Documentos para morar na Itália, conheça todos os papéis necessários

Documentos para morar na Itália

Itália  / 

Depois de toda a correria juntando documentos, arrumando malas, procurando a passagem aérea mais barata, se despedindo dos amigos e da família, chega o grande momento. Ufa! O avião aterrissa, tudo ok na imigração, pegamos as malas e vamos fixar residência. O stress causado antes da viagem vai embora e agora estamos prontos para começar a nova vida… Opa, ainda não.

Agora é o momento de andar pra cima e pra baixo para tirar alguns documentos importantes para quem vai permanecer na Itália. Sim, é burocrático. Sim, é chato. Sim, é necessário!!

Não sabe exatamente quais documentos para morar na Itália são necessários? Então vamos dizer os principais, para quê servem, quanto custa e onde solicitar!

Documentos para morar na Itália

Alguns documentos para morar na Itália serão de grande importância para o seu processo de adaptação no país. Citei quais são os principais documentos para morar na Itália, quanto tempo demoram para ficar pronto e o valor de cada um deles. Confira!

Declaração de Presença

Declaração de presença na Itália

Precisando abrir uma conta bancária na Europa?

Literalmente, em 5 minutos, você pode ter a sua conta bancária no banco N26, um banco digital que funciona na Europa toda.


Você não precisa de comprovar que está trabalhando nem que tem recebimentos mensais. Precisa apenas ter um endereço na Europa e o seu passaporte em mãos. Confira:

CRIAR CONTA NO N26 »

A declaração de presença é um documento necessário para iniciar o processo de reconhecimento de cidadania italiana. É utilizado caso você faça uma conexão antes de chegar na Itália. O governo italiano pede que a Dichiarazione di Presenza seja feita em até 8 dias da chegada no país.

A declaração pode ser solicitada no Ufficio Imigrazione da questura onde irá residir. A declaração fica pronta na hora e é gratuita. A Declaração de presença será necessária para o processo de reconhecimento de cidadania.

Permissão de permanência

A permissão de permanência, Permesso di Soggiorno, é um documento oficial que autoriza a permanência do estrangeiro na Itália. É emitido com o mesmo tempo e com as mesmas razões do visto. Merece um assunto dedicado somente à Permesso, porque tem um passo a passo a ser seguido.

A permissão pode ser solicitada nos correios (Poste Italiane). Basta solicitar o “kit giallo”, um kit que vem dentro de um envelope e contém o formulário e instrução de preenchimento.

Custos da permissão de permanência

Permissão de permanência na Itália

Demora em torno de 40 dias para agendamento de atendimento. O envelope dos correios é grátis. Para permesso de 3 meses a um ano 40€ e superior a 1 ano e inferior a 2 anos, custa 50 euros. Ah! Também há as despesas de Stampa do PSE (30,46 euros), marca da Bollo (16 euros), pagamento para os correios (30 euros). Este documento é muito importante para quem vai residir na Itália.

Após solicitado o permesso, você pode checar o andamento no site Polícia Italiana.

Carteira de vacinação italiana

Assim como no Brasil, as crianças são obrigadas a ter a carteira de vacinação(Libretto di Vaccinazioni). Deve ser apresentada ao pediatra ou posto de saúde. Ele pode ser solicitado em algum posto de Saúde ou hospital na Itália e até por email, dependendo da comune. O documento fica pronto na hora e é gratuito. Para obtê-lo basta ser cadastrado como residente no Comune.

Ticket sanitário

Outro dos documento para morar na Itália necessário é o Ticket sanitário, ou Tessera Sanitaria. É como se fosse o cartão do SUS do Brasil, já que na Itália a saúde é gratuita. Pode ser solicitado na ASL (Azienda Sanitària Locale) e demora para ficar pronto em média 7 dias. É gratuito para qualquer cidadão italiano ou para estrangeiros com permesso di soggiorno e ser residente no Comune.

Carteira de motorista italiana

Carteira de motorista italiana
A carteira de motorista italiana, ou Patente de Guida, é igual a nossa CNH. Além da Patente de Guida, precisa ter a Carta di Circolazione do veículo, que corresponde ao CRLV brasileiro e o Contrassegno dell’Assicurazione que é do que o seguro obrigatório do carro. Para os brasileiros que tem carteira de motorista brasileira, é possível converter para a carteira italiana.

É necessário saber o idioma por conta da prova, ser cidadão italiano ou, se estrangeiro, ter o permesso di soggiorno, ser residente no Comune e passar nos exames teórico, prático e médico. O preço varia de acordo com a cidade e o tempo de duração também pode variar. Já explicamos tudo sobre no artigo carteira de motorista na Itália.

Título de Eleitor italiano

Apesar de o voto na Itália não ser obrigatório, os cidadãos exercem o poder de elegerem seus representantes. O Tessera Elettorale é solicitado no Ufficio Elettorale do Comune em que reside, é gratuito e está disponível para todos os cidadãos italianos e residentes no Comune.

Código Fiscal

Nada mais é que o nosso CPF no Brasil. Atrela o cidadão à Receita Federal (Agenzia dell’Entrate). Serve para fazer movimentações bancárias ou financeiras, bem como para contratos em geral como de locação, prestação de serviços. O Codice Fiscale pode ser solicitado na Agenzia dell’Entrate. Fica pronto na hora e não tem custo algum. E novamente, precisa ser cidadão italiano ou, se estrangeiro, ter o permesso di soggiorno.

Achou burocrático?

Como em qualquer lugar do mundo, é chato e burocrático, mas os documentos para morar na Itália são necessários para viver legalmente no país, ok?

Espero ter ajudado e que essas informações possam ter contribuído, nem que tenha sido um pouquinho, para esclarecer algumas dúvidas!

Até o próximo post! A presto, ragazzi!

Aline é ítalo-brasileira, advogada e decidiu trocar a vida no Brasil para recomeçar na Itália. Adora viajar, conhecer pessoas, jogar vídeo-game e comer um churrasco. Gosta de arriscar e de novas experiências.