A Espanha é o segundo país mais procurado por brasileiros que querem morar na Europa. Se você está pensando em trabalhar em Barcelona, mas não sabe por onde começar, neste artigo vamos falar sobre as áreas com mais oportunidades e mais valorizadas pelos trabalhadores, os melhores sites para buscar emprego, os tipos de vistos e como você deve se preparar para conseguir uma vaga.

Como trabalhar em Barcelona?

Para trabalhar em Barcelona, você precisa contar com uma autorização de residência e trabalho na Espanha, que pode ser como autônomo ou como empregado. Estudantes também podem obter uma autorização para trabalhar meia jornada ou fora do horário das aulas, ou ainda em jornada integral caso se trate de estágio curricular.

Existe trabalho para brasileiros em Barcelona?

A resposta é sim e já há muitos brasileiros em Barcelona.

No entanto, a crise econômica provocada pelo coronavírus e as restrições às atividades causaram grandes perdas para o país. Para você ter uma ideia da situação, a Espanha liderou a queda da taxa de emprego na Europa em 2020. A taxa caiu 2,3 pontos percentuais, para 65,7%, segundo o Eurostat.

Somente na Catalunha foram perdidos 75.716 empregos em 2020 e o desemprego subiu 28%. De maneira geral, sofreram grande impacto as cidades com maior dependência dos serviços de turismo, hotelaria e lazer, como é o caso de Barcelona que também teve o setor de construção civil bastante atingido.

No entanto, com o fim do estado de alarme, a chegada do verão e a vacinação que finalmente está mais rápida, a expectativa é de que a economia ganhe novo fôlego. Porém, os brasileiros só podem trabalhar em Barcelona desde que estejam vivendo legalmente na Espanha e cumprindo com os requisitos necessários.

Áreas com mais oportunidades de trabalho em Barcelona

A pandemia causou mudanças no mercado de trabalho catalão, desencadeando a procura por alguns perfis de trabalhadores, diminuindo a busca por outros e mostrando que há profissões que, mesmo com o impacto causado pelo coronavírus, continuam a ter demanda.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

O Departamento de Trabalho da Generalitat publicou recentemente em seu observatório de profissões uma lista com as maiores ofertas de vagas, os empregos mais valorizados pelos trabalhadores e os que combinam as duas características.

Professores, teleoperadores e trabalhadores da área da saúde foram os profissionais mais procurados pelas empresas em 2020. Já os cargos mais valorizados pelos profissionais foram os de cartógrafo e programador de computador.

trabalhar em Barcelona professor

Além disso, outros ofícios como engenharia, continuam em alta demanda e condições altamente valorizadas pelos profissionais e o grau de competição pela posição não é alto. E outras profissões, como limpeza doméstica, têm ofertas, pouca competição, mas condições de trabalho não muito desejáveis.

Os dados compilados pela Generalitat dão uma pontuação de 0 a 100 para as diferentes profissões na Catalunha, sendo 100 para o melhor cenário e 0 para o pior. E para isso estabelece três variáveis: o grau de exigência das empresas com este tipo de perfil, a qualidade desse trabalho e a competição que existe entre profissionais dispostos a fazer o serviço.

Veja na tabela abaixo as profissões mais buscadas em 2020 na Catalunha:

Profissão Demanda Qualidade Disputa de vagas Pontuação Global
Professores universitários 96.7 26.6 52.9 61.2
Teleoperadores 94.2 26.7 39.4 56.9
Médicos especializados 94.1 28.3 60.1 62.6
Enfermeiros não especializados 94.1 26.2 54.3 60.4
Entregadores e mensageiros 91.7 17.7 34 51.4

Veja na tabela abaixo as profissões menos buscadas em 2020 na Catalunha:

Profissão Demanda Qualidade Disputa de vagas Pontuação Global
Diretor e gerente de empresas de restauração 12.9 83.2 79.4 54.1
Avaliadores 12.8 59.1 42.6 36.4
Operadores de máquinas para tratamento de pele e couro 12.1 33.2 26.5 23.1
Urbanistas e engenheiros de tráfego 9.6 75.9 71 48.1
Escrivão de correio 7.1 27.1 53.2 25.6

Salário médio em Barcelona

Barcelona, Madrid e Bilbao registram os salários mais elevados da Espanha, enquanto em Valência, Sevilha e Málaga, os salários tendem a ser, em média, 9% inferiores. A formação é um aspecto muito importante para a obtenção de um contra-cheque melhor.

Em Barcelona o salário, em média, é de 30.807 euros por ano. É o que indica o último relatório anual de vencimentos publicado pela Câmara Municipal de Barcelona. De acordo com a publicação, o valor está 6,1% acima do salário recebido pelos residentes dos municípios da Área Metropolitana de Barcelona, 13,5% acima da média da Catalunha e 23,4% acima do total da Espanha.

Na Catalunha também há desigualdade de gênero e as empresas pagam salários diferentes para homens e mulheres. Os homens ganham, em média, 34.534 euros por ano enquanto as mulheres recebem 27.023 euros, menos 21,2%. O maior salário médio por distrito é em Sarrià-Sant Gervasi – 47.396 euros por ano. Isso é o dobro do salário médio de lugares  como Ciutat Vella e Nou Barris, que estão perto de 22.400 euros.

É preciso levar em consideração que o custo de vida em Barcelona é um dos maiores do país. A Área Metropolitana de Barcelona (AMB) elabora um indicador desde o ano de 2016.

Segundo os últimos dados, 33% das pessoas que vivem na área metropolitana sofrem para chegar ao final do mês.  É que cada pessoa necessita, em média, de 1.322,52 euros mensais para viver com suas necessidades básicas atendidas.

Só os gastos com moradia, incluindo despesas com água, luz e gás, representam quase 45% do salário. O segundo gasto mais importante é com a alimentação (20%), seguido por gastos extraordinários (15%), pessoais e de lazer (7%), educação (5%), transporte (4%) e roupa e complementos (3%).

Profissões com melhores salários

O trabalho com a melhor remuneração atualmente na Espanha é o de controlador aéreo. O salário é de 170 mil euros por ano, mas pode chegar a 334 mil euros com a soma das horas extras.

O portal Infojobs e a escola de negócios ESADE fizeram um relatório sobre o mercado de trabalho na Espanha, com a relação dos empregos com os maiores salários. Confira abaixo as profissões que pagam melhor.

  • Ortodontista e implantologista – o salário bruto anual médio é de 64.538 euros. Além do alto salário, uma das vantagens da profissão é que a concorrência é pequena, apenas 12 inscritos por vaga;
  • Gerente de projetos de engenharia – para este cargo o salário bruto anual médio é de 59.565 euros. Entretanto, há 75 inscritos para cada vaga disponível;
  • Diretor comercial – neste caso o salário médio bruto por ano é de 48.884 euros. O nível de concorrência não é muito alto, são 49 inscritos por vaga, e a demanda por este tipo de profissional se mantém estável;
  • Diretor de TI – os que ocupam este cargo recebem uma remuneração média de 48.071 euros. O nível de concorrência é de cerca de 55 inscritos por vaga;
  • Odontologia – a remuneração média anual bruta é de 46.633 euros. São 11 inscritos por vaga;
  • Comercial imobiliário – essa é uma das profissões em que se verifica o maior volume de vagas e que tem salários elevados, cerca de 52.400 euros brutos anuais,  provavelmente devido ao sistema de comissões do setor.

Profissões com salários mais baixos

Também fizemos uma lista com os empregos que têm as menores remunerações. Veja abaixo!

  • Operadores de telemarketing – no pior dos casos podem ganhar cerca de 880€ por mês;
  • Vendedores – têm um salário médio mensal de 1.079€;
  • Garçons – ganham cerca de 1.166€ mensais;
  • Jornalistas – o salário médio mensal é de 1.190€;
  • Contadores – têm um salário médio mensal de 1.200€.

Melhores sites de emprego em Barcelona

Se você planeja trabalhar em Barcelona os sites de emprego são uma excelente ferramenta para buscar uma vaga.

O mais popular é o Infojobs. Basta fazer o cadastro, anexar o seu CV e se candidatar às vagas oferecidas. Além disso, a plataforma tem espaços especiais para gerentes, cargos de direção e autônomos.

Para tornar a sua busca mais simples e direta, apresentamos uma lista com os melhores sites com oportunidades para trabalhar em Barcelona.

Com o crescimento da imigração em Barcelona, também surgiram websites voltados exclusivamente para profissionais de outros países.  São eles:

Além dos sites mencionados acima, o LinkedIn é uma excelente ferramenta para quem quer trabalhar em Barcelona. A rede social é muito utilizada para buscar emprego na Espanha. Nela é possível procurar ofertas de acordo com o perfil do usuário e fazer contatos. Mesmo redes sociais que não são voltadas especificamente para o mercado de trabalho, como Facebook ou Instagram, podem ser usadas para divulgar vagas de emprego. Então vale a pena seguir empresas ou profissionais da sua área.

Agências de emprego em Barcelona

Outra dica são as agências de trabalho temporário, aqui conhecidas como ETT. Alguns trabalhos poderão ser de curta duração, enquanto outros podem se estender durante vários meses, levando eventualmente à sua contratação diretamente pela empresa. As principais empresas de trabalho temporário e recrutamento em Barcelona são:

É possível encontrar trabalho em Barcelona ainda no Brasil?

O ideal é que, mesmo no Brasil a milhares de quilômetros de distância, você já consiga um contrato para trabalhar em Barcelona a convite de uma empresa local. Além de ser o método legal, é a forma mais segura de viajar, já que a empresa agilizará todo o processo de solicitação de visto e com o contrato você ganhará o direito de morar na cidade e de ser atendido pelo sistema público de saúde espanhol.

Outra opção é vir para a Barcelona como turista já que você pode permanecer até 90 dias sem visto e tentar a sorte. Mas se conseguir um emprego terá que retornar ao Brasil para solicitar o visto de trabalho.

Precisa de visto para trabalhar em Barcelona?

Sim. Se você não tem cidadania europeia, vai precisar solicitar o visto adequado para trabalhar em Barcelona.

Existem vários tipos de vistos de trabalho na Espanha. Os principais são:

  • Visto de residência e trabalho por contrato de trabalho – para quem tem uma vaga garantida e irá ser assalariado;
  • Visto de empreendedor – para aqueles que desejam investir na Espanha ou abrir uma empresa no país e, assim, empreender e ser trabalhador autônomo;
  • Visto para trabalhadores altamente qualificados;
  • Visto de reagrupamento familiar – uma pessoa que obtém uma autorização de residência para morar na Espanha tem direito a reagrupar os familiares próximos ou que estão sob sua responsabilidade.

O visto de trabalho na Espanha deve ser solicitado 30 dias antes da data da sua viagem na Embaixada ou nos Consulados da Espanha no Brasil.

4 dicas para conseguir emprego em Barcelona

Barcelona é uma cidade que acolhe muitos estrangeiros e possui boas oportunidades, entretanto, é preciso estar preparado para conseguir um trabalho.

Preparamos algumas dicas para você se sair bem e conseguir uma vaga de emprego. Confira a seguir!

1. Currículo e carta de apresentação

O currículo é um resumo das suas principais experiências profissionais e uma das ferramentas mais importantes para quem quer trabalhar em Barcelona. Por isso, tenha atenção redobrada ao preparar o seu CV. Pensar no formato que é apresentado para uma vaga de emprego pode ser decisivo na hora de chamar a atenção do recrutador de uma empresa.

Escreva uma versão de apenas uma página em espanhol e outra versão em inglês já que há muitas multinacionais na cidade que podem lhe interessar. Evite erros de ortografia e gramática, além disso, destaque as suas principais habilidades.

trabalhar em Barcelona escritório

Aqui em Barcelona muitas empresas também solicitam uma carta de motivação. Neste caso, ela deve ser personalizada, ou seja, direcionada para um emprego específico. Demonstre que você tem interesse, conhece a empresa contratante e explique os motivos pelos quais quer a vaga.

O ideal é fazer um texto curto e simples indicando que as suas competências estão alinhadas com os projetos e objetivos da empresa e que você está entusiasmado em trabalhar com eles.

2. Prepare-se para as entrevistas

Somente o currículo e boas qualificações não são suficientes para ser contratado por uma empresa! A hora de causar boa impressão é durante a entrevista de emprego com o recrutador. Essa é a oportunidade única para você “se vender” e mostrar o profissional que é.

Sabemos que as entrevistas de emprego nunca são fáceis, especialmente quando feitas em outro idioma. Por isso, o primeiro passo para quem busca trabalho em Barcelona é se preparar bem para responder às perguntas em espanhol ou em inglês.

Além disso, o profissional deve buscar informações sobre a vaga. É importante falar com naturalidade, ser educado e mostrar que você sabe se relacionar. Preparação é a chave para ter sucesso em uma entrevista de emprego.

3. Estude espanhol

Para aumentar as chances de trabalhar em Barcelona e não depender de empregos que exijam apenas o domínio do português (o que é raro!) ou do inglês, é muito importante estudar espanhol. Mesmo que você tenha a oportunidade de ser contratado por uma multinacional e a língua inglesa seja a língua oficial da empresa, quem fala espanhol sempre vai estar um passo à frente dos demais.

4. Esteja com a documentação em dia

Para você trabalhar em Barcelona é preciso:

  • Ter passaporte válido;
  • Não possuir restrição em relação à entrada na União Europeia;
  • Não ter antecedentes criminais onde tenha vivido;
  • Não estar irregular em território espanhol.

Vale a pena trabalhar em Barcelona?

A Espanha, aos poucos, se consolidou como um lugar com bons índices de desenvolvimento, por isso, muitos imigrantes decidem fazer as malas para começar uma nova vida no país. Ter a garantia de um emprego é o fator mais determinante para a mudança, no entanto, essa é uma escolha muito individual. Envolve os objetivos e as circunstâncias da vida de cada um, entre outros fatores.

Não é nenhuma novidade que o salário mínimo na Espanha não está entre os melhores da Europa e também que alugar um apartamento na capital da Catalunha é caro. Então é preciso avaliar as vantagens e desvantagens de trabalhar em Barcelona, pesquisar bastante o mercado e os empregos disponíveis na sua área, o custo de vida, a cultura local, os tipos de vistos e muito mais. Isso vai ser fundamental para que seus planos não acabem se tornando uma frustração.

Como o planejamento é a chave para que tudo corra bem nós recomendamos a leitura do nosso ebook Como Morar na Espanha. Nele você encontrará todos os passos para organizar a sua mudança e se instalar no país. O guia tem mais de 200 páginas e foi escrito por brasileiros que vivem na Espanha e sabem exatamente o que você precisa para que esse processo seja bem-sucedido.