Transferir dinheiro para Inglaterra: veja as melhores formas

Enviar dinheiro para o exterior  / 

Transferir dinheiro para Inglaterra ou para outro lugar do mundo se tornou ainda mais simples hoje em dia graças às plataformas digitais. E neste artigo você verá as principais formas possíveis de transferência, a melhor maneira de fazer a transação internacional, além de dicas para economizar e outras informações. Vamos lá?

Principais formas de transferir dinheiro para Inglaterra

Com o avanço tecnológico, atualmente temos várias opções para transferir dinheiro para Inglaterra. Confira as principais.

Enviar dinheiro para Inglaterra com a Remessa Online

Criada em 2016, a Remessa Online é uma instituição intermediária, independente e credenciada pelo Banco Central do Brasil (BACEN) para transferir dinheiro para Inglaterra e outras regiões.

Taxas

Há muitas vantagens da Remessa Online, entre elas, as baixas taxas cobradas (custo fixo de 1,3% por transferência e uma tarifa bancária R$ 5,90 de para transferências de até R$ 2.500. A tarifa bancária é gratuita para valores maiores que R$ 2.500. O IOF da operação depende para quem o valor é enviado, podendo ser de 0,38% ou de 1,1%) e a rapidez no envio e no recebimento do dinheiro (o dinheiro cai na conta de destino em até 1 dia útil).

Como fazer

É bem simples transferir dinheiro para Inglaterra com a Remessa Online. Acesse o site do Remessa Online e realize o seu cadastro, clicando em “Cadastrar”. Caso já seja cadastro, clique em “Acessar”. Informe seus dados pessoais, contatos, comprovante de endereço e de sua identidade por meio de foto, clique em “Fazer Remessa” e “Enviar dinheiro”.

Em seguida, insira os dados do destinatário do dinheiro, o valor da remessa, o país destino, o código SWIFT e o IBAN do beneficiário (número da conta holandesa). Efetue o pagamento via TED e pronto!

TransferWise

A TransferWise também é uma forma segura e simples para transferir dinheiro para Inglaterra, autorizada pela Financial Conduct Authority (FCA), no Reino Unido, e criada em 2011, em Londres.

Taxas

As taxas da TransferWise também são baixas (2,52% do valor enviado em cada transferência, já incluindo o IOF obrigatório) e o cliente tem a possibilidade de fazer o pagamento por boleto bancário.

Como fazer

Para transferir dinheiro para Inglaterra pela TransferWise, você deve criar uma conta no site da TransferWise. Em seguida, escolha a moeda que quer transferir, defina os valores e adicione os seus dados e os dados de transferência. Depois, basta confirmá-los. Será gerado um boleto bancário, que pode ser pago no seu bankline. O dinheiro demora até 2 dias úteis após a confirmação do pagamento para chegar ao destino.

Remessa Online ou TransferWise? Descubra qual plataforma escolher de acordo com suas necessidades.

Transferir dinheiro para Inglaterra com a Western Union

A Western Union é outra possibilidade de facilitar a vida de quem precisa transferir dinheiro para Inglaterra. Fundada em 1851 e com sede nos Estados Unidos, a empresa está presente em todo o mundo, atuando em mais de 200 países e territórios.

Taxas

As taxas da Western Union não são tão atraentes quanto as das plataformas Remessa Online e TransferWise, mas geralmente são menores do que as oferecidas pelos bancos. Elas dependem do país de destino e do montante enviado. Por isso, recomendamos que faça aqui uma simulação na Western Union para saber quanto vai pagar. Os valores iniciam em R$10 por transferência saindo do Brasil e as taxas ficam por volta de 3%, além do IOF.

Devemos destacar que a cotação do câmbio e o valor a receber serão determinados na hora do pagamento. Além disso, o IOF poderá ser aplicado na hora do pagamento e o valor também poderá ser menor do que apresentado na simulação, como informa o próprio site da Western Union.

Como fazer

Para transferir dinheiro para Inglaterra com a Western Union, você precisa informar o nome completo do destinatário, o CPF, o endereço e a conta internacional (IBAN e SWIFT). A transação deve ser feita com o seu gerente do banco, site ou por meio do aplicativo do banco. O dinheiro chega ao destino em poucos minutos.

PayPal

Apesar de o envio de dinheiro para o exterior não ser a especialidade do PayPal, a plataforma realiza esse serviço. Criado em 1998 com sede na Califórnia (EUA), o PayPal é uma empresa bancária de propriedade da eBay, que ajuda os usuários a enviarem valores para pessoas físicas (cidadão comum) ou jurídicas (empresas), de forma online.

Tanto o remetente quanto o beneficiário devem ter conta do PayPal, para que a transferência do dinheiro seja concluída.

O beneficiário do dinheiro deve pagar uma tarifa fixa, independentemente da forma de envio e este valor só é confirmado após a transação ser efetuada, além do IOF. Para saber mais detalhes de como enviar dinheiro pelo Paypal leia nosso artigo sobre o tema.

Transferir dinheiro para Inglaterra pelos Correios

Os Correios também oferecem o serviço para quem quer transferir dinheiro para Inglaterra ou outros lugares. É uma maneira prática, porém cara. O custo do vale postal eletrônico internacional é de R$ 35,00 + 1,5% sobre o valor da remessa enviada.

Saiba como enviar dinheiro pelo Correio e veja todos os detalhes no site dos Correios.

Banco

Muitas pessoas optam por transferir dinheiro para Inglaterra pelo banco, principalmente por conta dos fatores comodidade e segurança (muitos ainda não confiam nas plataformas online).

Taxas

Com o banco, é possível realizar operações em uma agência física, por telefone, pela internet, de acordo com a sua conta. Mas os custos são elevados e variam conforme o banco. Para enviar dinheiro para o exterior pelo Banco do Brasil, por exemplo, é cobrada uma taxa de câmbio definida pelo banco (mais os lucros), IOF (0,38% ou 1,1%, dependendo do destinatário), uma taxa de envio (2% da operação – valor mínimo de R$ 110) mais a taxa da transferência SWIFT.

Como fazer

Para enviar dinheiro para o exterior pelo banco, você e o beneficiário devem ter conta em banco, não necessariamente na mesma instituição, você deve possuir o código SWIFT, que é a identificação do banco do beneficiário, os dados pessoais (nome completo e endereço do beneficiário) e o número IBAN do destinatário, um código internacional para esse tipo de operação.

Qual é a melhor maneira de transferir dinheiro para Inglaterra?

A melhor maneira de transferir dinheiro para Inglaterra é por meio das plataformas digitais.

Isso porque elas oferecem melhores taxas no envio do dinheiro, prazos menores, além de outros benefícios para os clientes.

Veja os melhores métodos de como enviar dinheiro online.

Quais são as melhores plataformas para transferir dinheiro para Inglaterra?

Apresentamos os principais e mais usados métodos para transferir dinheiro para Inglaterra e suas principais características.

Agora, quando falamos das melhores plataformas, devemos citar a Remessa Online, a TransferWise e a Western Union, que oferecem boas taxas para os clientes, prazos menores do que os bancos e de outras formas de envio de dinheiro para o exterior, além de outras facilidades.

Remessa Online facilita pagamento de cursos no exterior: saiba tudo.

É mesmo mais barato?

Sim, bem mais. Para ficar mais claro, veja uma tabela comparativa com os custos de algumas das principais formas de transferir dinheiro para Inglaterra. Obs.: simulação para enviar R$ 1.000 para a Inglaterra em novembro de 2019.

Valor cobrado Valor recebido
Remessa Online • Custo fixo de 1,3% por transferência
• Tarifa bancária de R$ 5,90 para transferências de até R$ 2.500 e gratuita para valores maiores que R$ 2.500
• IOF (de 0,38% ou de 1,1%)
£189,51
TransferWise • 2,52% do valor enviado em cada transferência, já incluindo o IOF obrigatório £187,57
Banco • Depende do banco. Geralmente são 8x maiores do que as taxas cobradas pelas plataformas online £106,33, fazendo o envio pelo Banco do Brasil
Correio • R$ 35,00 + 1,5% sobre o valor da remessa enviada De acordo com a cotação do momento, pessoalmente nos Correios, com taxa de R$ 50.

É mais caro transferir dinheiro para Inglaterra do que para outros países europeus?

Sim, por conta do valor da libra esterlina (moeda do Reino Unido) ser mais alto do que o valor do euro (moeda da maioria dos países da Europa). A tarifa bancária e o IOF são os mesmos cobrados para os países europeus. No entanto, os custos da operação são proporcionais à moeda (descontados em percentual de acordo com o valor a ser enviado).

Além disso, enquanto o valor do câmbio comercial do euro fica por volta de R$ 4,44 em novembro; a libra esterlina já passa dos R$ 5,16, o que acaba encarecendo a operação.

Brexit

Ao longo dos anos, a união do Reino Unido com a União Europeia sofreu críticas, incluindo crises imigratórias e problemas econômicos de países considerados menos influentes.
Transferir dinheiro para Inglaterra Brexit
Em fevereiro de 2016, o então Primeiro Ministro David Cameron anunciou que junho do mesmo ano seria realizado um segundo plebiscito para verificar novamente a vontade da maioria da população britânica: ficar ou sair da União Europeia. Mais da metade dos eleitores britânicos votaram pela saída do bloco econômico.

A partir daí, foi originado o movimento do Brexit, uma junção das palavras “Britain” (Reino Unido) e “exit” (saída).

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se desculpou por não ter concluído a saída do Reino Unido da União Europeia em 31 de outubro de 2019. Ele deu declaração na véspera do início da campanha para as eleições legislativas, marcadas para 12 de dezembro.

De acordo com um porta-voz do premiê Boris Johnson, em 4 de novembro de 2019, o governo do Reino Unido não vai prorrogar o período de transição que segue o acordo do Brexit. Segundo ele, o governo deve continuar a se preparar para todas as possibilidades, incluindo o país sair da União Europeia em 31 de janeiro sem um acordo.

Como transferir grandes valores para Inglaterra e impostos relacionados

Se você vai viajar para Inglaterra a turismo ou para morar e precisa transferir grandes valores, a melhor maneira é realizar o cadastro completo na Remessa Online. De acordo a informação presente no site em novembro de 2019, o limite para o cadastro simples diário é de R$ 37.500 e anual de R$ 75 mil para clientes que se cadastraram a partir de outubro de 2019. Clientes com cadastro anterior a setembro de 2019 possuem limite anual de R$ 65 mil, como antes.

Com o cadastro completo, seu limite passa a ser de acordo com o total de bens e direitos declarados no seu Imposto de Renda, sendo equivalente a 100% dos bens líquidos declarados ou 40% do patrimônio total.

Para realizar o cadastro completo, você deve fornecer os seguintes documentos:

  • Documento de identidade (RG ou CNH), emitido nos últimos 10 anos;
  • Comprovante de residência legível, emitido nos últimos 90 dias;
  • Declaração e recibo de entrega de Imposto de Renda atualizado;
  • Ficha cadastral assinada.

Acesse a aba “limite” em seu dashboard e solicite “aumentar limite”. O prazo previsto para aprovação do seu cadastro completo é de 2 dias úteis.

Os impostos cobrados são o IOF (de 0,38% se for para outras contas e de 1,1% se for para você mesmo), a taxa de câmbio comercial, no caso da Remessa Online, e a tarifa de envio SWIFT.

Dicas para economizar ao transferir dinheiro para Inglaterra

  • Escolha as plataformas online para pagar menos tarifa ao transferir dinheiro para Inglaterra e para outros países;
  • Acompanhe diariamente a cotação da libra esterlina e as notícias sobre o Brexit, para escolher o melhor momento para enviar dinheiro;
  • Negocie as taxas, principalmente quando a quantia a ser enviada é alta, pois é possível conseguir bons descontos;
  • Evite o mercado paralelo, pois, além de ilegal, você pode perder muito dinheiro. Utilize formas de envio de dinheiro autorizadas pelo Banco Central do Brasil (BACEN) a operar.

Descubra quanto custa transferir dinheiro para o exterior.

COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.