Capital da Dinamarca: saiba tudo sobre a cidade, clima, onde fica e mais

A Dinamarca é um país escandinavo europeu e é considerado uma das nações com mais qualidade de vida para se viver. Conhecer a capital da Dinamarca é visitar uma cidade incrível, muito organizada, cheia de história e coisas para fazer. Saiba tudo sobre a bela capital da Dinamarca, como é morar na cidade, quais as atrações para visitar e qual o custo de vida.

Qual é capital da Dinamarca?

A capital da Dinamarca é Copenhagen (em inglês), Copenhague (em português do Brasil) e Copenhaga (em português de Portugal). Com 794 mil habitantes, é a cidade mais populosa do país e sua região metropolitana conta com mais de 2 milhões de habitantes, enquanto o país inteiro tem 5,6 milhões.

Copenhagen é ligada a Suécia pela Ponte de Øresund, na cidade de Malmö, no sul do país.

Onde fica a capital da Dinamarca

A cidade de Copenhagen está localizada na costa leste da Ilha de Zelândia. Como uma tradição de vila de pescadores, a sua história remonta ao século X.

Como é a cidade?

A capital da Dinamarca é constantemente citada em rankings das melhores cidades para viver no mundo e onde as pessoas são mais felizes. Copenhague é hoje um importante centro econômico e cultural dos países nórdicos da Europa. Além disso, é uma das cidades mais amigas das bicicletas, com 390 quilômetros de ciclovias.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Em 2019, Copenhague foi considerada a melhor cidade do mundo para andar de bicicleta. Além de ciclovias nas ruas, há pontes, parques para os ciclistas, além de ruas e bairros com velocidade reduzida.

Ponte de Øresund

A Ponte de Øresund oportunizou uma maior ligação com a Suécia e oportunidades de trabalho, negócios e ligação entre os dois países. Com um projeto muito inovador, a ponte de quase 8 quilômetros começou a ser construída em 1995, sendo aberta ao público no ano de 2000. A Ponte de Øresund é a mais longa ponte rodoviária e ferroviária de todo o continente europeu.

Ela liga Copenhague a cidade de Malmö, na Suécia, a terceira maior cidade sueca. Desde a ligação entre as duas cidades, essa facilidade de acesso tem oportunizado grandes obras e bastante desenvolvimento econômico. O trajeto de carro é de 45 minutos até o centro de cada cidade. Já do Aeroporto de Copenhague são 32 minutos até a sueca Malmö.

Como é morar na capital da Dinamarca

Copenhague é uma cidade que reúne o histórico e o moderno. É uma cidade plana, com muitas bicicletas e canais. Oferece muita qualidade de vida a quem escolhe morar na Dinamarca. A língua oficial é o dinamarquês, mas a maioria da população também domina o inglês.
Copenhague
O país escandinavo é reconhecido mundialmente pela excelência dos seus serviços públicos, como saúde e educação. Além de segurança, sendo considerado um dos países mais seguros do mundo para morar.

Como é o clima na capital da Dinamarca

A capital da Dinamarca é bastante fria. Os invernos são rigorosos e com bastante neve entre dezembro a março. Os invernos têm dias curtos e com poucas horas de sol e média de 1,4° C.

Já os verões têm temperatura média de 21° C e muitas horas de luz. No solstício de verão, o sol nasce às 4h26 e o pôr-do-sol acontece às 21h58, sendo mais de 17 horas com luz. Enquanto no solstício de inverno, o sol nasce apenas às 8h37 e já se põe às 15h39.

Para morar em Copenhague é preciso gostar do frio, comprar roupas adequadas para as baixas temperaturas e escolher uma casa aconchegante e quentinha. Quanto mais para o norte da Europa, mais frio é o país.

Estações do ano na Europa: veja como são e compare com o Brasil.

Como é o custo de vida na Dinamarca?

A capital da Dinamarca possui um custo de vida alto, mas também bons salários. O imposto de renda é proporcional ao salário do trabalhador, que pode chegar até 55,9%, sendo mais alto para aqueles que ganham mais. Entretanto, os serviços públicos são fornecidos a toda a população, de forma muito eficiente.

O PIB per capita da Dinamarca é de 34.096€, um dos mais altos do mundo. De acordo com o site Numbeo, a Dinamarca é o 7° país com o maior custo de vida no mundo. O preço do aluguel e do metro quadrado para compra é bem alto na capital da Dinamarca.

Muitas vezes é preciso procurar cidades mais afastadas da região central para morar.
No país nórdico, não existe um salário mínimo estipulado por lei, mas a média salarial inicial é de 1.800€ por mês.

O que fazer em Copenhague

Copenhague é não é uma das cidades mais baratas para se fazer turismo. O preço é mais alto que a maioria das capitais europeias.  Veja a seguir as principais atrações da capital da Dinamarca.

Jardins de Tivoli

Os Jardins de Tivoli é uma das principais atrações de Copenhague e você precisa conhecer. É um dos parques temáticos mais visitados do mundo e o segundo parque de diversões mais antigo do mundo ainda funcionamento.
Jardins de Tivoli
Inaugurado em 1843, conta com 56 atrações, sendo 4 montanha-russas. O Tivoli funciona por temporadas. No verão, ele funciona de 16 de abril a 20 de setembro, depois reabre no Halloween (8 de outubro a 1 de novembro) e no Natal de 13 de novembro a 3 de janeiro.

Palácio de Amalienborg

O Palácio de Amalienborg é a residência oficial de inverno da família real da Dinamarca.

Construído em 1750, ele é formado por quatro palácios ao redor de uma praça em forma octogonal. A atração é aberta ao público e o horário de visitação varia de acordo com a época do ano. É uma região linda para passear, ao lado do palácio fica a Amaliekaj, uma ponte de partida para caminhada até Ofelia Beach.

Hotéis em Copenhague: veja onde ficar na capital dinamarquesa.

Palácio de Christiansborg

O Palácio de Christiansborg em Copenhague é um importante local governamental do país.

Nele ficam os três poderes: Parlamento, escritório do primeiro-ministro dinamarquês e a Suprema Corte. O local já foi a residência da monarquia dinamarquesa e é atualmente uma das atrações mais visitadas de Copenhague.

Castelo Rosenborg

Com mais de 400 anos, o Castelo Rosenborg é uma construção renascentista, que guarda joias da coroa. É palácio pequeno, bem no centro da cidade e que já foi residência oficial do rei da Dinamarca.

Nyhavn

A área de Nyhavn é aquela imagem tradicional que temos das casinhas coloridas da Dinamarca. Nyhavn significa “Porto Novo” e é uma região com canais, como os de Amsterdã. O local possui muitos restaurantes para almoçar e curtir a gastronomia da região. Além de muita cultura, eventos e passeios de barco.

É, sem dúvidas, um dos locais mais tradicionais para visitar em Copenhague e você não pode deixar de fora do seu roteiro de viagem para Dinamarca. Se conseguir um dia de sol então, melhor ainda. Você vai se encantar com o colorido da região e da grande quantidade de barcos.

É preciso visto para viajar para Dinamarca?

Não é necessário visto para visitar a Dinamarca, assim como os outros países do Espaço Schengen. Para quem viaja a turismo para Europa, é possível permanecer por até 90 dias, com um passaporte válido e dinheiro para se manter no país.

Para morar na Dinamarca, é necessário solicitar uma permissão de residência, com agendamento prévio pelo site. Saiba mais no site da Dinamarca no Brasil.

Há brasileiros na capital da Dinamarca?

Sim, entretanto não é um número muito grande. De acordo com os últimos dados do Itamaraty (de 2014), são 3.206 brasileiros registrados na Embaixada do Brasil em Copenhague.

Já o grupo do Facebook conta com 7.500 brasileiros na Dinamarca, que moram no país, já moraram ou pretendem morar e buscam por informação.

E não esqueça: se quer conhecer a capital da Dinamarca, saiba que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem.

Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo para diversos portais.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: dicas úteis

Conseguir emprego no exterior não é uma tarefa fácil, mas temos dicas para fazer um bom currículo, onde procurar vagas e os melhores países para trabalhar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube