Portugal

Como foi a minha adaptação a Portugal: os prós e contras

Quando pensamos em nos aventurar pelo mundo, vemos apenas o lado colorido da coisa: a oportunidade de vivenciar outra cultura, conhecer novos lugares, facilidade de viajar, trabalhar no que gosta e ganhar em uma moeda mais valorizada. Perfeito, não é? Mas nos esquecemos que tudo tem seu lado bom e seu lado ruim! Por isso, te vou contar como foi a minha adaptação a Portugal.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança na TransferWise, que funciona em toda a Europa.


A TransferWise não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa.

ABRIR CONTA »

Adaptação a Portugal: a mudança de país

O primeiro pensamento foi: viver na Europa? Bora! Mesmo antes de uma profunda pesquisa sobre Portugal e especificamente sobre morar no Porto, na minha cabeça (e na cabeça do meu marido) mudar seria bom para nós.

A adaptação a Portugal aconteceria com o tempo. A incógnita que pairava era quanto tempo seria necessário para nos adaptarmos a uma nova realidade?

Adaptação a Portugal: diferença cultural entre Brasil e Portugal

1. A língua não é a mesma

Quando você pensa em se mudar para o país que colonizou o seu, o último dos problemas que você pensa que terá é a barreira linguística. Mas minha primeira impressão foi: Socorro! Sofri o choque da língua.

Por mais que falemos a mesma língua, a semântica das palavras e principalmente o sotaque dificulta o entendimento, de primeira. Confira algumas diferenças entre português do Brasil e de Portugal.

A adaptação à Língua foi difícil, mas rápida

Nem quando preciso falar inglês eu travo tanto quanto na minha primeira semana em Portugal. Mas foi um susto que logo passou e na terceira semana eu já estava mais confortável. Também tive algumas “aulas” com brasileiros que já moravam no Porto.

2. Adaptação a Portugal: as particularidades da cultura

Por mais parecidas que sejam as culturas brasileiras e portuguesas, muitas coisas serão novidade. O jeito de levar a vida, a educação (e a falta dela, em alguns casos) é fora do comum!

Adaptação a Portugal e à cultura na cidade do Porto

3. Estilo de vida português

O estilo de vida dos portugueses foi algo que chocou. Por menor que fosse minha cidade no Brasil, as pessoas de lá já estão habituadas à correria, trânsito, falta de tempo.

Aqui no Porto tive que aprender a desacelerar e levar a vida mais leve, como se leva por aqui. Sem trânsito, sem carro, sem pressa de almoçar e correr para resolver minhas coisas. Até porque, algumas coisas fecham no almoço, como na Espanha.

O português anda sempre arrumado

Outra diferença é que o português anda bastante arrumado. Quando cheguei aqui me deparei com pessoas bem arrumadas até para ir à padaria. Foi estranho, pois estava acostumada a andar e ver o pessoal de chinelos até no trabalho!

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com toda segurança.

VER COTAÇÃO »

4. O clima em Portugal

Cheguei em pleno verão. Fazia quase 40 graus. No primeiro momento eu me arrependi de mudar. Morava em uma cidade conhecida pelo seu calor absurdo. Se tinha uma coisa que eu não queria era passar calor. Mas, por mais quente que seja, a cidade respira o verão.

O verão na cidade do Porto é o máximo

Os restaurante e bares estendem o horário de atendimento, o transporte público funciona até de madrugada para atender um mundo de gente que procura o país para curtir um verão acolhedor.

O sol se põe tão tarde que você se esquece que tem que dormir. Além de diversas atividades que a cidade proporciona. O verão é realmente charmoso.

Mas quando o inverno chegou… aí doeu

A adaptação a Portugal real mesmo, aconteceu quando o frio bateu. O outono chegou, chegaram também as chuvas frias, e em seguida o inverno.

A adaptação ao clima em Portugal é difícil. Sentir um clima que você nunca sentiu na vida é realmente assustador. Foi então que começou a pesquisa pelo casaco perfeito, o aquecedor mais potente (e mais econômico)!

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Mas, por mais que esteja 5 graus na rua, mente e corpo acabam, também, se adaptando à nova realidade.

Adaptação a Portugal e ao clima

Como foi a adaptação a Portugal?

A adaptação a Portugal aconteceu mais rápida do que eu imaginei. O fato de ser tão parecida com a nossa cultura em muitas coisas também ajuda.

Saudade do Brasil

A coisa mais difícil é adaptar a saudade dos meus familiares e amigos. E o fuso horário não ajuda muito. Quando a diferença entre lá e cá são de 4 horas, como no verão, é muito mais difícil entrar em contato com o Brasil.

Facilidade da era tecnológica

Por mais sofrido que seja sentir saudades, a tecnologia é de grande ajuda! Hoje em dia podemos amenizar a saudade conversando por mensagem de texto, por áudio e vídeo. Nos primeiros 2 a 3 meses a proximidade com os familiares ajudam e muito na adaptação a Portugal.

Dicas para tornar a adaptação a Portugal mais fácil (ou em qualquer país)

Conheça o máximo da sua nova cidade/país

Aproveite o final de semana e tempos livres e saia para passear! Nada mais gostoso do que conhecer seu novo lugar no mundo. Peça dicas para os colegas nativos. Com certeza te darão dicas de ouro que turistas raramente têm a chance de saber.

Se deixe levar pela nova cultura

Não imponha a sua cultura em outro país, por mais difícil que seja. Não se apegue com produtos que vendem no Brasil, o jeito que você fazia no Brasil, etc.

Você saiu de lá por livre e espontânea vontade. Vale mais a pena se doar para o novo. Portanto, se infiltre e aprenda tudo que lhe for ensinado. Esteja de coração aberto para isto. O mais legal da mudança de país é a oportunidade de aprender e vivenciar o novo.

Será que existe uma hora certa para sair do Brasil? Confira agora.

Aceita que dói menos

Às vezes vai dar um leve desespero e vontade de desistir. Principalmente domingo à tarde, quando você gostaria de estar comendo uma macarronada na casa da mãe/avó/tia. Tenha em mente seus objetivos, sua conquista e tudo dará certo.

Você foi buscar algo melhor, algo que você lutou para conseguir. Portanto, vale jogar tudo fora?

Quem converte não se diverte

Não converta seus gastos em euro para o real. Fiz muito disso quando cheguei e acredite em mim: você vai acabar enlouquecendo. Para saber se você está gastando muito ou não mais vale pesquisar o custo de vida do local para se ter uma ideia se você está na média. Confira o custo de vida em Portugal e o nosso guia de como trabalhar em Portugal.

Também pode ser útil ver a lista dos melhores sites de emprego em Portugal para começar as buscas e saber se tem vagas na sua área.Pensando nos brasileiros que buscam essa mudança de vida, confira o nosso Ebook Como Morar em Portugal, vale a pena!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas.
Compartilhe

Carolina Carriel

Carolina é publicitária, apaixonada por comunicação e fotografia. Saiu de Sorocaba para desbravar o mundo. Morou no Porto, Portugal, e hoje mora em Bruxelas, Bélgica.

Artigos Relacionados

Fechar