Inverno na Europa: tudo o que precisa saber sobre o frio

Nós brasileiros não estamos acostumados com o inverno na Europa, pois ele é bem mais frio, rigoroso e nos meses diferentes do Brasil. Você já sabe tudo sobre o inverno na Europa? Os países que nevam, os que fazem mais e menos frio, os que conseguimos esquiar? Não? Então veja aqui tudo sobre o inverno na Europa e prepare a sua viagem!

Quando é o inverno na Europa?

As estações do ano na Europa são nos períodos opostos do Brasil, assim o inverno é nos meses em que é verão no Brasil, ou seja, de 21 de dezembro a 20 de março, com pequenas variações nas datas de início e fim.

Como é o inverno na Europa?

O inverno na Europa é bem marcado. O que eu quero dizer com isso? É que normalmente sabemos bem que é inverno. Sentimos a mudança de temperatura, tiramos as roupas de frio e os cobertores do armário, começamos a ligar o aquecedor em casa.

Qual é a temperatura no inverno na Europa?

A temperatura no inverno na Europa é bem mais baixa do que estamos acostumados no Brasil, e varia de acordo com o país e com as cidades (claro).

No norte europeu as temperaturas são mais baixas e no sul tendem a ser um pouco mais amenas. Porém, tem havido uma alteração muito grande das temperaturas e tem sido difícil dizer exatamente quantos graus faz no inverno em cada lugar.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Países com o inverno mais rigoroso

Em alguns países europeus o inverno é muito mais rigoroso, é preciso usar roupas especiais e é impossível ficar em casa sem o sistema de aquecimento ligado. Entre os países europeus nos quais o inverno é mais intenso, estão:

Finlândia

Durante o inverno a temperatura pode chegar a -30ºC. Assim como seus “vizinhos” Noruega e Suécia, que também podem ter temperatura tão baixas durante o inverno europeu.

Rússia

Apesar de sempre ter a discussão de fazer ou não parte da Europa, parte do seu território faz, por isso a Rússia entra aqui como país com o inverno mais rigoroso na Europa. No inverno a temperatura vai abaixo de 40ºC. Consegue imaginar o que é isso?

Islândia

Com temperaturas de aproximadamente -10ºC, o que mais incomoda no inverno islandês é a sensação térmica, até porque tem muito pouco sol.

frio e neve na Islândia

Estônia

O inverno na Estônia é bem rigoroso, principalmente no interior do país, onde as temperaturas podem alcançar os -40ºC. Isso contribui para que a neve deixe a paisagem mais bonita e para que os turistas se encantem ainda mais com o país.

Países com o inverno mais ameno

Nem toda a Europa sofre cm invernos intensos e rigorosos, nos países do sul, principalmente, as temperaturas são mais amenas e o frio é suportável.

Portugal

Em Portugal no inverno venta bastante e chove, mas a temperatura é mais amena quando comparada aos outros países durante o inverno na Europa. Faz uma média de 8ºC. Se você for para as cidades que nevam, mais perto da Serra da Estrela, vai pegar temperaturas mais baixas.

Espanha

Apesar de também ter regiões com neve, a maior parte do território espanhol conta com temperaturas mais amenas durante o inverno europeu. Durante o inverno na Espanha as médias giram em torno dos 10ºC, bem suportável.

Itália

Se comparado aos outros países durante o inverno na Europa, o clima na Itália até que tem um inverno mais ameno, principalmente mais ao sul do país. A temperatura varia de 2 a 14ºC. Confira o relato completo de como são as estações do ano na Itália aqui.

Média de temperatura do inverno na Europa

Mas nem só de extremos vive o inverno europeu. Existem ainda os países intermediários, nem tão frios, mas também não tão amenos.

Alemanha

Na Alemanha, o norte tem média de 12ºC; Centro e Sul do país média de 5ºC e Leste do país temperaturas abaixo de 0 graus.

França

Na França, o Norte e o Leste têm temperaturas próximas ou abaixo de zero. Nas outras regiões durante o inverno na França a temperatura é mais amena, porém bem fria, por volta dos 10ºC.

Áustria

Na Áustria, as temperaturas variam de acordo com a região. Podem ir de 2ºC a -15ºC durante o inverno na Europa.

Polônia

Na Polônia, as temperaturas variam entre 3ºC e -8ºC, o mês mais frio do ano é janeiro.

Grécia

Na parte da costa o inverno é mais ameno, e no interior a temperatura é mais baixa. A variação de temperatura é aproximadamente entre 6ºC e 8ºC, e muita gente não sabe, mas neva na Grécia, e tem muitas pistas boas de esqui, ou seja, é um bom destino para passar o inverno na Europa.

Holanda

Na Holanda, o inverno possui temperaturas muito variáveis, porém em média variam entre zero e 3ºC.

inverno nos Países Baixos

Bélgica

Durante o inverno da Bélgica, a temperatura pode chegar abaixo de zero, mas normalmente varia entre zero e 3ºC.

Dinamarca

O inverno na Dinamarca é bem frio, com temperaturas variando entre 1ºC e -2ºC.
Saiba tudo sobre a Dinamarca clicando neste artigo.

Suíça

Nos meses mais frios de inverno na Suíça, as temperaturas variam entre -2ºC e 7ºC.

Em quais países neva na Europa?

Esse é um tópico complicado. O clima tem mudado muito e tem nevado até durante a primavera (acreditem!). Atualmente tem nevado em praticamente todos os países europeus.

Mas se você quer viajar para a Europa no inverno e garantir que vai ver a neve, o melhor é ir para os países mais ao norte, como Noruega, Suécia, Finlândia, Islândia e Dinamarca. Mas nos outros países, como França, Inglaterra, Portugal, Espanha, Itália, Irlanda, Alemanha, Polônia, Áustria, Holanda, Romênia e Ucrânia também neva.

5 melhores destinos para esquiar na Europa

O inverno na Europa e a neve combinam combinam com equiar! por isso, separamos alguns destinos que não imperdíveis para quem quer aproveitar o esporte no continente.

1. Zermatt, Suíça

Com mais de 350 quilômetros de pistas de esqui assinaladas, essa cidade tem a estação de esqui mais alta da Europa. Tem também pistas para todos os níveis de esquiadores (dos iniciantes aos profissionais), conta com paisagens deslumbrantes, garantia de neve e está localizada na fronteira com a Itália.

Além do esqui, oferece ainda outras opções de esportes de inverno como patinação, curling e escalada em cachoeiras congeladas.

2. Chamonix, França

A cidade é cercada por áreas onde é possível esquiar, e também é famosa por ter mantido um ar “roots” atraindo aqueles com espírito aventureiro, que querem além de esquiar, ver um pouco da vida na montanha e natureza.

Além disso, Chamonix encanta pois ao esquiar em Chamonix, você estará esquiando aos pés do Mont Blanc, o que deixa qualquer um de boca aberta. Isso sim é passar o inverno na Europa em grande, não é?

3. Kitzbühel, Áustria

Você consegue imaginar uma cidade medieval onde é possível esquiar, ter acesso à montanha principal através de teleféricos partindo da cidade, e à noite ainda curtir uma baladinha e barzinhos com músicas e cervejas de alta qualidade? Pois é, acabei de resumir essa pequena cidade austríaca. É ou não um ótimo destino para passar o inverno na Europa?

destino de esqui na Áustria

4. Cortina D’Ampezzo, Itália

Considerada uma das regiões de esqui mais lindas do mundo. Resort de luxo, com pistas de esqui para todas as pessoas, desde iniciantes aos mais treinados. As pistas não são muito concorridas, o que é excelente para quem gosta das pistas mais vazias.

5. Trysil, Noruega

O maior resort de esqui da Noruega. Tem 68 pistas de esqui de todos os níveis, 30 teleféricos e hotéis de luxo ao redor, para fazer com que a estadia do turista seja a melhor possível. Os turistas podem inclusive esquiar à noite.

Dicas para “enfrentar” o inverno na Europa

Calma gente! O inverno na Europa não é um bicho de 7 cabeças! E é possível aproveitar a viagem durante o inverno e até mesmo morar na Europa sem muitas complicações. Veja algumas dicas para sobreviver ao inverno na Europa:

Use roupas adequadas

  • Casacos: grossos para enfrentar o frio, de preferência impermeáveis e com capuz;
  • Sapatos: confortáveis (pois você vai andar bastante), e de preferência forrados e impermeáveis;
  • Meias: quentinhas principalmente se o sapato não for forrado;
  • Calça térmica: para colocar por baixo da calça comum;
  • Cachecol;
  • Touca;
  • Luvas.

Atenção: as roupas e calçados na Europa têm tamanhos e formatos diferentes do Brasil. O que está na etiqueta pode não corresponder ao tamanho que estamos habituados por aqui. Por isso vale a pena conferir o artigo sobre tamanhos de roupas e calçados na Europa antes de ir às compras.

Não abandone os cremes e produtos de beleza

  • Protetor solar: mesmo se não estiver fazendo sol, ele ajuda a proteger a pele do frio;
  • Protetor labial: qualquer um, aquelas latinhas pequenas com produtos a base de vaselina são ótimas para a pele não ressecar;
  • Hidratante: pode parecer frescura, mas não é. A pele resseca muito com o frio e é importante mantê-la hidratada.

Escolha de locais para ficar

  • Aquecimento: verifique sempre se a casa/apartamento ou quarto de hotel que você está alugando tem aquecimento. é muito importante para a sua estadia;
  • Localização: verifique se o local que você vai ficar está perto de algum transporte e evite, se possível, ficar muito afastado, para não ter que ficar caminhando durante muito tempo, se expondo ao frio.

Curiosidade sobre os últimos invernos na Europa

Como já disse, estamos sentindo uma alteração climática muito forte, principalmente nesses últimos anos. E em 2018 foi possível perceber que o inverno na Europa foi bastante fora do comum.

Foram registradas temperaturas jamais vistas, lagos e canais congelaram e turistas puderam patinar nos canais de Amsterdam, por exemplo. Cidades que não nevavam há anos ficaram branquinhas, fazendo a alegria dos turistas. Em Portugal, por exemplo, continuou nevando quando já era primavera.

Mas infelizmente não foi só alegria, pessoas morreram de frio em diversos países, estradas e escolas foram fechadas devido ao excesso de neve, aeroportos foram interditados, foi um caos.

Vale a pena ir para a Europa no inverno?

Na minha opinião vale! Principalmente para quem nunca viu neve. É muito lindo ver a arquitetura dos países europeus misturada com o branco da neve, um típico cenário de filme. Você pode inclusive, aproveitar para conhecer os melhores locais para ver neve na Europa.

Tem que ir preparado para o frio, mas não é nada insuportável. É só usar as roupas adequadas. Além disso, existem lugares que fazem menos frio (e que nem nevam). É só saber escolher o destino.

E para quem gosta de esportes, não pode deixar de fazer os esportes de inverno, descer as montanhas esquiando (ou só tentar, como eu! hahaha), ou apenas fazer guerra de bolas de neve, montar o famoso boneco de neve, e apreciar a paisagem.

Eu sou tão fã de viagem, que pra mim, vale a pena viajar em qualquer época! E você, já esteve na Europa no inverno? Conta pra gente pelos comentários como foi sua experiência e o que foi mais difícil no período.

Julia é brasileira, formada em Turismo, morou 6 anos em Portugal e hoje mora em Budapeste. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: dicas úteis

Conseguir emprego no exterior não é uma tarefa fácil, mas temos dicas para fazer um bom currículo, onde procurar vagas e os melhores países para trabalhar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube