Capital da Itália: conheça uma das cidades mais importantes da Europa

Será que os seus conhecimentos sobre a geografia da Itália estão atualizados? Você sabe dizer, sem olhar na Internet, qual é a capital da Itália? E a da Sicília? Quantas regiões existem no país?

Confira neste artigo algumas informações sobre a Itália!

Buona lettura!

Qual a capital da Itália?

Roma é a capital da Itália. Uma cidade bastante grande, que possui 2.8 milhões de habitantes dentro da sua área territorial e quase 4 milhões de pessoas na sua região metropolitana. É considerada a maior cidade da Itália e também a quarta mais populosa da União Europeia.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

A cidade de Roma é a única no mundo a ter um país inteiro dentro dela, trata-se do Vaticano. O menor país do mundo com apenas 44 quilômetros quadrados e cerca de 1.000 moradores, a maioria de padres pertencentes a Igreja Católica. O Vaticano se tornou independente em 1929 e não possui presidente, ele é representado pelo papa.

Roma é terceira cidade mais visitada da União Europeia e seu centro histórico é classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO. E não é por menos, cada esquina possui algum monumento ou alguma arquitetura incrível.

Como morar na Itália: tudo que você precisa saber para viver no país.

História de Roma

Desde 1871, a capital da Itália é Roma. A cidade eterna virou a sede do governo após a anexação de Roma ao Reino da Itália. Até então, Roma fazia parte dos Estados Papais ou Stato Pontificio, em italiano (756 – 1870), os quais foram extintos com a Tomada de Roma, simbolizando, assim, o último e necessário passo para a unificação da península itálica.

Exatamente! Na época, a Itália não era uma república: era o Reino da Itália, instituído após a Unificação italiana, que ocorreu em 1861. O período monárquico durou da Unificação até 1946, quando, a partir de um referendo, a Itália virou uma república, chamando-se República Italiana.

E claro, Roma continuou sendo a capital da recém-nascida república.

A capital da Itália já foi outra?

Logo após a Proclamação da Unificação Italiana, em 1861, e até 1865, Turim (capital da região do Piemonte) foi a capital do Reino da Itália. O motivo? A cidade era a sede do Ducado dos Saboias (Ducato di Savoia, em italiano), importante dinastia europeia, responsável pelo financiamento da Unificação do país. Inclusive, o rei Vítor Emanuel II da Itália (ou Vittorio Emanuele II em italiano) era o herdeiro da nobre família.

Durante seis anos, Florença (capital da Toscana) também foi a capital do Reino da Itália, de 1865 a 1871. Tal escolha foi motivada por intensas brigas internas políticas. Claro que a passagem de uma capital para a outra não foi nada pacífica. Um ano antes da transferência do Piemonte para a Toscana,  houve um episódio muito sentido pelos turinenses, o “Massacre de Turim”, no qual manifestantes foram assassinados por membros do Exército Real Italiano (Regio Esercito Italiano, em italiano).

Como vimos, o Risorgimento foi marcado por guerras civis e lutas internas.

Sede do Império Romano e hoje capital da Itália

“Roma, caput mundi” (latim). Caput mundi é uma expressão latina que significa “centro do mundo”, referida à cidade eterna. A origem da expressão remonta à extensão do Império Romano, que era, basicamente, boa parte da Europa de hoje.

Já para a Época, Roma era uma cidade gigantesca, complexa e cheia de segredos políticos. Roma foi fundada em 753 a.C.! Isso mesmo, a cidade tem “apenas” 2773 anos. A cidade testemunhou boa parte da história ocidental, e foi sede do Império Romano, o qual fundado em 27 a.C., viu a sua queda no ano de 476, dando origem à Idade Média.

Augusto, Tibério, Calígula, Cláudio, Nero, Vespasiano, Tito Adriano e Marco Aurélio foram alguns dos imperadores do Império.

Sede do Império Romano e hoje Capital da Itália

Desde a Tomada de Roma, a cidade eterna é a sede do Governo italiano. Em 1929, vira também capital da Cidade do Vaticano, graças ao Tratado de Latrão. Como sede da República Italiana, Roma vivenciou importantes episódios da península itálica, enfrentou duas guerras, desfrutou dolce vita dos anos 1960, passou pela rápida industrialização.

Roma, hoje, conta com quase 2,9 milhões de habitantes, é sede de três das melhores universidades públicas do país, da RAI, da Câmara dos Deputados e do Senado, do Executivo (Presidência da República e Consiglio dei Ministri della Repubblica Italiana), de grandes obras de arte e importantes monumentos históricos.

Enfim, é mais que uma cidade eterna. É Roma!

Regiões da Itália e suas capitais

Imagina o mapa da Itália. Ok, vamos lá!

A Itália é dividida em 20 regiões administrativas (as quais, grosso modo, podem ser entendidas como os estados brasileiros). Essas regiões podem ser divididas em três macro-regiões geográficas (norte, centro, sul e ilhas).

Norte

Região Capital
Ligúria Gênova
Piemonte Turim
Valle d’Aosta Aosta
Emília Romanha Bolonha
Friuli-Venezia-Giulia Trieste
Trentino-Alto-Ádige Trento
Vêneto Veneza
Lombardia Milão

Centro

Região Capital
Toscana Florença
Úmbria Pérugia
Marche Ancona
Lázio Roma

Sul e ilhas

Região Capital
Campânia Nápoles
Abruzzo L’Aquila
Molise Campobasso
Calábria Catanzaro
Basilicata Potenza
Puglia Bari
Sicília Palermo
Sardenha Cagliari

 

Região da Itália cuja capital é Milão

A região da Itália cuja capital é Milão é a Lombardia. A Lombardia cerca de 10 milhões de habitantes e é região mais populosa da Itália. Conta com 10 província e uma cidade metropolitana. Faz fronteira com as regiões Piemonte, Emília Romanha, Trentino-Alto Ádige e Vêneto, além de ser uma das regiões que confina com a Suíça.

Na Lombardia encontram-se importantes pontos turísticos, como Lago de Como. É famosa pelo Bife à milanesa e pelo Risotto e ossobuco.

Capital da Sicília, região autônoma da Itália

A capital da Sicília, uma das cinco regiões autônomas da Itália, é Palermo. Diz a lenda que a cidade foi fundada pelos Fenícios, entre os séculos VII e VI a.C. Graças a sua posição estratégica, por lá passaram todos os povos possíveis e imagináveis: desde os gregos até os espanhóis, passando pelos árabes.

A capital da Sicília, inclusive, é marcada por essa rica interculturalidade. A arquitetura, o dialeto e, claro, a culinária sinaliza uma terra que foi palco de grandes trocas entre povos.

Palermo possui quase 674 mil habitantes, é banhada pelo Mar Tirreno e é desde sempre capital cultural. A chamada “Palermo bizantina normando-arábica” foi declarada patrimônio da humanidade pela UNESCO, em 2015.

Capital da Toscana, Itália

A capital da Toscana é Florença, cidade berço do Renascimento. Segundo os estudos arqueológicos, Florença já era habitada na época da pré-história. A capital da Toscana possui cerca 370 mil habitantes e é uma das maiores do país.

Florença é conhecida por abrigar grandes obras do período renascentista, como a Basílica de Santa Maria del Fiore, o Campanário de Giotto, a Cúpula do Brunelleschi, a Ponte Vecchio, a Basílica de Santa Maria Novella, etc.

É sede de uma das melhores universidades italianas, além de abrigar importantes museus como a Galleria degli Uffizi e ser o berço de personalidades como Dante Alighieri e Maquiável. E claro, é a pátria da língua italiana: exatamente, o que conhecemos hoje por “italiano” é uma língua que deriva do dialeto florentino!

Capital da Itália em inglês

Rome has been Italy’s Capital since 1871. The “eternal city” became the seat of the Italian government due to the city’s incorporation process to the Kingdom of Italy.

Until that time, Rome had been since 756 the Papal States’ capital, which were extinguished after the Capture of Rome, thus symbolizing the last and necessary step for the unification process of the Italic peninsula.

Exactly! Italy was not a country, or even a republic: it was the Kingdom of Italy, only constituted after the Italian unification, that took place on 1861. The monarchical era lasted from the Unification until 1946, when, after a referendum, the Italian people voted for a new model of political system: and a new Republic was born!

And of course, Rome remained the Italy’s capital.

Vista panorâmica de Roma

Como é morar na capital da Itália?

Morar na capital da Itália, como em toda grande cidade, tem os seus prós e contras.

Prós:

  • Cidade cultural;
  • Arquitetura;
  • Culinária;
  • Parques por toda a cidade;
  • Próxima ao litoral (Óstia);
  • Não faz muito frio no inverno;
  • Não é muito difícil achar emprego.

Contras:

  • Trânsito e transporte público não muito eficientes;
  • Aluguéis um pouco caros;
  • Muito quente no verão;
  • É sempre cheia de turistas;
  • Qualidade de vida alta pouco acessível.

Custo de vida da capital da Itália

Roma está entre as cidades com o maior custo de vida da Itália, com as cidades de Milão e Veneza. Os valores dos aluguéis variam entre 650€ a 2.000€, dependendo da região e tamanho do imóvel que irá alugar. O centro é onde estão os imóveis mais caros tanto para compra, quanto para aluguel.

Os valores de luz, água e gás ficam em média 180€ para um casal. Já o pacote de internet fica por 30€ . O custo do transporte público é de 1,50€ tanto o bilhete do metrô, quanto do ônibus e pode ser o usado o mesmo durante 75 minutos.

Já um almoço em Roma tem o custo médio de 15€ por pessoa em um restaurante padrão. Os valores gastos com supermercado para um casal ficam em média 300€ por mês, sem grandes luxos. Ingressos para o cinema têm o valor de 8€ e a mensalidade de uma academia fica em média 50€ .

Ou seja, para morar em Roma é preciso ganhar pelo menos 1.000€ por mês, por pessoa. O quanto mais afastado do centro você morar, mais barato ficará o aluguel. Por isso é preciso pesquisar bastante antes de se mudar.

Transportes públicos em Roma

É possível de locomover em Roma utilizando os transportes públicos e evitar o trânsito que é bastante intenso na capital da Itália. O bilhete mensal do transporte custa em 35€, o que compensa bastante se você for morar em Roma.

O metrô de Roma possui 60 quilômetros de extensão e três linhas. O metrô foi inaugurado em 1955, mas é um dos menos extensos da Europa. O transporte por ele funciona diariamente das 5h30 às 23h30 e sexta, e sábado até a 1h30.

Por ser uma cidade bastante grande, é importante ficar atento aos seus pertences para evitar o furto da carteira e celular em lugares muito cheios. Leve somente o necessário e nunca deixe a bolsa aberta ou para trás. Os homens também devem ficar atentos e levar a carteira sempre no bolso da frente. Veja quais são os principais golpes na Itália e como evitá-los.

Descubra também se vale a pena morar na Itália.

Principais monumentos da capital da Itália

Roma é a cidade mais importante da Itália e entre suas principais atrações está o Coliseu, um dos destinos turísticos mais visitados do mundo. Confira a lista das principais atrações de Roma:

Fórum Romano

As ruínas do Fórum Romano são de visitação obrigatória para quem visita Roma. O local era o principal centro comercial da Roma Imperial e também era conhecido como o Forum Magnum.

Coliseu

O Coliseu de Roma é visitado por 4 milhões de turistas todos os anos. Sua construção teve início no ano de 72 d.C. e era o local onde os gladiadores lutavam entre eles e também com animais. Um público de até 80 mil pessoas assistiam aos gladiadores.

Coliseu Roma

Museus do Vaticano

Os Museus do Vaticano são aglomerados de museus com uma grande coleção de obras de arte, esculturas e pinturas incríveis. No Museu está a famosa Capela Sistina, visita obrigatória para quem visita a Itália.

Basílica de São Pedro

A Basílica de São Pedro é a maior igreja do catolicismo do mundo com espaço para 60 mil fiéis. Situada na Praça de São Pedro é Patrimônio Mundial da Humanidade.

Fontana di Trevi

A Fontana di Trevi é uma das fontes mais famosas e mais bonitas do mundo. Todos os dias milhares de turistas procuram o melhor ângulo para fazer a clássica foto. A fonte barroca está localizada ao lado do Palazzo Poli.

Para entrar na Itália é obrigatório ter um seguro viagem internacional. Faça a cotação do seu seguro viagem aqui, garantimos o menor preço aos leitores do Euro Dicas.

Bruna é bacharela em Letras e mestre em Comunicação. De um jeito ou de outro, está constantemente em contato com as palavras, seja escrevendo, falando, lendo, revisando, ensinando ou traduzindo. Após dois intercâmbios e alguns anos entre Brasil e Itália, se mudou para o país da bota em 2017, onde também se sente em casa.

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo para diversos portais.

Artigos relacionados

Como morar na Itália: saiba o que é preciso para morar no país

Quer saber como morar na Itália? Confira nesse artigo dicas para organizar o seu planejamento de uma brasileira que já vive no país!

Custo de vida na Itália: confira os gastos médios no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidadania italiana: quem tem direito, quanto custa e como conseguir

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Vale a pena morar na Itália? Conheça as vantagens e desvantagens

Para quem se pergunta se vale a pena morar na Itália, é importante avaliar as vantagens e desvantagens. É o que você encontra neste artigo repleto de dicas.

Cidades da Itália: conheça as principais e informações sobre o país

Confira informações sobre as cidades da Itália, como: qual é a mais importante, quais são as mais lindas e sugestão de roteiro pelo país.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube

1