Como financiar uma casa na Espanha: dicas, custos e pré-requisitos

Espanha  / 

Você sabe como financiar uma casa na Espanha? As facilidades em adquirir um imóvel no país têm atraído cada vez mais estrangeiros para as principais cidades espanholas.

Mas, para fazer um bom negócio e investir com segurança, é imprescindível conhecer os detalhes de como funciona as hipotecas na Espanha. Por isso, continue a leitura para descobrir como financiar, quanto custa e benefícios de comprar uma casa na Espanha.

Como financiar uma casa na Espanha

Está na dúvida sobre como financiar uma casa na Espanha? O processo é um dos menos burocráticos entre os países europeus. Pois, o governo espanhol exige poucos requisitos para que estrangeiros possam investir em imóveis no país.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

De modo geral, você precisa apenas cumprir os seguintes pré-requisitos normais para comprar uma casa ou apartamento na Espanha. Acompanhe abaixo.

Solicitar o NIE

O NIE (Número de Identificação de Estrangeiro) é um documento obrigatório para qualquer turista adquirir um imóvel na Espanha. Ele pode ser solicitado em qualquer consulado da Espanha no Brasil.

Abrir uma conta bancária na Espanha

Apesar de não ser uma obrigação, abrir uma conta bancária na Espanha é recomendável. O principal motivo é que os procedimentos referentes a pagamento de taxas, solicitação de hipoteca e transferência de valores torna-se mais fácil e menos burocrático.

Contratar uma imobiliária espanhola

Para que a compra do imóvel ocorra de maneira tranquila, é recomendado contratar uma imobiliária do país. Geralmente, elas possuem uma equipe especializada não apenas para mostrar os melhores imóveis, como também orientar estrangeiros sobre os procedimentos para financiar e adquirir a propriedade.

Como financiar uma casa na Espanha: opções de financiamento

Os valores dos imóveis podem ser elevados, principalmente se o que você deseja adquirir fica localizado nas cidades mais caras da Espanha, como Barcelona e Madrid. Uma maneira de reduzir esse preço é através das linhas de crédito oferecida pelos bancos espanhóis.

Mas como financiar uma casa na Espanha? Bem, essas instituições disponibilizam duas opções disponíveis para nacionais e estrangeiros. Compreenda melhor como funciona cada uma delas:

Financiamento para imóveis novos

Normalmente, os imóveis novos são hipotecados pela mesma instituição bancária responsável por financiar a construção da casa ou apartamento. No entanto, existe a possibilidade de você sub-rogar a hipoteca desse banco.

Caso você decida por essa última opção, é recomendado contratar um advogado especializado na área. Ele irá te orientar e ajudá-lo a não pagar taxas elevadas por essa prática.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Financiamento para imóveis usados

Por outro lado, no financiamento para imóveis usados você tem a liberdade de escolher o banco da sua preferência para hipotecar a sua casa. Normalmente, os bancos espanhóis financiam até 80% do valor da propriedade.

Mas esse valor pode ser reduzido para 60% para estrangeiros que desejam investir na Espanha. Isso significa que você terá que pagar 40% do preço do imóvel, mais taxas de cerca de 12%, do seu próprio bolso sem financiamento.

O prazo máximo para o pagamento do financiamento é de 30 anos. É possível fazer a simulação de uma hipoteca de maneira gratuita no site da Asociación Hipotecaria Española.

como financiar uma casa na espanha e em valencia

Como financiar uma casa na Espanha: quanto custa um imóvel?

Os valores das casas na Espanha variam de acordo com a região da Espanha tipo de imóvel que você deseja adquirir.

Para você ter uma ideia dos preços médios cobrados, acessamos o portal ProperStar e fizemos um levantamento dos imóveis nas principais cidades da Espanha. Confira:

Imóveis em Barcelona

Barcelona é uma das cidades mais visitadas da Espanha e conta com uma grande variedade de imóveis à venda.

O preço de uma casa de 200m² com 4 quartos e 3 banheiros pode ser adquirida por 1.290 milhão de euros. Esse é o valor médio desse tipo de imóvel nos melhores bairros de Barcelona. Mas outros apartamentos também podem ser comprados por um valor bem inferior. Em média, um apartamento de 87m² com 3 quartos custa 265 mil euros.

Imóveis em Madrid

Os preços dos imóveis em Madrid são similares aos praticados em Barcelona. Em média, uma casa de 184m² com 4 quartos e 5 banheiros pode custar 1 milhão de euros.

Um apartamento de 76m² quadrados com 2 quartos e 1 banheiro está custando cerca de 350 mil euros, o preço médio desse tipo de imóvel na capital espanhola.

Imóvel em Valência

Comprar um imóvel em Valência é a melhor alternativa para aproveitar o litoral espanhol por um preço mais barato. À prova disso é que é possível encontrar casas de 170m² quadrados com 5 quartos e 2 banheiros por uma média de preço de 378 mil euros.

Você consegue comprar um apartamento com 166m² de 2 quartos e 2 banheiros por um valor médio de 270 mil euros.

procedimentos de como financiar uma casa na espanha

Como financiar uma casa na Espanha: requisitos para financiamento

Outro aspecto de como financiar uma casa na Espanha que você precisa ficar atento está relacionado aos critérios para obter a hipoteca.

Assim como no Brasil, os bancos da Espanha também avaliam o perfil do solicitante do financiamento. Cumprir as exigências desses requisitos é algo que garante a aprovação da hipoteca para comprar o seu imóvel na Espanha.

De maneira geral, no momento da concessão da hipoteca para estrangeiros, os bancos espanhóis exigem obrigatoriamente o NIE do solicitante. Além disso, avaliam questões como:

Estabilidade financeira

A estabilidade financeira é o principal aspecto que o banco irá analisar no processo de concessão da hipoteca. Por essa razão, é comum que você precise apresentar documentos que comprovem a sua renda, tais como:

  • Folhas de pagamento;
  • Comprovante de recebimento de proventos/benefícios;
  • Declarações fiscais;
  • Contrato de trabalho;

Vale a pena destacar que o valor mensal da hipoteca não pode exceder 40% do seu rendimento mensal. Em casos assim, os bancos irão rejeitar o seu pedido ou sugerir um empréstimo menor.

Restrição de crédito

Em qualquer solicitação de empréstimo bancário, os bancos irão avaliar se o credor possui algum tipo de restrição de crédito. Normalmente, as concessões de hipoteca são rejeitadas para quem possui esse tipo de limitação em órgãos financeiros.

Comprar imóvel dá direito ao visto?

Sim, a compra de um imóvel na Espanha oferece o direito de visto de residência para estrangeiros. Esse benefício está estipulado na Lei 14/2013 de Apoio ao Empreendedorismo e Internacionalização, promulgado pelo governo espanhol.

No entanto, esse benefício é concedido apenas para o estrangeiro que comprar um imóvel com valor superior a 500 mil euros. Com esse visto, você e seus filhos poderão residir legalmente no país.

O único requisito para manter o visto, é comprovar uma renda mensal estável, capaz de suprir as despesas da sua permanência no país. Além disso, após morar na Espanha por dois anos, você pode solicitar a sua cidadania espanhola.

Dicas de como financiar uma casa na Espanha

Comprar uma casa na Espanha é um investimento alto e importante, por isso é preciso ter cautela neste procedimento.

Para te ajudar, selecionamos algumas dicas para escolher a melhor casa:

  • Visite a casa pessoalmente antes de comprá-la: comprove pessoalmente o estado do imóvel, o bairro e demais pontos de referência no bairro;
  • Faça o registro no Registro de la Propriedad: registre a compra do seu imóvel no Registro de la Propriedad para comprovar que você é o atual proprietário da casa para os órgãos espanhóis;
  • Contrate a assessoria de um especialista: para garantir o melhor imóvel e evitar dores de cabeça nos trâmites legais, contrate um assessor espanhol especializado no ramo imobiliário.

Não se esqueça também de contratar o seu seguro viagem para Espanha, esse documento é obrigatório para entrar no país, seja a passeio ou para morar. Utilize o nosso comparador de seguro viagem, garantimos o menor preço nos melhores seguros para os leitores do Euro Dicas. Utilize o nosso cupom EURODICAS5 para garantir um desconto de 5% no valor do seu seguro.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.