Trabalhar no exterior se tornou o objetivo de muitos que buscam adquirir experiência internacional, enriquecimento profissional ou até mesmo fugir da crise econômica de seus países de origem. Escolher um destino, entretanto, não é uma tarefa tão simples. Com uma das maiores médias salariais da Europa, a Irlanda se tornou bastante atrativa para esse público e este artigo vai te mostrar porque o país é uma excelente escolha. Quer saber como conseguir emprego na Irlanda? A gente te conta no artigo a seguir!

Como conseguir emprego na Irlanda?

O processo para conseguir emprego na Irlanda não diverge do que já estamos habituados a fazer no Brasil. É importante apostar no currículo e direcioná-lo ao tipo de vaga que você busca, diversificar as plataformas de procura e, o mais importante, dedicar tempo à tarefa.

A seguir, abordaremos os passos iniciais para quem deseja conseguir emprego na Irlanda com dicas que vão alavancar suas chances de conseguir um trabalho, claro!

1. Invista no currículo

Seja no setor informal ou em áreas específicas, é muito importante investir no currículo. A dica para vagas informais é realizar cursos práticos como, por exemplo, apostar em cursos de barista e bartender. Se a vaga for mais específica, tenha certeza de que todas as suas experiências e qualificações estão listadas. Uma carta de recomendação também pode alavancar suas chances de conseguir o emprego que você tanto quer.

2. Diversifique a busca

Atualmente existem diversas plataformas que conectam os candidatos às empresas e/ou recrutadoras. É importante diversificar a busca nesses sites, assim suas chances aumentam. Uma dica é também ficar de olho no Facebook, pois existem grupos voltados para a divulgação de oportunidades de trabalho e alguns deles são voltados especificamente para a comunidade brasileira.

3. Dedique-se

Apostar no currículo e buscar as melhores plataformas são fatores muito importantes no processo de busca de emprego na Irlanda. Entretanto, de nada adianta se não houver dedicação. Delimite um tempo do seu dia especialmente para a busca de oportunidades de trabalho. Nos lugares onde for possível, faça uma visita, pergunte pelo responsável e tente entregar o currículo para o encarregado.

Áreas com mais oportunidades de emprego na Irlanda

Anualmente, o governo irlandês divulga a Critical Skills Occupation Lists, uma lista de profissionais com maior escassez no país. Para profissionais dessas áreas, existem incentivos do governo irlandês junto às empresas para custear a ida dos profissionais e a emissão do visto de trabalho (Stamp 1). O interessante da lista é que cidadãos não-europeus também são elegíveis para as vagas.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Oportunidade de emprego na Irlanda

Essas são algumas das ocupações listadas na última atualização:

  • Engenharia: engenheiros civis, elétricos, mecânicos, entre outros;
  • Tecnologia da Informação e Comunicação: especialistas em TI, web designers, arquitetos de TI, entre outros;
  • Saúde: farmacêuticos industriais, gastroenterologistas, radiologista, entre outros.

A lista é anual, mas pode ser editada ao longo dos meses, e você pode acessá-la no portal do governo irlandês. Por outro lado, se você está buscando emprego na Irlanda no setor informal, a área com mais oportunidades de trabalho é a área de serviços. Vagas de emprego para limpeza, atendimento em lojas e atendimento em restaurantes são as mais comuns.

Melhores sites para procurar emprego na Irlanda

Se você está buscando emprego na Irlanda, uma das melhores formas de encontrar uma vaga é através de sites de emprego e recrutamento. Abaixo listamos as plataformas mais conhecidas:

No caso de empregos em áreas específicas, uma boa dica é enviar o currículo diretamente no site das empresas.

Existe trabalho na Irlanda para brasileiros?

Sim! Existe oportunidade de trabalho para brasileiros no país, principalmente no setor informal. É muito comum que o primeiro emprego para brasileiros que decidem trabalhar na Irlanda seja em vagas informais, como bartender, cleaner (limpeza), assistente de cozinha, etc. Nesse caso, a proatividade na hora da procura conta bastante. Uma dica bacana que costuma agradar os empregadores é se oferecer para um teste sem compromisso.

