Melhores cidades para viver na Europa: conheça o top 15

Europa  / 

O que muitas pessoas procuram quando pesquisam sobre as melhores cidades para viver na Europa é a qualidade de vida que elas oferecem. Vamos mostrar agora o ranking com as 15 cidades da Europa com maior qualidade de vida em 2019.

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Melhores cidades para viver na Europa de acordo com a qualidade de vida

Existem diversos parâmetros que podemos usar para fazer um ranking das melhores cidades para viver na Europa. Por exemplo, aquelas com maiores salários ou as mais seguras.

A qualidade de vida de um lugar engloba todos esses parâmetros e assim podemos fazer um ranking das melhores cidades para viver na Europa seguindo esse indicativo e escolher o melhor lugar para definir moradia no velho continente.

Como é medida a qualidade de vida para definir as melhores cidades para viver na Europa

A Mercer realiza todos os anos uma pesquisa para saber quais as cidades com melhor qualidade de vida no mundo. Para poder fazer o ranking, ela utiliza no estudo mais de 35 fatores, sendo os principais:

  • Infraestrutura;
  • Transportes públicos;
  • Água potável;
  • Ambiente social;
  • Ambiente econômico;
  • Educação;
  • Opções de lazer;
  • Habitação;
  • Fornecimento de energia elétrica;
  • Serviços telefônicos;
  • Trânsito.

Ranking das 15 melhores cidades para viver na Europa em 2019

O Ranking das melhores cidades para viver na Europa, feito pela Mercer em 2019 conta com as seguintes cidades (fizemos uma estimativa de custo de vida e salário médio de acordo com o site do Numbeo):

1. Viena (Áustria): campeã das melhores cidades para viver na Europa

Viena está novamente, pela décima vez seguida, no topo do ranking das melhores cidades para viver na Europa. A cidade europeia possui mais de 1,6 milhão de habitantes e é a segunda maior cidade de língua alemã do mundo, depois da cidade de Berlim.

A cidade possui diversos parques onde os moradores podem passear e respirar ar puro, está em primeiro lugar no ranking pela alta qualidade dos serviços públicos, limpeza, ordem, segurança, cultura e entretenimento.

Além disso, Viena é uma das cidades mais ricas do mundo e é considerada a Cidade dos Músicos, um importante local de música erudita mundial, além de ter sido a cidade escolhida por Mozart e Beethoven para trabalhar.

A cidade é grande com diversas oportunidades de emprego em diferentes áreas. Para morar em Viena, é necessário ter cidadania europeia ou dar entrada em um pedido de visto.

O salário médio lá gira em torno dos 1.950€, porém o custo de vida em Viena é bem alto. Veja alguns gastos básicos:

  • Refeição em restaurante médio: entre 8€ e 14€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 45€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 85€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 850€.

Saiba tudo sobre a Áustria neste artigo.

2. Zurique (Suíça)

Zurique (ou Zurich) além de estar na lista das melhores cidades para viver na Europa, também faz parte do ranking das mais seguras do mundo.  Zurique é a maior cidade da Suíça e possui cerca de 380 mil habitantes, é grande e moderna.

É sede de diversas instituições financeiras, organizações mundiais e bancos. O município se destaca na qualidade de vida por sua segurança, saúde, educação, economia e cultura.

Atrai diversos estrangeiros a procura de boas oportunidades de emprego e melhoria de vida. Para poder trabalhar em Zurich, além de precisar de um passaporte europeu (e/ou um visto) é necessário (na maioria das vezes) falar a língua local (suíço-alemão).

Zurique melhores cidades para viver na Europa

O salário médio em Zurich é 5.500€. Veja alguns gastos básicos:

  • Refeição em restaurante médio: entre 18€ e 30€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 75€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 160€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.580€.

Saiba tudo sobre a Suíça aqui.

