Saúde na Espanha: saiba como funciona e como ter acesso

Espanha  / 

Uma das preocupações de quem vai viajar ou pretende morar em outro país está relacionada à saúde e à estrutura de hospitais e atendimento médico. Se você tem interesse em saber informações sobre a saúde na Espanha, nos acompanhe neste artigo.

Aqui, vamos te contar como funciona a saúde na Espanha, como ter acesso a ela e quais são os custos. Além disso, vamos comentar sobre a saúde pública e a privada, como é para brasileiros e quais são os melhores hospitais e maternidades do país.

Funcionamento, acesso e custos da saúde na Espanha

O Sistema de Saúde na Espanha funciona muito bem e está entre os melhores do mundo. De acordo com o Euro Health Consumer Index (EHCI), site que compra os sistemas de saúde europeus com base em tempos de espera, resultados e generosidade, a Espanha encontra-se na 19ª posição, com base no ranking de 2018. O país está entre os que mais exportam tecnologias de saúde no mundo, além disso, o país há 24 anos consecutivos segue em primeiro lugar no ranking de doação e transplante de órgãos.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Além disso, com a mais alta expectativa de vida da União Europeia, a Espanha foi avaliada como o país mais saudável do mundo em 2019. Segundo a edição de 2019 divulgada pelo Bloomberg Healthiest Country Index, que classifica 169 países de acordo com fatores que contribuem para a saúde geral da comunidade, a Espanha está na primeira posição. Saiba a lista completa aqui.

Os centros de saúde na Espanha funcionam das 8h00 às 21h00. Confira mais informações sobre o Sistema de Saúde Público e Privado na Espanha abaixo.

Saúde pública

Com base na revista The Lancet, o Sistema Público de Saúde da Espanha está entre os melhores do mundo. Os hospitais e os centros de atenção primária na Espanha são bem equipados e prestam atendimentos qualificados.

E mesmo que ainda haja pontos de melhora, o Sistema de Saúde Pública na Espanha, que é custeado pelo Governo por meio de impostos e administrada por cada Comunidade Autônoma, atende cerca de 90% da população espanhola.

Os serviços que o Sistema Nacional de Saúde Espanhol oferece atividades preventivas, diagnósticas, reabilitadoras, terapêuticas, bem como de manutenção da saúde.

Para ter consulta com um especialista no Sistema Público, primeiro é preciso passar pelo seu médico da família para que ele lhe encaminhe.

A receita não é mais em papel, como no Brasil. Hoje em dia, a receita na Espanha é virtual e fica registrada em seu cartão. O farmacêutico e o médico do seu centro de saúde têm acesso a ela. É bom saber, também, que parte do valor dos medicamentos é custeada pelo governo espanhol, desde que sejam receitados pelo seu médico de família ou especialista.

Acesso ao Sistema Público de Saúde

Para ter acesso ao sistema, são necessários alguns trâmites, como: ser registrado na Seguridade Social da Espanha e fazer o cartão de saúde em um centro de saúde próximo à sua residência.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Para fazer o agendamento de uma consulta, basta apresentar seu cartão de saúde em um centro de saúde ou realizar a marcação pela internet para evitar filas. Em situações emergenciais, não é necessário agendar.

Até 2018, somente quatro grupos de pessoas tinham direito ao Sistema Público de Saúde na Espanha:

  • Trabalhadores inscritos na Previdência Social da Espanha (Seguridade Social);
  • Cidadãos espanhóis e membros da União Europeia;
  • Estrangeiros com autorização para residir na Espanha;
  • Cônjuge e filhos de até 26 anos de idade de um assegurado, desde que morassem na Espanha.

Mas de acordo com a última normativa do governo socialista espanhol, a saúde universal é direito de todos na Espanha. Isso significa que basicamente todo mundo tem direito à assistência médica no país, mesmo estando em situação irregular. Saiba mais na reportagem sobre o tema feita pelo jornal El País.

Veja também tudo sobre a Espanha.

Assistências em dois níveis

Os serviços de saúde aos cidadãos são realizados em dois níveis de assistências: Atenção Primária e Atenção Especializada.

A Atenção Primária são os serviços básicos colocados à disposição da população, como: consultas, exames e atendimentos de urgências. Esses serviços são prestados nos centros de saúde por equipes multidisciplinares. Já a Atenção Especializada é desenvolvida nos centros especializados e hospitais, de forma ambulatória ou em regime de ingresso.

O custo de vida na Espanha é bem diferente do Brasil. Confira neste artigo.

saude na espanha medico

Saúde privada

Os hospitais privados possuem infraestrutura parecida com o do sistema público, com centros bem equipados, atendimento de qualidade e coberturas em diversas especialidades.

A especialidade de oftalmologia, por exemplo, não é ofertada pelos hospitais públicos e os planos podem ou não oferecê-la, dependendo de cada empresa.

Mas quem não quer depender somente do atendimento público e pretende realizar consultas e procedimentos com mais agilidade e comodidade, pode pagar pelo atendimento particular.

Para ter acesso aos hospitais particulares, há duas possibilidades: pagar pelo procedimento, exame ou consulta ou contratar um plano particular.

Diferentemente do Brasil, os planos de saúde não custam caro na Espanha (em média, 80€ por mês). Entre os melhores e mais escolhidos pela população estão os da Mapfre e da Sanitas.

Saiba mais informações sobre a saúde privada na Espanha no artigo completo que escrevemos sobre o assunto.

Como é a saúde na Espanha para brasileiros

Estrangeiros que estejam em visita à Espanha têm direito à assistência médica em hospitais públicos em casos de acidentes, enfermidades graves e ou se forem gestantes em trabalho de parto, em pós-parto ou caso sejam menores de 18 anos de idade.

Brasileiros que morem legalmente na Espanha têm acesso à saúde pública por meio do seu número de Segurança Social.

Porém é importante destacar que brasileiros que viajarem para a Espanha a turismo devem, obrigatoriamente, portar o seguro viagem Europa com cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares. Para cotar o seu seguro com o melhor preço, clique aqui.

Caso precise de atendimento médico, o primeiro passo a tomar é contactar seu seguro viagem para saber os hospitais conveniados da cidade que o aceitam e depois se dirigir para o local imediatamente.

Melhores hospitais e maternidades na Espanha

As cidades de Madrid e Barcelona detêm alguns dos melhores hospitais da Espanha.

Entre melhores hospitais públicos estão: Hospital universitário de La Paz, Clínic Barcelona e Hospital Geral Universitário Gregorio Marañón.

Entre os melhores hospitais particulares estão: Clinica Universidad de Navarra, Hospital Universitário HM Montepríncipe e Hospital Universitário La Zarzuela.

Alguns hospitais realizam partos humanizados, como o Hospital Manises.

Confira também os artigos que fizemos sobre a saúde na França e a saúde na Holanda.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.