Melhores países para morar: os 10 melhores de 2020

Quando pensamos em morar fora, levamos em considerações muitos fatores, como emprego, poder de compra, acesso à saúde e à educação. Dentre tantos fatores, a qualidade de vida é um dos determinantes na nossa escolha. Se você tem vontade de morar fora ou está curioso para saber quais são os melhores países para morar, não pode deixar de ler este post.

Os 10 melhores países para morar em 2020

A nossa lista dos melhores países para morar em 2020 considera o subgrupo Qualidade de Vida do ranking 2020 Better Countries, desenvolvido pelo U.S. News & World Report em parceria com a BAV Group, e a Wharton School da Universidade da Pensilvânia. O estudo considerou mais de 20 mil cidadãos globais em quatro regiões e avaliou as percepções em um total de 73 países.

Para você que sonha em viver na Europa, a boa notícia é que dentre os 10 melhores países para morar em 2020, sete estão localizados no continente europeu (Dinamarca, Suécia, Noruega, Holanda, Suíça, Finlândia e Alemanha). Além destes, há um país localizado na América do Norte (Canadá) e dois na Oceania (Nova Zelândia e Austrália).

qualidade de vida dos melhores países para morar

Aspectos avaliados pelo ranking dos melhores países para morar

A qualidade de vida considerada pelo ranking inclui aspectos intangíveis, como segurança no emprego, liberdade individual e qualidade ambiental. Para elaboração do ranking foi feita uma média ponderada de nove atributos: acessibilidade financeira, mercado de trabalho, estabilidade econômica, distribuição de renda, estabilidade política, segurança, sistema de educação pública, sistema de saúde pública, e ambiente favorável para a criação de famílias.

Sonho de Morar na Europa?

Confira nosso livro Sonho de Morar na Europa com as jornadas de vários brasileiros que vivem atualmente na Europa e conheça todos os passos para chegar no Velho Continente e realizar o seu sonho!

Posição do Brasil entre os melhores países para morar

O Brasil aparece na 52ª posição do subgrupo Qualidade de Vida do ranking 2020 Better Countries, posicionado atrás de outros países da América do Sul como Chile e Peru.

10. Alemanha

O país que ocupa a 10ª posição no nosso ranking é a Alemanha. O país é o mais populoso e também a maior economia da União Europeia. Além disso, a Alemanha está localizada no coração da Europa, fazendo fronteira com nove países.

Acima de tudo, a Alemanha se destacou no ranking dos melhores países para morar por sua economia estável, seu bom mercado de trabalho, e por seus sistemas de saúde e de educação públicos bem desenvolvidos. De fato, quem mora na Alemanha encontra um sistema de saúde que funciona bem, uma educação pública gratuita de qualidade, e um mercado de trabalho bastante aquecido, com muitas ofertas de emprego para a mão de obra qualificada.

Contudo, a acessibilidade financeira foi o aspecto de qualidade de vida pior avaliado no país. Apesar disso, é importante ressaltar que a Alemanha possui um alto poder de compra e um custo de vida relativamente baixo, se comparado com outros países europeus, como França, Itália, Irlanda e Áustria, ou mesmo com os demais países europeus listados neste ranking.

Como é viver na Alemanha?

Eu sou suspeita para falar da Alemanha, pois amo viver aqui! Não é à toa que escolhi este país para ser a minha casa pelos últimos dois anos. Desde quando morei aqui pela primeira vez, há quatro anos, soube que este seria um país que poderia me oferecer muitas oportunidades e experiências positivas.

E não tem sido diferente, pois tenho aprendido e conquistado muito neste período. É claro, há também muitas dificuldades em se viver aqui, como o inverno rigoroso, as diferenças culturais e o idioma, mas o país oferece muita qualidade de vida e inúmeras possibilidades profissionais e acadêmicas, inclusive para os estrangeiros. Se você também pensa em morar na Alemanha, leia o nosso post com tudo o que você precisa saber sobre morar na Alemanha.

9. Finlândia

A Finlândia foi eleita como o país mais feliz do mundo em 2019 e é claro que não poderia estar de fora desta lista com os melhores países para morar em 2020.

O país, que tem apenas 5 milhões de habitantes, possui uma densidade populacional bastante baixa, apesar de suas dimensões. Assim, a Finlândia é um dos países menos povoados da Europa. Está localizado no Europa Setentrional, ou seja, na porção norte do continente europeu, e é limítrofe aos países Noruega, Suécia, Rússia, Mar Báltico e Golfo de Bótnia.

