Cidades mais baratas da França para estudantes: conheça o top 10

França  / 

Economizar dinheiro e França são praticamente antônimos, porém o país europeu também tem locais para se viver onde o custo de vida é mais normal e menos exorbitante. Hoje vou falar mais sobre as cidades mais baratas da França para estudantes. Confira tudo a seguir e faça seu planejamento.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

As 10 cidades mais baratas da França para estudantes

Todos os anos a UNEF (Le Syndicat Étudiant) da França, equivalente a UNE (União Nacional dos Estudantes) no Brasil, elabora um ranking com as cidades mais baratas da França para os estudantes e desse modo podemos ter uma noção para quem pretende estudar na França. Confira quais são as cidades onde o custo de vida é mais acessível no país europeu:

Lista das cidades mais baratas da França para estudar

De acordo com a UNEF, as cidades mais baratas da França para os estudantes são:

10º. Caen;
9º. Le Havre;
8º. Orleans;
7º. Clermont-Ferrand;
6º.  Perpignan;
5º. Angers;
4º.  Saint-Etiene;
3º. Limoges;
2º.  Brest;
1º.  Poitiers.

Morar na França: tudo o que precisa saber para morar no país.

Custo de vida na França para estudantes

Para calcular o custo de vida na França, a UNEF utilizou o custo mensal médio que um estudante gasta com o aluguel de um estúdio (quarto e sala), o passe mensal dos transportes públicos e o que é possível fazer com 370€ (trezentos e setenta euros) para entretenimento, alimentação, pagamento de taxas de matrícula da universidade e o registro na Segurança Social.

Veja abaixo quanto dinheiro por mês um estudante precisa para viver em cada cidade da lista:

10º. Caen – 781€ (setecentos e oitenta e um euros);
9º. Le Havre – 781€ (setecentos e oitenta e um euros);
8º. Orleans – 779€ (setecentos e setenta e nove euros);
7º. Clermont-Ferrand – 778€ (setecentos e setenta e oito euros);
6º. Perpignan – 776€ (setecentos e setenta e seis euros);
5º. Angers – 752€ (setecentos e cinquenta e dois euros);
4º.  Saint-Etiene – 732€ (setecentos e trinta e dois euros);
3º. Limoges – 732€ (setecentos e trinta e dois euros);
2º. Brest –  728€ (setecentos e vinte e oito euros);
1º. Poitiers – 714€ (setecentos e quatorze euros).

Veja também como estudar na França de graça: tudo o que você precisa saber.

Principais despesas

As principais despesas para se calcular o custo de vida nas cidades mais baratas da França para estudantes são os gastos com moradia (aluguel), alimentação, transporte, educação, saúde e entretenimento. Porém não se engane, apesar de que quando fazemos a conversão de euro para real nos assustamos um pouco, é fato que viver no interior da França é muito mais barato do que na capital Paris.

Importante saber também que a saúde a educação pública na França é gratuita (diferente de vários países europeus). Por isso, são dois gastos que você não precisará se preocupar durante sua estada no país europeu e você pode fazer seu planejamento .

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Saiba também como é o ano letivo na França e esteja atento às datas de matrícula.

Localização

Se você está pensando em viver no país europeu e se interessa pelas cidades mais baratas da França para estudantes, fuja de cidades turísticas e, obviamente, de Paris.

Paris é para quem tem muito dinheiro e tudo por lá costuma ser muito caro. Uma simples Coca-Cola pode custar 7€ (sete euros) em um restaurante e se você tentar alugar um imóvel então, seu queixo poderá cair.

Qualidade de vida na França: tudo o que precisa saber.

Além disso, quando falo de Paris gosto de tirar um pouco aquela mística de cidade romântica, até porque quem mora na capital francesa precisa batalhar muito para sobreviver.

Também vale dizer que a região metropolitana de Paris tem 12 milhões de habitantes, ou seja, é tudo longe. Digo isso porque no custo de vida o gasto com transporte pesa e em Paris mais ainda. E como os estudantes normalmente precisam economizar, a dica é estar de olho nas cidades mais baratas da França.

Agora saiba mais sobre a localização de cada uma das cidades mais baratas da França para estudantes:

  • Caen: localizada na região noroeste da França (Normandia), Caen tem pouco mais de 100 mil habitantes;
  • Le Havre: também na região da Normandia, Le Havre tem 175 mil habitantes e é uma cidade no litoral norte da França;
  • Orleans: a cidade de Orleans fica a 120 quilômetros ao sul de Paris, tem 115 mil habitantes e conta com a Université d’Orléans, uma tradicional instituição de ensino que foi fundada no ano 1306;
  • Clermont-Ferrand: localizada no centro-sul da França, Clermont-Ferrand tem 140 mil habitantes e é onde a Michelin mantém sua sede mundial.

Cidades da França para morar: conheça as melhores para todos os gostos e bolsos.

  • Perpignan: a cidade no extremo sul da França tem pouco mais de 100 mil habitantes e por sua localização foi considerada a Capital Cultural Catalã em 2008;
  • Angers: a cidade de Angers fica no oeste da França e tem 150 mil habitantes. O grande castelo de Plantagenêts é marca da cidade que conta com museus e universidades;
  • Saint-Etiene: a cidade do centro-oeste da França fica a 60 quilômetros de Lyon e é considerada uma das cidades mais criativas da Europa. A população é de 170 mil habitantes;
  • Limoges: no centro da França, Limoges tem 140 mil habitantes e ficou mundialmente conhecida por sua porcelana (Porcelana de Limoges);
  • Brest: no extremo oeste da França, Brest está na região da Bretanha e é uma cidade litorânea de pouco mais de 140 mil habitantes. O porto de Brest é um dos mais importantes da França;
  • Poitiers: a mais barata cidade da França para se viver fica no centro-oeste do país e tem 90 mil habitantes. É a cidade natal de Michel Foucault, filósofo francês com bastante expressão na academia mundial.

ENEM para estudar na França: como funciona e como se candidatar.

Descubra mais sobre a França

Atualmente na França vivem aproximadamente 6,5 milhões de estrangeiros, ou seja, pouco mais de 10% da população. Os números da imigração na França fazem do país europeu o quinto do mundo em número de imigrantes, ficando atrás somente dos Estados Unidos, da Rússia, da Alemanha e da Ucrânia.

Vale ressaltar que a França tem a sexta maior economia do mundo e que, também por isso, atrai milhares de imigrantes todos os anos para o país, principalmente para estudar e trabalhar.

Agora que você já sabe quais são as cidades mais baratas da França para estudantes, saiba também tudo sobre comprar passagem para França. Sugerimos que você faça a cotação da sua passagem no portal Kayak. Esse site comparador de voos mostra os preços de passagens das principais companhias aéreas para a França, ajudando você a economizar na compra, vale a pena!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.