3. Munique (Alemanha)

A bela cidade de Munique está localizada na Baviera e é uma cidade cosmopolita e moderna. Uma das cidades mais alegres da Alemanha. Munique é uma cidade grande que não pára nunca, tem sempre algo para fazer.

Pensando em morar em Portugal?

Venha morar em Portugal sem complicações nem imprevistos com ajuda do nosso guia Como Morar em Portugal.


Num só lugar, você aprenderá o passo a passo para conseguir trabalho em Portugal e tudo sobre custos de vida, as melhores cidades para viver, cidadania, vistos, documentos necessários, educação e muito mais.


Receba grátis o índice e primeiras páginas!

RECEBER AMOSTRA »

Tem também um dos maiores salários da Alemanha e possui 1,3 milhão de habitantes. Além da qualidade de vida da cidade europeia, Munique é um importante centro financeiro, político e cultural da Alemanha.

Tudo lá funciona perfeitamente, uma das únicas coisas que chateia quem quer morar lá são os altos preços dos aluguéis. Porém, como os salários lá também são altos, as pessoas conseguem ter uma boa qualidade de vida. Além dos serviços públicos que funcionam muito bem, a cidade oferece aos moradores diversas opções de lazer.

Com diversas empresas internacionais, oferece vaga de trabalho em vários setores para alemães e estrangeiros (é necessário documentação). A cidade também possui importantes empresas e multinacionais em sua área, como a BMW, Allianz, MAN, OSRAM, Siemens, entre outras gigantes alemãs.

O salário médio praticado em Munique é 2.600€. Os gastos básicos são os seguintes:

  • Refeição em restaurante médio: entre 10€ e 15€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 65€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 240€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.150€.

Gostaria de morar na Alemanha? Conheça os tipos de visto para a Alemanha que você pode obter para residir no país.

4. Düsseldorf (Alemanha)

Dusseldorf está na lista das cidades com mais qualidade de vida da Europa. É o segundo maior centro financeiro da Alemanha e se destaca por ter se tornado um dos maiores centros de telecomunicação do país europeu. A cidade está entre as 10 maiores da Alemanha e possui muitos imigrantes.

Apesar de ter um custo de vida elevado, a cidade se destaca em relação à qualidade de vida. Educação, saúde, transporte e segurança são os pontos que mais se destacam em relação ao que a cidade tem a oferecer. Além disso, para melhorar ainda mais, a cidade possui um clima bem ameno, não tendo aqueles famosos (e rigorosos) invernos europeus.

Dusseldorf Alemanha

O município também se destaca mundialmente por ser um importante local de feiras e exposições de repercussão mundial.

O salário médio aplicado é 2.355€ e os custos básicos giram em torno de:

  • Refeição em restaurante médio: entre 9€ e 15€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 75€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 215€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 690€.

Saiba mais sobre morar na Alemanha.

5.  Frankfurt (Alemanha)

Com 732 mil habitantes, a cidade de Frankfurt está no quinto lugar da lista das melhores cidades para viver na Europa. A bela cidade é sede do Banco Central Europeu e o maior centro financeiro da Europa continental. Frankfurt também se destaca pelos seus transportes, segurança e limpeza.

Tem diversas ofertas culturais e gastronômicas, além de ter um índice de desemprego baixo, atraindo diversos imigrantes.

O Aeroporto de Frankfurt é um dos mais movimentados do mundo e a Estação Central da cidade é um dos maiores terminais de trens da Europa. Além disso, Frankfurt é considerada uma cidade global alfa e possui um dos maiores custos de vida da Alemanha.

O salário médio da cidade é 2.475€. Um exemplo dos custos médios:

  • Refeição em restaurante médio: entre 8€ e 13€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 90€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 240€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 925€.

Não perca as nossas dicas de turismo em Frankfurt.

6. Copenhagen (Dinamarca)

Copenhagen é a capital da Dinamarca e o principal centro de comércio do país. Com sua arquitetura exuberante (misturando o histórico com o moderno), Copenhagen encanta visitantes e moradores. A cidade possui um dos maiores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Mundo.

A cidade é extremamente segura, os transportes (apesar de caros) funcionam muito bem, e a educação e a saúde são incomparáveis. Possui um porto de onde saem as exportações e recebem as importações. Tem indústrias em todas as áreas, sendo um bom lugar para conseguir emprego.

Copenhagen Dinamarca

O salário médio é 2.840€. Veja os custos básicos:

  • Refeição em restaurante médio: entre 12€ e 20€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 55€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 190€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1275€.

Veja as nossas dicas sobre morar na Dinamarca.

7. Genebra (Suíça)

É a segunda cidade mais populosa do país. É muito importante por ter muitas instituições internacionais ligadas à diplomacia.

Apesar de ser uma cidade com um custo de vida elevado, Genebra é conhecida por ter uma excelente qualidade de vida e, consequentemente, um bom custo benefício para quem mora por lá.

Com serviços de excelência, se destaca na área da educação e saúde. Além disso, possui diversas opções de lazer para que as pessoas possam desfrutar melhor do tempo livre.

O salário médio é 4.790€. Os custos médios praticados na cidade são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 18€ e 25€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 63€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 124€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.750€.

Saiba mais sobre empregos na Suíça.

8. Basel (Suíça)

Basel (Basiléia) é a terceira maior cidade da Suíça. Está na lista das melhores cidades para viver na Europa ocupando o oitavo lugar. Está muito bem localizada, na fronteira da Suíça com a Alemanha e a França.

A cidade possui uma enorme gama de entretenimento (entre todos eles, mais de 40 museus). Está preparada para que as pessoas se sintam bem, oferecendo bons serviços de transporte, saúde e educação.

Além disso, as ruas são limpas e seguras. Muitas pessoas costumam, inclusive, nadar no rio Reno durante o verão. Existem parques onde é possível fazer churrasco e encontrar amigos, e o clima nas empresas é muito bom, fazendo com que os trabalhadores se sintam mais felizes.

O salário médio é 4.860€. Custos básicos:

  • Refeição em restaurante médio: entre 18€ e 27€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 70€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 180€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.055€.

9. Amsterdam (Holanda)

Amsterdam é uma cidade incrível. Além de estar muito bem preparada para prestar excelentes serviços tanto aos turistas quanto aos moradores, ela possui uma linda arquitetura e parques maravilhosos.

A qualidade de vida é uma questão que os holandeses levam muito à sério, por isso, Amsterdam se destaca. A cidade oferece aos seus moradores opções de lazer para todas as idades, segurança e educação de qualidade.

Além disso, oferece salários muito atrativos. O índice de desemprego é muito baixo, atraindo muitos estrangeiros a procura de emprego.

rua de amsterdam

O salário médio é 2.450€. Os custos básicos são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 12€ e 20€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 90€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 160€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.545€.

Saiba mais sobre morar em Amsterdam.

10. Berlim (Alemanha)

Berlim é a maior cidade da Alemanha e uma das mais populosas da União Europeia. O setor de serviços é a que mais movimenta a economia da cidade.

É uma cidade muito moderna e que, ao mesmo tempo, tem muitos espaços verdes. Isso ajuda muito na preservação da qualidade do ar e ainda tem excelentes espaços para aproveitar uma tarde de sol.

Tem muitas opções de lazer e gastronomia, contando ainda com muitas atrações gratuitas. É uma cidade muito segura e preparada para que os seus moradores possam aproveitar ao máximo tudo o que ela oferece. Os meios de transporte funcionam muito bem, mas as pessoas de lá adoram andar de bicicleta. Saúde e educação também são áreas de destaque quando falamos da qualidade de vida em Berlim.

capital da alemanha berlim

O salário médio é 2.180€ e os custos fixos normalmente são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 7€ e 12€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 80€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 245€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 870€.

Saiba mais sobre morar em Berlim.

11. Berna (Suíça)

Berna (Bern) é a capital da Suíça. O idioma falado é alemão, porém existe um dialeto. Berna já foi eleita algumas vezes a cidade mais segura do mundo. Além disso, é reconhecida pela excelência de seus serviços públicos, como educação, saúde e transportes.

A cidade oferece diversas opções de lazer, conta com vários espaços verdes e, apesar de ter um custo de vida alto, a qualidade de vida e o salário compensam. É considerada uma das melhores cidades para viver na Suíça.

O salário médio da cidade é 4.760€ e os custos fixos são aproximadamente:

  • Refeição em restaurante médio: entre 16€ e 22€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 70€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 185€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 925€.

12. Luxemburgo (Luxemburgo)

Luxemburgo é uma cidade pequena, com uma excelente qualidade de vida e que está sempre contando com mudanças em sua infraestrutura para melhorar a qualidade de vida dos seus moradores.

A cidade está no ranking das melhores cidades para viver na Europa não é à toa, com altos salários e excelentes serviços. Existe um projeto que quer fazer com que os transportes públicos comecem a ser gratuitos para os moradores. Além disso, a educação e a saúde são de primeira.

luxemburgo praca

O salário médio é 3.225€. Os custos fixos são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 13€ e 20€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 25€ ( país está com uma proposta de transformar os transportes públicos em gratuitos);
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 225€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.445€.

13. Hamburgo (Alemanha)

Hamburgo é uma cidade onde as pessoas vivem muito bem. Isso porque a infraestrutura da cidade é excelente, fazendo com que cada pessoa se apaixone cada vez mais pelo local.

É a segunda maior cidade da Alemanha, com uma população de quase 2 milhões de habitantes. Tem o terceiro maior porto da Europa, fazendo com que a economia da cidade gire em torno dos transportes.

É uma cidade com diferentes opções de lazer e gastronomia, belezas naturais por todo o lado e com uma população extremamente educada. É muito organizada, os serviços públicos são muito eficazes e é uma cidade limpa e segura.

O salário médio é 2.570€. Custos básicos:

  • Refeição em restaurante médio: entre 8€ e 15€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 85€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 225€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 900€.

14. Nurembergue (Alemanha)

Nuremberg é uma cidade da Alemanha que possui muitos estrangeiros. Aproximadamente 15% da sua população corresponde a pessoas vindas de outros países.

Nurembergue é uma cidade com um custo de vida moderado e um padrão de vida alto. Lá as pessoas têm uma excelente qualidade de vida, com um bom poder de compra, excelentes serviços de educação e saúde e transporte público de qualidade.

Além disso, é uma cidade segura e que oferece aos moradores diversas opções de lazer, muitas inclusive gratuitas. A cidade possui muitas empresas de alta tecnologia, sendo esse o ramo que mais movimenta sua economia.

Nuremberg

O salário médio é 2.035€ e os gastos aproximados são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 8€ e 20€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 75€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 210€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 670€.

Não deixe de conferir o nosso roteiro turístico de Nuremberg.

15. Estocolmo (Suécia)

Estocolmo é a capital da Suécia e tem quase 1 milhão de habitantes. É uma cidade muito segura, e uma das mais limpas do mundo. A cidade é bem agitada, tem muita coisa para fazer e a maioria de seus habitantes fala inglês.

Além disso, possui diversas opções de lazer e gastronomia. A segurança, educação e saúde são os aspectos que mais se destacam quando o assunto é a qualidade de vida de Estocolmo.

O salário médio é 2.500€ e os gastos médios são:

  • Refeição em restaurante médio: entre 9€ e 14€;
  • Bilhete de transporte mensal: aproximadamente 85€;
  • Contas da casa para um apartamento médio: aproximadamente 85€;
  • Aluguel de apartamento de 1 quarto (central): aproximadamente 1.110€.

Agora que você já conhece o ranking das melhores cidades para viver na Europa, conta pra gente qual a sua favorita.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.