Idioma na Itália: conheça os dialetos e curiosidades do italiano

Engana-se quem pensa que o único idioma na Itália é o italiano. Apesar de ser a língua mais falada e mais popular no país europeu, hoje vamos mostrar que por lá o idioma italiano não é o único na tão multifacetada e fantástica bota.

Qual é o idioma na Itália oficial?

O idioma na Itália, oficialmente, é o italiano. Porém, a língua também é considerada oficial em San Marino, na Suíça e no Vaticano.

O italiano foi estabelecido como língua oficial na Itália e, depois de 1861 quando da unificação do país, ganhou corpo e foi imposta como obrigatória.

Descubra se vale a pena morar na Itália.

Quais outros idiomas se falam na Itália?

São 21 idiomas e dialetos falados no país além do italiano. Sim, mesmo que a gente tenha a ideia de que o idioma na Itália é um só, isso nos mostra, mais uma vez, que o mundo é muito maior do que se imagina.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Confira a lista dos idiomas e dialetos falados na Itália e os locais onde se fala:

  • Vêneto – Veneza e Sardenha;
  • Sardo – Sardenha;
  • Friulano – Friul-Veneza Júlia;
  • Tirolês – Trento;
  • Occitano – Turim, Ligúria e Calábria;
  • Sassarese – Província de Sassari;
  • Corso gallurese – Província de Ólbia-Tempio e Província de Sassari;
  • Arberesh – Sul da Itália, Sicília, Calábria, Apúlia, Molisem Campânia, Basilicata e Abruzzo;
  • Francoprovençal – Turim, Aosta, Foggia  e Calábria;
  • Ladino-dolomita – Bolzano, Trento e Veneza;
  • Esloveno – Trieste, Gorizia e Udine;
  • Catalão – Sardenha;
  • Francês – Aosta;
  • Grego – Calábria e Apúlia;
  • Lígure tabarchino – Carloforte e Calasetta;
  • Bávaro – Trento;
  • Croata – Molise;
  • Carintiano – Udine;
  • Cárnico – Veneza;
  • Tirolês (pusterese) – Veneza;
  • Romaniska – Sardenha.

Conheça o mapa da Itália atual e completo.

Esses idiomas são oficiais?

Não, como explicamos no início do texto, o idioma oficial é o italiano. Porém, com uma formação social e étnica muito plural, praticamente cada região do país possui um dialeto ou idioma.

De norte a sul, a Itália é uma colcha de retalhos e isso se deve a sua história de conquistas e invasões.

Conheça as melhores universidades italianas e saiba como escolher uma para estudar.

Porque existem tantos idiomas diferentes na Itália?

A história do país é rica e muito vasta, especialmente quando se trata de conquistas e invasões.

Antes do Império Romano se estabelecer e se expandir por outras regiões da Itália e da Europa, diversas línguas, idiomas e dialetos já eram falados. Daí a diversidade nesse aspecto.

Qual a origem da diversidade?

No passado, dividida em macro-regiões, os territórios foram colonizados por diferentes povos e nações como Espanha, França e o Império Austro-Húngaro. Apesar de unificados por um período pelo Império Romano, é preciso levar em consideração, que a Itália teve uma unificação tardia comparada a outros países do continente. Com início em 1815, o processo de unificação só foi finalizado em 1871.

O latim, por exemplo, sempre foi muito falado nos reinos que hoje compõem a Itália, especialmente no Vaticano. Por isso, o mais correto seria afirmar que todos os idiomas e dialetos falados no país derivam do latim e não do italiano.

É uma confusão, mas que faz todo o sentido quando você percebe que a história da Itália enquanto nação não é algo linear e retilíneo. Contou com diversos desdobramentos que resultaram, inevitavelmente, nessa pluralidade de línguas tão diferentes entre si, mas que possuem muito em comum.

Veja também como comprar passagem para Itália e qual a época mais barata.

Nossas dicas para você aprender italiano

Se você quer aprender mais sobre a língua, é importante lembrar algumas dicas preciosas quando o assunto é aprender um novo idioma.

A primeira dessas dicas é querer. Sim, parece básico, mas muito do aprender um novo idioma passa pelo querer.

É importante que você comece pelo começo. Aprenda o alfabeto, como se pronunciam as palavras, as formações silábicas e tente estabelecer conversas breves no começo. Aquele famoso – “oi, tudo bem?” – Pode sempre ser considerado um bom começo.

Assista filmes e séries em italiano

Além disso, outra coisa fundamental para se fazer é acostumar os ouvidos ao idioma. Ou seja, comece a assistir filmes italianos e tente colocar a legenda também em italiano. Você pode buscar por emissoras de rádio e TV do país europeu como a RAI.

Algumas séries também podem ajudar. Uma delas é Suburra e, apesar de conter cenas de violência, mostra o italiano falado no dia a dia e pode ser uma mais-valia para você que quer aprender o idioma. Outra é Amiga genial, da HBO, que é mais leve e mostra o dialeto falado em Nápoles.

Ouça música

Ouvir música também ajuda a montar uma lista com os principais vocabulários. Por exemplo, você ouve a música e vai traduzindo no Google Tradutor. Dessa maneira, o seu cérebro começa a acostumar com o idioma, a forma como é falado e o contexto.

Você pode começar aprendendo a letra e significado do hino italiano.

Apps

Os aplicativos para celular também ajudam. O Duolingo é um deles e pode ser uma ajuda e tanto já que, além de gratuito, ele traz exercícios e pode ser instalado no seu smartphone.

Se você está mesmo interessado em aprender, vai gostar de conferir nossa lista completa de dicas para aprender italiano.

Aulas

Além disso, fazer aulas de italiano, com certeza, é algo que vai valer a pena, se você pretende morar na Itália ou passar algum tempo viajando pelo país europeu.

Por último, a nossa dica é: um idioma se aprende todos os dias, por isso, não tenha vergonha. Pratique.

Portanto, agora que você já sabe mais sobre o idioma na Itália e pretende aprender italiano, é hora de se organizar e estudar para que isso aconteça o mais breve possível. Buona fortuna!!

Saiba também como fazer um intercâmbio na Itália e quais os documentos para morar na Itália.

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo para diversos portais.

Artigos relacionados

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como morar na Itália: visto, custo de vida e melhores cidades

Se você quer morar na Itália confira tudo o que precisa saber sobre o país: tipos de visto, empregos, como estudar, custo de vida, saúde e muito mais.

Sites para alugar apartamento na Itália: conheça os melhores

Confira uma lista com os melhores sites para alugar apartamento na Itália e descubra os principais requisitos e quais são as melhores cidades para morar.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidades da Itália: as 14 melhores para morar no país

Veja quais são as melhores cidades da Itália para morar, na opinião dos brasileiros e de acordo com o custo de vida, qualidade de vida, infrastruturas e segurança. Escolher a cidade para morar na Itália é uma decisão importante, pois tem impacto no seu futuro. Confira as dicas, conheça as cidades e escolha a sua.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube