Vai viajar para Portugal a passeio ou pretende passar uma temporada no país? Dentre as burocracias que todo viajante passa ao planejar uma viagem, está a do: dinheiro. Saiba como sacar dinheiro em Portugal, principalmente nos caixas Multibancos, que estão espalhados por todas as cidades, para se sentir seguro ao fazer a transação.

Como sacar dinheiro em Portugal?

Em primeiro lugar, já viaje para o país sabendo que se você falar “sacar dinheiro” por lá, provavelmente não será entendido. Mesmo falando a mesma língua, alguns verbos e palavras possuem diferentes formas de dizer a mesma coisa. No país, se fala “levantar dinheiro”, até mesmo quando o saque for feito nos caixas automáticos conhecidos por lá como Multibancos.
Estes caixas funcionam como os nossos “Caixas 24 horas”, mas são ainda mais úteis: eles estão espalhados pelas ruas, nas áreas externas. Diferente dos nossos que, normalmente, estão dentro de shoppings, bancos, supermercados ou postos de combustível.
Ao sacar dinheiro em Portugal, provavelmente você não conseguirá sacar notas altas: na maior parte das vezes, o saque nos caixas Multibancos dão notas de 10 ou 20 euros. E apesar de estarem nas ruas, o que bastante estranho para os nós brasileiros, eles são seguros e possuem até um espelho para que você preste atenção em quem está atrás.
Saiba como abrir conta em Portugal estando no Brasil.

Como funcionam os caixas Multibancos em Portugal?

O funcionamento é parecido com os caixas automáticos brasileiros: eles puxam o seu cartão e, ao final da operação, devolvem.
Por dia, é possível sacar até 400 euros, sendo o montante máximo para cada saque de 200 euros. A rede de caixas automáticos também possibilita sacar de cartões de crédito, desde que esta função esteja habilitada.
Ou seja: se você viajar com um cartão de crédito brasileiro, veja se possui a função de saque, que requer o pagamento de taxas por cada retirada. Também não esqueça de fazer o “aviso viagem” dos seus cartões, seja de débito ou de crédito. Normalmente, é possível fazer o aviso através dos aplicativos das bandeiras e dos bancos, ou do telefone oficial de cada um.
Sacar dinheiro em Portugal caixa ATM
Saiba também se o cartão de crédito em Portugal é aceito em todo lugar.

Existe alguma taxa para sacar dinheiro em Portugal?

Depende de qual país é o seu cartão. Para começar, é importante você saber que é possível sacar a partir de praticamente todas as bandeiras de cartão. Nos Multibancos são aceitos  as bandeiras:

  • American Express;
  • Maestro;
  • MasterCard;
  • Visa;
  • Visa Electron.

Veja como funcionam as taxas para sacar dinheiro em Portugal com cartões de diferentes localidades:

Cartão português

Os brasileiros que vivem no país geralmente utilizam o cartão de débito português, ou seja, vinculado a algum banco local, nesse caso, não são cobradas taxas para sacar dinheiro em Portugal nos caixas automáticos da rede SIBS, vinculado à marca Multibanco.
As comissões, ou taxas, podem ser cobradas se o saque for feito através de um cartão de crédito em outra rede de caixas automáticos, a Euronet. Isso acontece porque existem três tipos de cartões: de débito, crédito e os duais, que funcionam das duas maneiras. No caso deste último, os caixas Multibanco utilizam automaticamente a opção de débito.
Já os caixas vinculados à rede Euronet não funcionam assim. Por isso, tenha atenção que se o seu cartão português for misto: a operação será sempre processada através das redes de formato internacionais e serão tratados como cartões de crédito, diferente dos débitos nacionais do Multibanco.
Por isso são cobradas as taxas vinculadas à bandeira do cartão. Caso seja necessário utilizá-lo, confira quanto é cobrado por essa operação pela sua bandeira, pois as taxas são cobradas pelas emissoras dos cartões. A média de operação é de 4€, mais uma porcentagem de cerca de 4% do montante retirado no saque.

Cartão europeu

No caso de cartões europeus parte do Espaço Econômico Europeu, os bancos não devem cobrar por saques transfronteiras de euros. As regras de taxas são as mesmas válidas para os cartões portugueses no caso de saques na rede Euronet.
Se houver câmbio de moedas, o utilizador irá visualizar a taxa de conversão e o valor transacionado na moeda original e na que irá sacar que, no caso, é o euro. É o chamado DCC (Dynamic Currency Conversion ou Conversão Dinâmica de Moeda).
O DCC está disponível para mais de 30 moedas em todos os Caixas Automáticos Multibancos espalhados pelo país.
As regras da União Europeia devem ser aplicadas a todos os tipos de cartões de pagamento e as taxas devem ser as mesmas que se pagaria estando no país de origem.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Vou com cartão brasileiro, consigo sacar dinheiro em Portugal?

Se o seu cartão de débito ou crédito estiver habilitado para saque, será possível levantar dinheiro. Mas você não irá escapar das taxas. São elas:

  • Taxa IOF: cada vez que você sacar uma quantia irá pagar a alíquota de 6,38%, tanto no cartão de débito como no pré-pago. Lembre-se que só é possível retirar 200€ por saque;
  • Taxa de câmbio: será adicionado um custo sobre o câmbio comercial para a conversão de euro para real;
  • Tarifa do caixa eletrônico: se o caixa não estiver vinculado ao seu banco no Brasil, é possível que você pague a tarifa duas vezes: uma pela instituição financeira e outra pela responsável pelo caixa. Uma dica é sempre escolher saques na moeda local, assim evita-se a cobrança de taxas extras. Na hora da retirada, selecione a opção de saque no cartão de débito;
  • Tarifa do banco: verifique quanto o seu banco cobra pelo saque em outro país.

Você poderá sacar tanto nos caixas Multibanco da rede SIBS nas funções de débito ou nos caixas da Euronet em crédito. Nessa última, são cobradas as tarifas que falamos mais acima.

Dá para sacar dinheiro no Banco do Brasil em Portugal?

Sim, é possível sacar dinheiro nos caixas do Banco do Brasil em Portugal. Mas esse serviço só está disponível para correntistas do banco.
Se for o seu caso, verifique primeiro se o seu cartão é de uso internacional. Só assim, você conseguirá usá-lo em Portugal. Existem agências do banco brasileiro pelo país. No entanto, atualmente o Banco do Brasil em Portugal atua exclusivamente no atendimento a clientes corporativos e institucionais.
Mesmo não sendo possível receber para atendimento pessoal, o Banco do Brasil ainda mantém dois caixas eletrônicos no país: um em Lisboa e outro no Porto.
O custo de saque no exterior é de 2,50€, caso seja através do Ourocard Visa Travel Money, o cartão pré-pago do banco.
Se o saque for através dos cartões de débito e crédito, essa taxa sobe para R$ 20. Em qualquer operação, adicione a taxa de câmbio utilizada, que é a turismo, e o IOF de 6,38%.

Como enviar dinheiro para sacar em Portugal?

A melhor maneira de sacar dinheiro em Portugal é enviar a quantia através das plataformas digitais. São duas opções:

Abra uma conta digital no exterior

Se sua intenção é passar uma temporada em Portugal, uma boa alternativa é abrir uma conta multimoeda gratuita como a conta Wise, da antiga TransferWise. Sem custos, você pode ir depositando os valores na conta e sacar quando estiver por lá.
Quando tiver um endereço no exterior, solicite o cartão de débito.

Transfira dinheiro para a conta de um conhecido

Se você vai apenas passear em Portugal e conhece alguém de confiança por lá, pode enviar o dinheiro para a conta dela e pedir o saque quando chegar.
As plataformas digitais cobram tarifas baixas e melhores taxas de câmbios. Verifique qual delas é a melhor para as suas necessidades e está com a melhor cotação através do nosso comparador de envio de dinheiro.
A ferramenta foi feita exclusivamente para leitores Euro Dicas e mostra, em tempo real, as taxas e câmbio aplicados por diferentes serviços de envio de dinheiro, com informações fornecidas pelos próprios serviços.