Para brasileiros com cidadania europeia, a situação muda, já que não há restrições de carga horária de trabalho. Com o crescimento do número de imigrantes na ilha, muitas empresas multinacionais buscam candidatos que dominem outros idiomas além do inglês – inclusive, o português pode ser um diferencial. Por isso, o setor de telemarketing e atendimento ao cliente nas multinacionais se tornou um excelente mercado para brasileiros.

Morar na Irlanda com cidadania europeia: saiba como.

Precisa de visto para trabalhar na Irlanda?

Para os brasileiros que querem trabalhar na Irlanda é requisito ter um visto com permissão de trabalho. Existem alguns tipos de visto para Irlanda: o Stamp 1 (visto de trabalho), Stamp 2 (visto de estudo e trabalho) e o Stamp 4 (visto de residência).

  • Stamp 1: é o visto mais desejado, pois é o visto de trabalho. Para essa modalidade, é necessário que o aplicante já tenha uma proposta de trabalho de uma empresa irlandesa antes de desembarcar no país;
  • Stamp 2: o visto de estudante, é o mais comum e concede permissão de estudo e trabalho aos cidadãos não-europeus;
  • Stamp 4: o visto de residência é adquirido através do casamento com um cidadão europeu. O Stamp 4 é a permissão de residência e trabalho.

Saiba mais sobre cada um a seguir.

Visto de trabalho (Stamp 1)

Para solicitar o visto Stamp 1, o brasileiro precisa comprovar que recebeu uma proposta de emprego na Irlanda. Ele é apresentado à imigração já em solo irlandês. Só depois é concedido o visto e a permissão de trabalho. Além da comprovação da proposta de trabalho feita por uma empresa irlandesa, o candidato ainda deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte válido por seis meses, a partir da data da viagem para a Irlanda;
  • Seguro saúde válido no país;
  • Original e cópia dos documentos de identificação.

O Stamp1 está disponível para vagas de emprego na Irlanda com salário anual de 30 mil euros ou mais, tem duração de 2 anos (podendo ser estendido para mais 3). Com esse visto, você passa a ter acesso aos mesmos direitos trabalhistas que um cidadão irlandês possui.

Visto de Trainee (Stamp 1 A)

Já o visto Stamp 1 A é dedicado a quem deseja se candidatar a uma oportunidade de emprego na Irlanda após ter concluído a graduação. Ele dá direito ao candidato colocar em prática o que aprendeu durante o curso de graduação, segundo regras específicas. A grande diferença entre o visto Stamp 1 e o visto para estágio é, que no primeiro caso, o aluno deve ter concluído o curso. Enquanto no segundo, pode estar cursando ainda.

Visto para estudar e trabalhar na Irlanda (Stamp 2)

Este é o visto mais desejado por pessoas que desejam fazer um intercâmbio na Irlanda para estudar e trabalhar. Inclusive, ele é o mais solicitado entre os brasileiros. O visto concede o direito ao estudante de frequentar as aulas em uma instituição de ensino designada pelo governo irlandês e trabalhar por até 20 horas semanais. Ou então, por 40h semanais em períodos de férias.

Ele também é concedido já em solo irlandês e para solicitá-lo, o candidato deverá estar matriculado em algum curso com duração mínima de 25 semanas. Ainda, precisará ter os seguintes documentos:

  • Seguro saúde válido no país;
  • Comprovante de pagamento do curso;
  • Documento comprovando que poderá se manter no país enquanto estuda (mínimo de 3.000€);
  • Comprovante de endereço;
  • Passaporte válido por no mínimo seis meses;
  • Original e cópia dos documentos de identificação.

Contudo, cabe ressaltar ainda que para conquistar um emprego na Irlanda, é essencial que o candidato possua o nível de inglês avançado. Ainda, que o visto Stamp 2 possui validade de até oito meses, podendo ser renovado por mais dois.

É possível conseguir emprego na Irlanda sem falar inglês fluentemente?

Sim, é possível. A maioria das pessoas que vão para a Irlanda em busca de emprego e que não possuem o domínio do idioma costumam conseguir trabalhos informais, pois dificilmente eles vão exigir fluência no inglês.

Uma boa dica para quem vai focar nas vagas de empregos informais é, se possível, realizar pelo menos um curso, no Brasil ou até mesmo na Irlanda. Cursos de baristas e bartender são bons investimentos.