A Finlândia se destaca por suas atuações em direitos civis, liberdade de imprensa e qualidade de vida. Além disso, o país foi um dos primeiros no mundo a conceder às mulheres o direito de voto e foi o primeiro país a legalizar o sufrágio universal.

Um terço do PIB do país vem do comércio internacional. Contudo, nos últimos anos houve uma queda na demanda por suas exportações causou uma recessão da qual o país está emergindo. Além disso, o país enfrenta outros desafios, como o envelhecimento da população.

Especialmente, a Finlândia se destacou no ranking dos melhores países para morar por sua segurança e seu sistema público saúde bem desenvolvido. Por outro lado, a acessibilidade financeira foi o aspecto de qualidade de vida pior avaliado no país. De fato, a Finlândia é um país extremamente seguro, com baixíssimos índices de criminalidade. Apesar disso, o país figura entre os países com o custo de vida mais alto na Europa.

Se você se interessou por este país nórdico, veja o nosso post com tudo o que você precisa saber para morar na Finlândia.

8. Nova Zelândia

A Nova Zelândia possui apenas 4,8 milhões de habitantes e a maior parte da população está concentrada na ilha norte, com quase um terço vivendo apenas em Auckland.

Acima de tudo, a Nova Zelândia se destacou na subcategoria qualidade de vida do ranking dos melhores países para morar por sua segurança e estabilidade política. Contudo, a acessibilidade financeira foi o aspecto pior avaliado no país, seguido pelo mercado de trabalho e a distribuição de renda.

7. Suíça

A Suíça é um pequeno país da Europa Central formado por 16 mil milhas quadradas de Alpes, lagos e vales esculpidos em glaciares. É um dos países mais ricos do mundo, e é conhecido há séculos por sua neutralidade política.

A Suíça se destacou na nossa lista de melhores países para morar por sua estabilidade econômica e por sua segurança, aspectos que recebem a nota máxima pelo índice da U.S. News & World Report.

A acessibilidade financeira foi o aspecto pior avaliado no país, com uma nota próxima de zero. Além disso, o mercado de trabalho e a distribuição de renda também não foram bem avaliados pelo índice. Contudo, é importante ressaltar que o país tem baixo desemprego, mão-de-obra qualificada e um dos maiores produtos internos brutos per capita do mundo.

Saiba tudo sobre morar na Suíça.

6. Holanda

A Holanda é conhecida por seus moinhos de vento, característicos de seu desenvolvimento no entorno da água. Além disso, outros aspectos que caracterizam o país são suas mais de mil pontes e 10 mil milhas de ciclovias, que conectam o país densamente povoado.

Ademais, as tulipas são também uma marca do país, um dos principais exportadores mundiais de agricultura. A sociedade holandesa é conhecida por ser bastante tolerante, tendo sido o primeiro país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e com posições liberais sobre drogas, prostituição, eutanásia e aborto. Além disso, outra curiosidade sobre a Holanda é a de que o país ostenta a maior concentração de museus do mundo.

A Holanda se destacou na nossa lista de melhores países para morar por sua estabilidade econômica e política, e por seu sistema de saúde público bem desenvolvido. Por outro lado, a acessibilidade financeira e o mercado de trabalho foram os aspectos que receberam as piores notas dentre os avaliados no âmbito da qualidade de vida.

qualidade de vida na holanda

Saiba tudo sobre morar na Holanda.

5. Austrália

A Austrália é considerada uma nação rica com uma economia baseada no mercado que tem um produto interno bruto e renda per capita altos. Sua economia é impulsionada pelo setor de serviços e pela exportação de commodities.

Os aspectos que levaram a Austrália a se destacar no subgrupo Qualidade de Vida do ranking Best Countries 2020 dos melhores países para morar foram sua segurança, sua acessibilidade econômica e o seu mercado de trabalho. A nação tem uma alta taxa de participação em atividades esportivas e ostenta uma expectativa de vida comparativamente alta tanto para mulheres quanto para homens.

Suas principais cidades obtêm bons resultados rotineiramente em pesquisas globais sobre a habitabilidade. Contudo, entre os aspectos que foram pior avaliados pelo índice, destacaram-se a baixa acessibilidade financeira e a baixa distribuição de renda.

