio na Holanda

O governo brasileiro não é o único que disponibiliza bolsas de estudo. Você pode conferir uma lista com várias opções de bolsas de estudo na Holanda.

Algumas cobrem só a “tuition fee” (a anuidade paga às universidades), e outras dão ajuda de custo também. O melhor é pesquisar para encontrar a que melhor se adequa à sua condição financeira.

Mas para quem tem o objetivo de fazer intercâmbio na Holanda, o primeiro passo é verificar diretamente com a sua instituição de ensino superior.

Muitas faculdades brasileiras possuem convênios com outras instituições ao redor do mundo. Geralmente essas parcerias cobrem o valor da “tuition fee“, que na Europa pode ser bem mais cara caso você não tenha cidadania europeia.

Custo de vida para intercambistas na Holanda

A Holanda não é um país barato, mas o custo de vida depende muito da cidade aonde você for. Em Amsterdã, claro, os imóveis vão ser mais caros para alugar. Mas há universidades boas por toda a Holanda, então ninguém precisa entrar em pânico agora.

E pelo transporte nacional oficial ser a bicicleta, você provavelmente vai economizar muito se locomovendo dentro das cidades – e até entre cidades próximas! Depende do seu nível de aventura.

Para estudantes, se você levar uma vida sem luxos, morar em uma república com outras pessoas e souber como economizar, os custos podem ser bem mais baixos do que para quem vem com a família. Há também vários truques para conter gastos, como ir em supermercados mais baratos.

Se você quiser saber mais sobre dicas para economizar, dá uma olhada nos custos de vida para estudantes na Holanda.

Visto para intercâmbio na Holanda

Para fazer um intercâmbio na Holanda como brasileiro, é necessário o visto de estudante (MVV) e a permissão de residência (VVR). Mas todo o processo só pode ser feito depois que você já foi admitido na universidade.

Você vai precisar comprovar que tem fundos o suficiente para se manter durante o período fora. Geralmente a própria universidade auxilia no processo para a obtenção do visto, mas na dúvida, o ideal é contatar o consulado holandês. É importante reforçar também que o visto de estudante tem validade, e vai durar só pelo tempo que você estiver estudando.

Se você tiver cidadania europeia, não é necessário visto ou permissão de residência. É só pegar o passaporte vermelhinho e fazer as malas.

Sistema de Ensino na Holanda

Mas antes de se candidatar para fazer intercâmbio na Holanda, é importante ressaltar que o sistema de ensino superior é bem diferente do brasileiro. As universidades são divididas entre Universidades de Ciências Aplicadas (Hogeschool) e Universidades de Pesquisa (Universiteit).

Cada uma tem um foco diferente, e inclusive os anos de estudo variam também. Isso faz diferença no tipo de emprego que você vai querer depois.

Para algumas profissões, o ensino só pode ser feito em um dos níveis: medicina, por exemplo, tem que ser em uma universidade de pesquisa. Você pode conferir mais informações e uma lista completa de todas as universidades holandesas.

Na Holanda as universidades geralmente são voltadas para determinadas áreas. Algumas se voltam para a área de humanas, e outras para a área tecnológica, biológica, etc. Por isso é importante conferir primeiro quais universidades ofertam o curso que você quer, para depois tomar a sua decisão.

Melhores universidades da Holanda

Para fazer intercâmbio na Holanda, muitos estudantes procuram as melhores universidades. E a boa notícia é que na Holanda elas não são difíceis de encontrar!

As universidades de pesquisa da Holanda sempre figuram nas listas de melhores do mundo. O QS Ranking, um dos mais conceituados, incluiu as universidades holandesas entre as 350 melhores do mundo, sendo que 8 estão no top 150.

As universidades holandesas mais bem colocadas no QS Ranking são:

Vale a pena fazer intercâmbio na Holanda?

Morar fora é sempre um aprendizado. Muito mais do que as disciplinas e estrutura que as universidades ofertam, você aprende sobre outras culturas, e outros pontos de vista.

As universidades holandesas possuem inúmeros cursos em inglês, e consequentemente atraem muitos estudantes estrangeiros. Você provavelmente terá amigos de várias partes do mundo, e vai aprender muito com eles.

Além disso, viajar dentro da Europa a partir da Holanda é muito prático e barato. Com certeza é uma aventura para ficar na memória.

COMPARTILHE

Paulista de 25 anos, decidiu fazer as malas e estudar na Holanda. Atualmente faz mestrado na Universidade de Leiden e procura explorar o país nas horas vagas. Escreve no seu blog The Nerdylands tudo sobre a vida de estudante na Holanda.