Salários na Irlanda

Quando falamos de valores, é importante ressaltar que a Irlanda possui um dos maiores salários da Europa. Entretanto, o cálculo é um pouco diferente do que estamos acostumados no Brasil. O país calcula o salário por hora trabalhada e em 2021 o salário mínimo passou a ser 10,20€/hora.

Segundo o site Numbeo, o salário médio irlandês hoje é de 2,464.25€, também um dos mais elevados da Europa.

Áreas com melhores salários

O site de recrutamento CPL Jobs, lista anualmente as áreas com os melhores salários na Irlanda. Para a classificação, é considerado o montante salarial anual das respectivas áreas. O último levantamento foi realizado em janeiro de 2021.

Destacamos algumas áreas abaixo:

  • Contabilidade e Finanças: 150.000€ – 275.000€;
  • Direção de Marketing: 95.000€ – 160.000€;
  • Direção de Tecnologia da Informação: 120.000€ – 180.000€.

Profissionais de marketing na Irlanda

Como buscar emprego na Irlanda

Na hora de buscar emprego na Irlanda, é importante estar preparado para não ser pego de surpresa. Por isso, separamos as melhores dicas para tornar a jornada mais leve.

O currículo

Essa é a parte inicial e essencial do processo. Informações como nome, nacionalidade, experiências prévias e o tipo de visto são fundamentais. O currículo é normalmente dividido em summary, work experience e academic qualifications. Summary é onde ficam as informações gerais sobre as suas qualificações e experiências, como se fosse uma introdução ao currículo. Uma dica importante é deixar essa parte com uma leitura fluida e não deixá-la extensa, pois a ideia é que seja uma breve introdução.

Em work experience constam todas as experiências prévias. Portanto, não esqueça de adequar as experiências conforme a vaga, ou seja, se o emprego for para atendimento ao cliente, é bacana dar ênfase em experiências mais relacionadas à área. Academic qualifications são todas as qualificações que dizem respeito à formação acadêmica. Curso superior, cursos extras e certificações são exemplos que se enquadram nessa seção.

Não se esqueça de colocar hobbies e trabalho voluntário ao final do currículo. Apesar de não ser muito comum no Brasil, esses itens são bastante comuns no currículo irlandês. Na Irlanda é essencial incluir uma carta de apresentação com o currículo. Nesta carta, o candidato se apresenta ao empregador, listando seus pontos fortes e apontando seus objetivos dentro daquela organização. Isso ajuda o recrutador a conhecer melhor o candidato.

Como se candidatar para as vagas

Achou uma vaga interessante? É hora de se tornar oficialmente um candidato. As plataformas de emprego e recrutamento costumam ter link direto para preenchimento de um formulário e envio do CV, caso este não esteja cadastrado diretamente no site. Após o envio, basta torcer e aguardar o retorno.

Algumas empresas possibilitam o envio do currículo diretamente no site. Nesses casos, as vagas disponíveis costumam estar na parte de vacancies ou careers.

A entrevista

Ao ser chamado para uma entrevista, é muito importante que você saiba todos os detalhes sobre a vaga de emprego, pois perguntas relacionadas à vaga podem surgir. O recrutador pedirá que você fale sobre o seu currículo com foco nas experiências e provavelmente questionará seus conhecimentos sobre a empresa à qual você está se candidatando.

Estar preparado te previne de engasgar durante a entrevista e ajuda a reduzir o nervosismo. Portanto, treine bastante em casa e com amigos, assim, aumentam as chances de você mandar bem na entrevista.

Vale a pena procurar emprego na Irlanda?

E afinal, vale a pena procurar emprego na Irlanda? Sim. Com o crescimento da economia irlandesa, surgem cada vez mais oportunidades de emprego em diversos setores. O país também tem acolhido cidadãos não-europeus que desejam trabalhar no país, através de programas em parceria com multinacionais. Além disso, morar na Irlanda é sinônimo de uma excelente qualidade de vida e permite contato com culturas do mundo todo.

Seja na sua área ou em empregos informais, a experiência de ter um emprego na Irlanda certamente é uma excelente opção para aqueles que desejam enriquecimento profissional e experiência em solos internacionais.

Ficou com vontade de morar na Europa? Então você vai adorar o nosso Ebook Sonho de viver na Europa. Nele, brasileiros que moram em diferentes países contam como é a experiência de ser um imigrante no Velho Continente, as dores e as delícias! Confira.