4. Noruega

A Noruega é um país composto em sua maioria por terrenos montanhosos e quase toda a sua população vive no Sul, nos arredores da capital Oslo. O litoral da Noruega é formado por milhares de quilômetros de fiordes, baías e costas insulares.

A Noruega é uma nação de alta renda, com um setor privado vibrante e uma rede de segurança substancial. A descoberta de petróleo e gás ao largo da costa nos anos 60 deu ao país um impulso econômico e hoje a Noruega é um dos principais exportadores de petróleo do mundo.

qualidade de vida na noruega

Como muitos países da Europa, a Noruega luta para integrar refugiados e minorias étnicas. Além disso, outros desafios incluem a preservação da robusta rede de segurança social do país tendo em vista o envelhecimento de sua população, bem como a preocupação em continuar a ser economicamente competitivo à medida que os preços mundiais do petróleo caem.

Dentre os aspectos avaliados no subgrupo Qualidade de Vida do índice que consideramos para a nossa lista dos melhores países para morar, a Noruega se destacou por sua distribuição de renda, que recebeu a nota máxima. Além disso, o sistema público de saúde e a segurança também receberam notas muitos altas. Já a acessibilidade financeira e o mercado de trabalho foram os aspectos que receberam as piores notas.

Veja os motivos para morar e para não morar na Noruega.

3. Suécia

A Suécia se destacou na nossa lista de melhores países para morar por seu sistema de saúde público bem desenvolvido, por sua estabilidade econômica e por sua segurança.

A Suécia opera sob um modelo semelhante ao de outras nações nórdicas: fortemente capitalista, com uma grande porcentagem dos gastos indo para o serviço público. A saúde e a educação universitária são gratuitas, e seu povo ostenta uma das mais longas expectativas de vida do mundo.

Ademais, quase todo o lixo da Suécia é reciclado e os suecos são considerados como algumas das pessoas mais generosas do mundo, doando cerca de 1% do produto nacional bruto a programas de ajuda humanitária a cada ano. Além disso, a população do país continua a se diversificar à medida que um número crescente de refugiados, atualmente responsáveis por 10% da população, são acolhidos nas fronteiras suecas.

Por outro lado, a acessibilidade financeira e o mercado de trabalho foram os aspectos que receberam as piores notas dentre os avaliados. Em outras palavras, a economia sueca é dependente das exportações e está fortemente integrada com a União Europeia. Como ambos apresentaram declínio recentemente, a Suécia ainda busca se recuperar e expandir os mercados comerciais para a extração de madeira, minério de ferro e produção de energia hidrelétrica.

Saiba tudo sobre morar na Suécia.

2. Dinamarca

A Dinamarca, assim como a Suécia e a Noruega descritas anteriormente, formam a Escandinávia, uma região cultural no norte da Europa. A capital de Dinamarca, Copenhague, serve como um centro de conexão do norte da Europa com o resto do mundo, oferecendo o maior aeroporto internacional da Escandinávia, um porto ativo, um sistema de metrô e a ponte Oresund.

A Dinamarca tem várias indústrias líderes, incluindo processamento de alimentos, turismo e produção de ferro, aço e máquinas. Além disso, suas principais exportações são alimentos processados, máquinas agrícolas e industriais, produtos farmacêuticos e móveis.

A Dinamarca recebeu ótimas notas nos aspectos considerados na nossa lista de melhores países para morar. Dentre os aspectos mais bem avaliados, estão os sistemas públicos de saúde e de educação, a segurança, e as estabilidades econômica e política. O país emprega um sistema universal de saúde no qual os cidadãos recebem, em sua maioria, assistência médica gratuita. O ensino superior também é gratuito. Além disso, o governo dinamarquês é visto como altamente estável e muito transparente.

Contudo, o aspecto pior avaliado foi a acessibilidade financeira. Apesar disso, o país permite boas oportunidades de mobilidade social.

Saiba tudo sobre morar na Dinamarca.

1. Canadá

Pelo quinto ano consecutivo, o Canadá ocupa o primeiro lugar no ranking geral por proporcionar uma boa qualidade de vida. Os entrevistados da pesquisa consideram o país norte-americano como o nº 1 por ser politicamente estável. Ademais, o país é visto como possuidor do sistema de saúde pública mais bem desenvolvido do mundo.

O Canadá se destacou na nossa lista de melhores países para morar por ter recebido nota máxima nos aspectos sistema público de saúde e estabilidade política. Além disso, também apresentou notas altas para estabilidade econômica, mercado de trabalho, segurança e sistema público de educação.

Canadá melhor país para morar

Trata-se de uma sociedade industrial de alta tecnologia com um alto padrão de vida. Enquanto o setor de serviços é o maior impulsionador econômico do Canadá, o país é um exportador significativo de energia, alimentos e minerais. Ademais, o Canadá ocupa o terceiro lugar no mundo em reservas comprovadas de petróleo e é o quinto maior produtor mundial de petróleo.

Finalmente, vocês já devem ter reparado que a acessibilidade financeira foi um aspecto mal avaliado em todos os países da nossa lista de melhores países para morar. Embora esta também seja uma verdade para o Canadá, que obteve uma baixa nota neste âmbito, é importante ressaltar que o país foi aquele que teve a maior nota de acessibilidade financeira dentre as nações da nossa lista, seguido pela Nova Zelândia. O país que recebeu uma pior avaliação no aspecto acessibilidade financeira foi a Suíça.

Melhores países para morar na Europa sob a perspectiva dos brasileiros

É certo que todos os países desta lista são excelentes nações, onde muitos brasileiros adorariam ter a oportunidade de viver. Contudo, alguns aspectos são muito relevantes para brasileiros quando avaliam e escolhem um país para imigrar, como clima, políticas migratórias atraentes, oportunidades de negócio, idioma, similaridades culturais, entre outros.

Dessa forma, é natural que países como Portugal, Espanha, Itália e França sejam os eleitos como os melhores países para morar por muitos brasileiros. Embora estes países não estejam no top 10 listado acima, eles também estão em uma excelente posição no ranking e oferecem uma boa qualidade de vida aos seus moradores.

França

A França aparece em 16º lugar no ranking de melhores países para morar. O aspecto mais bem avaliado no país é o sistema público de educação bem desenvolvido, enquanto que o aspecto mais mal avaliado é a acessibilidade financeira. Leia o nosso post com todas as informações necessárias para morar na França.

Portugal

Portugal aparece em 17º no ranking de melhores países para morar. O aspecto mais bem avaliado em Portugal é ser amigável para famílias, enquanto que o aspecto mais mal avaliado é a distribuição de renda. Veja o nosso guia atualizado sobre como morar em Portugal.

Espanha

A Espanha aparece na 18º posição. Assim como Portugal, o aspecto melhor avaliado na Espanha é ser amigável para famílias, enquanto a distribuição de renda é o aspecto pior avaliado. Leia o nosso post com sobre morar na Espanha, com informações sobre visto, custa de vida e as melhores cidades do país.

Itália

Por fim, a Itália aparece em 21º lugar no nosso ranking de melhores países para morar. O aspecto mais bem avaliado na Itália é ser amigável para famílias, enquanto que o aspecto mais mal avaliado foi a acessibilidade financeira. Veja mais informações em nosso artigo sobre morar na Itália.

E em 2019? Quais eram os melhores?

A lista dos melhores países do mundo para morar mudou ligeiramente de 2019 para 2020. Veja o que mudou no vídeo dos melhores países do mundo para morar de 2019:

Não se esqueça do seu seguro viagem

Se você for visitar algum dos países europeus presentes nesta lista, ou mesmo se tiver de malas prontas para morar por lá, não se esqueça do seu seguro viagem. Este é um documento obrigatório para entrar nos países europeus signatários do Tratado de Schengen.

Gostou de descobrir os melhores países para morar? Já visitou algum deles? Concorda com a nossa lista?

Se você já escolheu qual é o melhor país para você e para a sua família, mas ainda tem dúvidas sobre quais são as melhores cidades, não deixe de ler também o nosso artigo sobre as melhores cidades para viver na Europa.

Luiza Maciel se encantou com a Alemanha em 2016, quando teve a oportunidade de viver no país pela primeira vez. Sempre recomenda as cervejas alemãs, as feiras de natal, e a Thuringer Bratwurst. Urbanista, é apaixonada por cidades e por mobilidade urbana. Desde 2018, vive na pequena notável Weimar, onde cursa o Mestrado em Estudos Urbanos Europeus na Universidade Bauhaus.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: dicas úteis

Conseguir emprego no exterior não é uma tarefa fácil, mas temos dicas para fazer um bom currículo, onde procurar vagas e os melhores países para trabalhar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube