Se é sua primeira vez fazendo essa viagem para o país da bota, você pode estar se perguntando o que levar na mala para Itália. De itens básicos de primeira necessidade para uma viagem rápida a uma mudança definitiva, existem sempre aqueles que todo mundo pode ou deve levar.

Aqui, falaremos de tudo que você precisa se atentar na hora de preparar a mala para o país e te dar dicas para não deixar nada de fora.

O que levar na mala para Itália?

Saber o que levar na mala para Itália depende principalmente da estação do ano e a região que você está visitando. Enquanto o norte da Itália conta com o clima alpino e geralmente é mais frio, o sul do país é mais quente com seu clima mediterrâneo — e é um destino escolhido frequentemente para o verão.

Se seu destino são cidades históricas como Roma ou Florença, escolha sapatos confortáveis para os passeios. Além de andar muito, já que essas cidades são verdadeiros museus a céu aberto, a maioria das ruas antigas é cheia de paralelepípedos e exigem calçados cômodos. Suas roupas também devem ser adequadas ao clima e precisam te dar conforto para passear, sem que você sinta frio ou calor demais.

Além disso, considere quantos dias você vai ficar no país. Uma mala para 30 dias na Europa é bem diferente de uma mala para uma ou duas semanas, ou 3 meses.

Se você já ouviu o famoso “attenzione pickpocket”, deve se lembrar que locais turísticos são locais onde os furtos acontecem com frequência. Por isso, use uma doleira com espaço para guardar dinheiro, passaporte e cartões e garanta a segurança dos seus documentos enquanto estiver passeando.

O que não posso levar na mala para Itália?

Assim como existem itens indispensáveis para qualquer viagem, alguns itens são estritamente proibidos de se levar na mala para Itália. O Ente Nazionale per l’Aviazione Civile (ENAC) determina quais itens podem ser transportados tanto na bagagem de mão quanto na bagagem despachada.

Onde comprar a mala de viagem para levar para Itália?

Apesar de ser fácil encontrar lojas que vendem malas em shoppings e galerias, você precisa se atentar também aos formatos e tamanhos permitidos para cada uma, além da qualidade do material da mala.

Indicamos que você adquira as suas no Portal das Malas que, além de contar com marcas de ótima qualidade como Travelux, Samsonite e Santino, é especialista em viagens nacionais e internacionais e pode te ajudar a fazer a melhor escolha na hora de levar sua mala para Itália.

O site ainda dispõe de ofertas especiais que garantem os melhores preços durante todo o ano e você tem a praticidade de receber tudo em casa, sem precisar se deslocar até a loja mais próxima.

Você também pode adquirir suas malas em lojas físicas especializadas, como Le Postiche e Bagaggio, ou ainda, em sites como a Amazon e Americanas.com.

O que levar na mala para Itália na primavera

A primavera é uma das estações preferidas para quem vem passear no país da bota por ser uma meia-estação com clima muito agradável.

Neste período, opte por roupas intermediárias a leves, como calças jeans, casacos de tecido mais fino e tênis confortáveis ou outros sapatos fechados. Algumas peças pontuais como jaqueta de couro ou blazer podem te proteger em noites mais frescas.

Outra peça coringa para levar na mala para Itália durante a primavera são os suéteres leves, de fio mais fino. Eles compõem o visual e também protegem contra as temperaturas mais amenas da estação.

Opte por blusas de mangas curtas ou três quartos que auxiliem contra o frio, mas que também permitem que você não sinta calor em dias mais quentes.

O que levar na mala para Itália no verão

O verão é uma das estações mais escolhidas por quem opta por viajar para a Itália e o turismo pelas praias, principalmente ao sul, é intenso nesse período.

Prepare-se para as altas temperaturas e leve itens como roupas de banho para aproveitar as praias, chinelos, óculos de sol, canga e bastante protetor solar.

Mulher no verão na Itália
Roupas frescas e leves devem compor a maior parte de uma mala para a Itália na estação mais quente do ano.

Para o vestiário do dia a dia, opte por bermudas e shorts para fugir do calor e blusas e camisetas leves para ficar confortável. Não deixe de trazer um casaco leve para as noites, principalmente se estiver próximo à praia, onde os ventos podem fazer as temperaturas baixarem um pouco.

O que levar na mala para Itália no outono

As temperaturas mudam bastante do verão para o outono quando começa a fazer bastante frio. Em algumas regiões, na reta final antes do inverno, pode chegar a nevar.

Por isso, na hora de pensar no que levar na mala para Itália nessa estação, é importante pensar em roupas quentes como casacos mais grossos e jaquetas contra o vento. A jaqueta de couro, por exemplo, também vai muito bem aqui e pode ser complementada com outras camadas de roupa por baixo.

As chuvas são frequentes nessa época do ano, por isso, opte por casacos impermeáveis para evitar se molhar. Algumas pessoas optam pelos sobretudos que protegem o tronco e também uma parte das pernas.

Além das blusas de manga comprida para proteger os braços, pense em itens extras. Se você estiver vindo para o norte da Itália, leve roupas térmicas, luvas e cachecóis para se proteger contra o frio mais intenso. Os sapatos também devem ser preparados para a chuva e o frio.

O que levar na mala para Itália no inverno

A estação do frio também é uma estação muito adorada para quem vem para cidades como Milão, no norte do país. Vários parques de esqui passam a funcionar e, próximo aos Alpes, a neve pode ser intensa.

Por isso, roupas térmicas são essenciais para se levar na mala para Itália no inverno. Elas reforçam as roupas que você usa por cima e evitam que as mudanças bruscas de temperatura (das ruas frias para o interior de prédios com aquecimento ligado) prejudiquem a sua saúde.

Por cima das térmicas, é importante usar roupas que mantenham seu corpo aquecido, como moletom e lã, e reforçar com uma terceira camada, com casacos impermeáveis ou corta-vento.

Pessoas sentadas em mesas de restaurante na rua.
O segredo para não passar frio na Itália, e para poder aproveitar até os espaços ao ar livre, é se vestir em camadas.

Não se esqueça do básico como luvas apropriadas, cachecóis, meias térmicas e gorros que te protejam. Se precisar, use também um bom aquecedor de orelhas. Se for para uma região com neve, não se esqueça de usar botas apropriadas para manter os pés secos e aquecidos.

Itens indispensáveis na mala para Itália

Agora que você já teve uma ideia do que levar na mala para Itália em cada estação, vamos te ajudar com alguns itens que você precisa ter, independente da época do ano, cidade e da duração da viagem.

Medicamentos

O primeiro deles é, sem dúvidas, os medicamentos. Seja de uso controlado ou eventual, como antialérgicos, antitérmicos ou remédios para dor de cabeça, leve sempre uma cartela do remédio que você costuma usar. Muitos remédios na Itália só podem ser adquiridos com receita médica, portanto, não deixe de levar aqueles que você pode acabar usando.

Se fizer uso de um remédio controlado, não se esqueça da receita médica em inglês para viajar, para o caso de uma inspeção da polícia no aeroporto.

Carregador e adaptador de tomada

Imagine estar no meio da viagem tirando fotos incríveis com o celular e pronto! Acaba a bateria. Terrível, não é? Por isso, lembre-se de levar seu carregador na bolsa ou mochila para não precisar comprar um novo quando chegar.

Além disso, atente-se às entradas de energia. Na Itália, o padrão da tomada é diferente, com 3 pinos, e pode ser que você precise de um adaptador para eletrônicos como notebooks.

Assim que cheguei à Itália, passei pela situação de precisar trabalhar no meu computador e só reparei que não conseguiria carregá-lo quando a bateria já estava acabando. Provavelmente paguei um valor mais alto do que teria pago se tivesse comprado antes da viagem.

Sapatos confortáveis

Independente da época, levar na mala para Itália um bom par de sapatos é fundamental para ter passeios mais confortáveis. O que é um sapato confortável é uma escolha individual, mas é um item certamente indispensável para quem quer curtir a viagem sem dores nos pés.

Roupas que cobrem pernas e ombros

A recomendação pode parecer estranha, mas se você planeja visitar algumas igrejas na Itália, pode se deparar com a obrigação de ter braços e pernas cobertas para entrar. Mesmo no verão!

Avalie essa necessidade e traga as roupas adequadas para conseguir visitar todos os pontos turísticos do seu plano de viagem.

O que levar na mala de mão para Itália?

Agora que você já tem uma ideia do que levar na mala para Itália, planeje seus itens de viagem na mala de bordo. Aqui, é importante pensar principalmente em coisas que você quer que sejam de acesso mais rápido.

Organize a mala com itens de higiene pessoal como desodorantes, shampoos e condicionadores, mas atente-se às regras: não é possível levar aerossóis e nem embalagens com mais de 100 ml. Medicamentos também devem ir na mala de mão.

Uma ótima dica de viagem é sempre levar um pacote de lenços umedecidos, é uma verdadeira mão na roda para limpar praticamente qualquer coisa.

Eletrônicos podem estar na mala de mão, mas lembre-se de que, em caso de voo lotado, até mesmo a mala de bordo pode ser despachada. Portanto, se quiser ter acesso a eles no voo, talvez a mochila seja a melhor escolha para esses itens.

Além disso, é uma boa ideia ter uma ou duas mudas de roupa para o caso de você precisar trocar o que está vestindo durante a viagem.

Documentos devem estar na bagagem de item pessoal

Por que não falamos de levar seus documentos na bagagem de bordo? Porque você deve deixar seus documentos à mão, em uma mochila ou bolsa que esteja com você o tempo todo.

Como explicado, é muito comum que as companhias aéreas peçam para os passageiros despacharem também as bagagens de mão (seja para equilibrar a aeronave ou por falta de espaço na cabine). Caso isso aconteça, você pode chegar na imigração sem os documentos necessários para apresentar na hora de entrar no país.

Além disso, por questões de segurança, assim como você não deixaria seu celular ser despachado em nenhuma mala, seus documentos devem estar sempre com você, seja no bolso, em uma mochila ou bolsa pessoal.

O que levar na mala para morar na Itália?

Se sua viagem é definitiva e você vem para morar na Itália, escolher o que colocar na mala na hora de se organizar é ainda mais importante para não esquecer nada para trás e nem se sobrecarregar com coisas que você não vai usar.

Por isso, antes de abrir as malas, avalie tudo que você tem em casa: o que é importante e o que você sabe que pode adquirir ao chegar à Itália? O que é dispensável? A palavra de ordem para arrumar a mala para morar no exterior é conveniência.

É legal ter em mente a estação do ano em que você está fazendo sua mudança. Arrume a mala com roupas pensadas principalmente para as duas primeiras estações depois da sua chegada. Assim, você se poupa de trazer excessos e pode comprar roupas novas com mais calma.

Se estiver próximo ao outono ou inverno, atente-se às roupas de frio e evite encher as malas com elas. Geralmente, as roupas que compramos no Brasil não são suficientes para viver no frio europeu e você vai precisar comprar quando estiver aqui.

Documentos que podem ser necessários

Não se esqueça também da sua documentação e da sua família. Tenha atenção às certidões, seguros, contratos, vistos, passaportes e outros documentos essenciais e leve-os na mão, com você, em uma bolsa ou mochila.

Ainda tem dúvidas sobre o que vale ou não trazer na mala de mudança para Itália? A brasileira Carolina Hickmann, que já mora no país há alguns anos, fez um vídeo completo sobre o assunto para te auxiliar. Dá uma olhada!

Quantas malas posso levar para Itália?

Tão importante quanto decidir o que levar na mala para Itália é saber quantas malas você pode carregar. Em uma viagem internacional, essa quantidade normalmente depende da companhia aérea, mas, em geral, se pode levar a bagagem de mão e um item pessoal (bolsa ou mochila).

As bagagens para despachar geralmente se limitam a no máximo 2 malas por passageiro e o valor varia conforme a tarifa da passagem aérea. Se quiser levar a mais, consulte sempre quanto custa a mala extra em voos internacionais para não ter surpresas.

Peso permitido

Além de considerar a quantidade de malas, você também precisa considerar o peso delas. A bagagem de mão, por exemplo, precisa pesar entre 8 kg e 12 kg, a depender dos limites estabelecidos pela companhia aérea e a tarifa paga. O mais comum é que essa bagagem pese, no máximo, 10 kg.

Já as bagagens despachadas têm peso mais variável. Enquanto algumas companhias permitem que a bagagem tenha até 23 kg, outras podem chegar a liberar até 32 kg por mala. O último caso é mais raro e, geralmente, sua bagagem despachada precisa ter entre 23 kg e 25 kg para estar consoante as regras da companhia.

Dicas para arrumar a mala para Itália

Você já sabe praticamente tudo o que precisa para levar mala para Itália, seja na mudança ou em um passeio, mas separamos mais algumas dicas que são detalhes excepcionais!

Se você ainda não sabe como começar a se organizar, experimente o Método Marie Kondo para arrumar mala. A técnica consiste em entender que tipo de sentimento cada peça e objeto que vai na mala desperta em você, ajudando a selecionar o que realmente importa na sua viagem, sem excessos.

Para quem gosta de ser minimalista ou fará uma viagem rápida, é possível viajar só com bagagem de mão e poupar tempo na organização e até no aeroporto, especialmente se sua viagem conta com deslocamento constante. Selecione peças que combinam entre si para ter mais diversidade sem abrir mão do estilo.

Embalagens a vácuo são ótimas

Uma dica pessoal é usar sacos e embalagens a vácuo, que usei especialmente quando fiz minha mudança para a Itália, trazendo algumas roupas de frio para o meu período de chegada e adaptação entre outono e inverno. Assim, fiz caber na mala outras coisas importantes que, caso contrário, teriam que ficar no Brasil.

Por último, recomendo que você compre uma balança de mala para você ter uma noção do peso de tudo que está carregando. Eu poderia facilmente ter superado o peso limite estabelecido pela companhia aérea se não fosse a balança.

Agora que você já sabe como se preparar, lembre-se também de garantir um bom seguro viagem para proteger suas malas contra danos ou extravio. No Seguros Promo, você faz a cotação do seguro para sua viagem para a Itália e, encontra o plano e a seguradora que te garantem o melhor custo-benefício. Tudo 100% online e com atendimento rápido via chat ou WhatsApp.

Agora é só fazer as malas! Boa viagem!