Muitas pessoas sonham em morar e trabalhar na Europa por conta dos salários atrativos e da excelente qualidade de vida. Mas antes de planejar a sua mudança, é importante entender como é calculado o salário mínimo na Europa. De forma simples, esse valor varia de acordo com o país e em alguns lugares muda conforme a atividade ou idade do trabalhador.
Acompanhe o artigo abaixo para entender como funcionam os salários mínimos na Europa. Vamos lá?

Existe salário mínimo na Europa?

Para quem ainda não sabe, o salário mínimo é o salário mais baixo que os empregadores são legalmente obrigados a pagar aos seus empregados. Mas será que o salário mínimo na Europa funciona da mesma forma como temos no Brasil?
Portanto, para esclarecer, é importante dizer que não existe um único salário mínimo para a Europa, apesar de esse ser um debate que já dura algum tempo e mantém opiniões divididas no continente.
Para se ter ideia, em outubro de 2020 a Comissão Europeia apresentou uma proposta de diretiva que será tratada pelo Conselho Europeu e pelo Parlamento da UE. Essa proposta visa garantir padrões de vida para todos os assalariados nos países da UE.
Isso porque, ela irá reduzir as disparidades salariais e deve proteger os empregadores responsáveis ​​da concorrência desleal. No entanto, essa proposta ainda está em discussão.

Qual é o salário mínimo na Europa em 2021?

O salário mínimo na Europa em 2021 varia de acordo com o país, sendo que apenas 21 países da União Europeia possuem uma política trabalhista que impõe o salário mínimo em empresas públicas e privadas.
O valor do salário mínimo nacional básico pode ser fixado em uma taxa horária, semanal ou mensal e é imposto por lei, muitas vezes após consulta aos parceiros sociais ou diretamente por acordo intersetorial nacional, como é o caso da Bélgica e da Grécia.
Além disso, o salário mínimo geralmente se aplica a todos os funcionários ou pelo menos a uma grande maioria dos empregos. Alguns países têm exceções para, por exemplo, trabalhadores mais jovens, aprendizes ou trabalhadores com deficiência, como é o caso do Reino Unido.

Qual o maior salário mínimo na Europa?

Mesmo com diferentes valores, a média dos salários mínimos na Europa é de 1.007€. O país com o salário mínimo mais elevado na Europa, é Luxemburgo, em 2021 o salário mínimo no país é de 2.201€, enquanto a Bulgária conta com o mais baixo.
Genebra, na Suíça, é a cidade com o maior salário mínimo europeu, que é de 23 francos suíços por hora, o que equivale a 21,27€ por hora.
Salário mínimo nos países da Europa

Lista de salário mínimo na Europa por país

Como já mencionamos anteriormente, o salário mínimo está instituído em apenas 21 dos 27 países da União Europeia, sendo que os valores praticados são bem diferentes e podem variar muito. Segundo o site Minimum wage, os salários mínimos em 2021 de cada país europeu são:

  • Alemanha: 9,50€/hora;
  • Bélgica: 1,594€/mês (varia de acordo com as regiões e nível de especialidade);
  • Bulgária: BGN 650/mês (cerca de 332€);
  • Croácia: 560€/mês;
  • Espanha: 950€/mês;
  • Eslovênia: 1.024€/mês;
  • Eslováquia: 623€/mês;
  • Estônia: 584€/mês;
  • França: 1.554,58€/mês;
  • Grécia: 650*€/mês;
  • Holanda: 1.684,80€/mês;
  • Hungria: 487,1 €/mês;
  • Irlanda: 10,20 €/hora;
  • Letônia: 500€/mês;
  • Lituânia: 642€/mês;
  • Luxemburgo: 2.201,00€/mês;
  • Malta: 784,08€/mês;
  • Polônia: 625€/mês;
  • Portugal: 665€/mês;
  • Reino Unido: 9,87€/hora ;
  • República Tcheca: de 586,96€ a 1.173,90€/mês (varia de acordo com o tipo de trabalho);
  • Romênia: RON 2.300,00 (cerca de 472,40€/mês).

*O salário mínimo na Grécia continua o mesmo de 2020. No entanto, em março o governo anunciará um possível aumento.

Salário mínimo em Portugal

O Governo português aumentou o salário mínimo em Portugal em 2021 para 665€ mensais. No entanto, no país, o salário é calculado com base em 14 pagamentos anuais ao invés de 12. Sendo assim, se considerar os 14 salários de 665€, o valor médio mensal tem um ligeiro aumento, alcançando os 775,80€ mensais.
Em Portugal, todos os trabalhadores de tempo integral, trabalhadores agrícolas e domésticos com mais de 18 anos têm direito ao salário mínimo português. Os empregadores podem descontar o salário em 20% para os aprendizes.
Ainda, de acordo com informações de um meio de comunicação português, a meta definida pelo governo é de aumentar o salário mínimo para 750€ até 2023.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Salário mínimo no Reino Unido e Irlanda é por hora

Diferente de muitos países, o salário mínimo no Reino Unido e na Irlanda é pago por hora. Essa regra se aplica a todos os trabalhadores, mesmo que não sejam pagos por hora. Ou seja, independente de como alguém é pago, ele ainda precisa calcular seu salário com base nas horas trabalhadas para saber se está recebendo o salário mínimo.
O governo do Reino Unido estabelece o valor mínimo que o trabalhador deve receber em média pelas horas de trabalho. Além disso, o valor mínimo é estabelecido de acordo com a idade do trabalhador. A partir de abril de 2021 os valores são:

  • Trabalhadores com idades iguais ou superiores a 23 anos: £8,91 por hora (cerca de 9,87€);
  • Entre 21 e 22 anos: £8,36 por hora (cerca de 9,50€);
  • Entre 18 e 20 anos: £6,56 por hora (cerca de 7,45€);
  • Menores de 18 anos: £4,62 por hora (cerca de 5,25€);
  • Salário de aprendiz: £4,30 por hora (cerca de 4,89€).

