Documentos para morar na Itália, conheça todos os papéis necessários

Documentos para morar na Itália

Itália  / 

Depois de toda a correria juntando documentos, arrumando malas, procurando a passagem aérea mais barata, se despedindo dos amigos e da família, chega o grande momento. Ufa! O avião aterrissa, tudo ok na imigração, pegamos as malas e vamos fixar residência. O stress causado antes da viagem vai embora e agora estamos prontos para começar a nova vida… Opa, ainda não.

Agora é o momento de andar pra cima e pra baixo para tirar alguns documentos importantes para quem vai permanecer na Itália. Sim, é burocrático. Sim, é chato. Sim, é necessário!!

Não sabe exatamente quais documentos para morar na Itália são necessários? Então vamos dizer os principais, para quê servem, quanto custa e onde solicitar!

Documentos para morar na Itália

Alguns documentos para morar na Itália serão de grande importância para o seu processo de adaptação no país. Citei quais são os principais documentos para morar na Itália, quanto tempo demoram para ficar pronto e o valor de cada um deles. Confira!

Declaração de Presença

Declaração de presença na Itália

A declaração de presença é um documento necessário para iniciar o processo de reconhecimento de cidadania italiana. É utilizado caso você faça uma conexão antes de chegar na Itália. O governo italiano pede que a Dichiarazione di Presenza seja feita em até 8 dias da chegada no país.

A declaração pode ser solicitada no Ufficio Imigrazione da questura onde irá residir. A declaração fica pronta na hora e é gratuita. A Declaração de presença será necessária para o processo de reconhecimento de cidadania.

Permissão de permanência

A permissão de permanência, Permesso di Soggiorno, é um documento oficial que autoriza a permanência do estrangeiro na Itália. É emitido com o mesmo tempo e com as mesmas razões do visto. Merece um assunto dedicado somente à Permesso, porque tem um passo a passo a ser seguido.

A permissão pode ser solicitada nos correios (Poste Italiane). Basta solicitar o “kit giallo”, um kit que vem dentro de um envelope e contém o formulário e instrução de preenchimento.

Custos da permissão de permanência

Permissão de permanência na Itália

Demora em torno de 40 dias para agendamento de atendimento. O envelope dos correios é grátis. Para permesso de 3 meses a um ano 40€ e superior a 1 ano e inferior a 2 anos, custa 50 euros. Ah! Também há as despesas de Stampa do PSE (30,46 euros), marca da Bollo (16 euros), pagamento para os correios (30 euros). Este documento é muito importante para quem vai residir na Itália.

Após solicitado o permesso, você pode checar o andamento no site Polícia Italiana.

Carteira de vacinação italiana

Assim como no Brasil, as crianças são obrigadas a ter a carteira de vacinação(Libretto di Vaccinazioni). Deve ser apresentada ao pediatra ou posto de saúde. Ele pode ser solicitado em algum posto de Saúde ou hospital na Itália e até por email, dependendo da comune. O documento fica pronto na hora e é gratuito. Para obtê-lo basta ser cadastrado como residente no Comune.

Ticket sanitário

Outro dos documento para morar na Itália necessário é o Ticket sanitário, ou Tessera Sanitaria. É como se fosse o cartão do SUS do Brasil, já que na Itália a saúde é gratuita. Pode ser solicitado na ASL (Azienda Sanitària Locale) e demora para ficar pronto em média 7 dias. É gratuito para qualquer cidadão italiano ou para estrangeiros com permesso di soggiorno e ser residente no Comune.

Carteira de motorista italiana

Carteira de motorista italiana
A carteira de motorista italiana, ou Patente de Guida, é igual a nossa CNH. Além da Patente de Guida, precisa ter a Carta di Circolazione do veículo, que corresponde ao CRLV brasileiro e o Contrassegno dell’Assicurazione que é do que o seguro obrigatório do carro. Para os brasileiros que tem carteira de motorista brasileira, é possível converter para a carteira italiana.

É necessário saber o idioma por conta da prova, ser cidadão italiano ou, se estrangeiro, ter o permesso di soggiorno, ser residente no Comune e passar nos exames teórico, prático e médico. O preço varia de acordo com a cidade e o tempo de duração também pode variar. Já explicamos tudo sobre no artigo carteira de motorista na Itália.

Título de Eleitor italiano

Apesar de o voto na Itália não ser obrigatório, os cidadãos exercem o poder de elegerem seus representantes. O Tessera Elettorale é solicitado no Ufficio Elettorale do Comune em que reside, é gratuito e está disponível para todos os cidadãos italianos e residentes no Comune.

Código Fiscal

Nada mais é que o nosso CPF no Brasil. Atrela o cidadão à Receita Federal (Agenzia dell’Entrate). Serve para fazer movimentações bancárias ou financeiras, bem como para contratos em geral como de locação, prestação de serviços. O Codice Fiscale pode ser solicitado na Agenzia dell’Entrate. Fica pronto na hora e não tem custo algum. E novamente, precisa ser cidadão italiano ou, se estrangeiro, ter o permesso di soggiorno.

Achou burocrático?

Como em qualquer lugar do mundo, é chato e burocrático, mas os documentos para morar na Itália são necessários para viver legalmente no país, ok?

Espero ter ajudado e que essas informações possam ter contribuído, nem que tenha sido um pouquinho, para esclarecer algumas dúvidas!

Até o próximo post! A presto, ragazzi!

COMPARTILHE

Aline é ítalo-brasileira, advogada e decidiu trocar a vida no Brasil para recomeçar na Itália. Adora viajar, conhecer pessoas, jogar vídeo-game e comer um churrasco. Gosta de arriscar e de novas experiências.