Salário mínimo na Irlanda

Já na Irlanda, a taxa do salário mínimo nacional se aplica a todos os funcionários, incluindo empregados em tempo integral, meio período, temporários e ocasionais. Além disso, um trabalhador adulto experiente é um empregado com mais de 18 anos que tem um emprego de qualquer tipo há mais de dois anos. Dessa forma, os valores pagos são:

  • Salário mínimo nacional (idade igual ou superior a 20 anos): 10,20€/hora;
  • Menores de 18 anos: 7,14€ /hora;
  • 18 anos: 8,16€/hora;
  • 19 anos: 9,18€ /hora.

Salário mínimo na Suíça

As decisões sobre salários na Suíça geralmente dependem dos empregadores. Dessa forma, existem acordos coletivos de trabalho regem os salários em alguns setores.
No entanto, no final de 2020, a população da cidade de Genebra, na Suíça, aprovou em um referendo a criação de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora, o que equivale a 4.086 francos mensais em uma jornada semanal de 41 horas, ou aproximadamente R$ 25 mil por mês.

Salário na Itália

Na Itália não existe um salário mínimo nacional por lei. No entanto, alguns setores da economia têm salários mínimos determinados pelos sindicatos que são definidos por meio de acordos coletivos de trabalho. Esses acordos abrangem cerca de metade dos empregados no país.
De acordo com a Constituição italiana, os salários devem ser proporcionais à qualidade e quantidade do trabalho realizado e também altos o suficiente para proporcionar uma subsistência mínima para o trabalhador e sua família.
Por outro lado, estão em curso negociações para a implementação de um salário mínimo oficial para todas as categorias na Itália. Entretanto, ainda não foi alcançado consenso sobre o assunto.

Poder de compra na Europa

Se em um primeiro momento os altos salários podem parecer atrativos, é preciso lembrar qual é o poder de compra na Europa desse salário e quanto dele será abatido por impostos e qual o custo de vida do país. De forma simples, podemos dizer que o poder de compra é o quanto você consegue comprar de bens materiais com determinada moeda.
Por exemplo, apesar de o salário ser bem mais baixo, o custo de vida em Portugal é muito menor que na Inglaterra. Ou seja, salários altos na Europa não significam, necessariamente, maior poder de compra.

Países da Europa com a melhor paridade

Os países europeus com a melhor paridade são:

  • Luxemburgo;
  • Alemanha;
  • Bélgica;
  • França;
  • Irlanda.

Países com a pior paridade

Já os países com a pior paridade são:

  • Bulgária;
  • Letônia;
  • Romênia;
  • Lituânia;
  • Croácia.

Quais países da Europa não têm salário mínimo?

Alguns países europeus não possuem um valor fixo de salário mínimo nacional. São eles:

  • Itália;
  • Chipre;
  • Áustria;
  • Islândia;
  • Finlândia;
  • Dinamarca;
  • Suécia.

Alguns desses países não possuem salário mínimo, mas possuem acordos coletivos que protegem os trabalhadores. Já os países nórdicos, apesar da ausência de salário mínimo definido por lei, oferecem altos salários para os trabalhadores.

Comparação com o salário no Brasil

No Brasil, o salário mínimo em 2021 é de R$1.102 mensais (cerca de 170€ mensais). Convertido em euros para permitir análise, o país entraria em último lugar na tabela de salários europeus. É importante lembrar, no entanto, que o custo de vida no Brasil é mais baixo que na Europa.
Entretanto, no Brasil o histórico de crescimento do salário mínimo costuma ser menor do que na Europa. Entre 2010 e 2019, por exemplo, a taxa de expansão anual na década foi de 3,5% na Europa. Já no Brasil esse aumento foi de apenas 1,9%. Ou seja, ainda que o custo de vida seja menor, o crescimento do salário mínimo brasileiro continua sendo menor que o europeu.
Assim, antes de se mudar para trabalhar no continente, é preciso pesquisar qual o valor do salário no país desejado em relação ao custo de vida. Mesmo que o salário mínimo na Europa seja atrativo em comparação ao Brasil, os gastos também podem ser relativamente altos.
Portanto, o ideal é pesquisar bastante antes de viajar e se informar de todos os detalhes do país onde pretende viver.
Ficou com vontade de viver na Europa? Então você vai gostar de ler o nosso Ebook Sonho de Viver na Europa! Vários brasileiros deram depoimento contando o melhor (e o pior!) de ser um imigrante brasileiro no continente europeu, como foi o seu planejamento, sua vida na Europa, etc. Vale a pena conhecer!