O mercado de Tecnologia da Informação está aquecido em todo o mundo e em Portugal não é diferente. O país está aberto para receber profissionais estrangeiros qualificados na área, são inúmeras as vagas de TI em Portugal e com salários bastante atrativos.

Ficou curioso? Continua comigo neste artigo, pois vou explicar tudo sobre essas vagas e como garantir uma colocação de TI no mercado português.

É verdade que sobram vagas de TI em Portugal?

Sim. É verdade que sobram vagas de TI em Portugal.

Portanto, se você é da área e deseja morar em Portugal para ter um bom emprego e, ao mesmo tempo, desfrutar da qualidade de vida que o país oferece, já pode começar a se movimentar: adequar o currículo, candidatar às vagas e se preparar para as entrevistas. Logo, estará organizando as malas para a mudança.

Por que isso acontece?

As vagas de TI sobram no mercado português porque nos últimos anos, o país tem investido fortemente na transformação digital e atraindo empresas e startups de tecnologia e inovação. Tanto que passou a sediar a WebSummit, a maior feira de tecnologia da Europa, anteriormente sediada em Dublin, na Irlanda.

Outro motivo para a falta de mão de obra qualificada é que muitos portugueses da área emigram para outros países europeus, como a Alemanha, Suíça, Inglaterra e França, em busca de melhores oportunidades salariais e crescimento profissional.

Salário de TI em Portugal

O salário de TI em Portugal é atualmente um dos mais altos do país e tem aumentado significativamente por causa da falta de mão de obra qualificada. Um profissional de Tecnologia da Informação ganha em média entre 1.500€ a 3.500€. Contudo, esse salário é variável conforme os anos de experiência no mercado e cargo ocupado.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Em uma reportagem da Exame Informática, publicada em fevereiro de 2021, lemos que:

“um programador de interfaces gráficas (front-end) com apenas dois anos de experiência pode ganhar a partir de 30 mil euros brutos por ano no mercado português. Mas há posições, de chefia e liderança, cujos ordenados podem chegar aos 120 mil euros brutos anuais”.

Para tomar como base, vale ressaltar que o salário mínimo de Portugal é 665€ (em 2021) e o salário médio de todo o país está atualmente em torno de 1.300€, segundo informações publicadas na SIC Notícias.

Principais vagas de TI em Portugal abertas no momento

Para ter uma ideia, no dia 9 de novembro de 2021, realizei uma pesquisa no site IT Jobs e encontrei mais de 2.300 vagas abertas para Lisboa, 1.209 para o Porto e 704 para trabalho remoto. Sem contar as vagas para as cidades menores.

Na pesquisa, verifiquei que há vagas para diferentes profissionais de Tecnologia da Informação, veja algumas delas:

  • Data Engineer;
  • Back-end Developer;
  • Front-end Developer;
  • Design UX/UI;
  • Java Developer;
  • Software Tester;
  • IT Business;
  • E tantas outras áreas.

Como encontrar vagas de TI em Portugal?

Sites de emprego

Para encontrar vagas de TI em Portugal, você pode começar a busca nos sites de emprego. Os melhores são:

Além dos sites de emprego, você pode utilizar o LinkedIn. Ele é uma excelente ferramenta para procurar por vagas de TI em Portugal. Encontre os profissionais de RH das empresas, faça conexões com eles, envie uma mensagem dizendo que tem interesse em fazer parte do quadro de funcionários da empresa. Faça isso sem medo!

Se tem uma empresa específica que você deseja trabalhar em Portugal, fique atento ao site oficial da mesma. Como profissional de TI, você deve saber os sites costumam ter uma página de “Carreiras” ou “Trabalhe conosco”.

Consultoria especializada

Outra forma de garantir uma vaga é contar com as empresas de consultoria especializada como, por exemplo, a EVPConnect, que é voltada exclusivamente para contratar os profissionais de TI brasileiros que desejam trabalhar em Portugal e fazer a ponte com os seus clientes portugueses no país.

E por último e não menos importante, o famoso “QI – quem indica”. As indicações são importantes e abrem muitas portas. Se conhece alguém que já mudou para Portugal e trabalha na área, o que está esperando para entrar em contato? Esse pode ser o caminho mais curto para conseguir a sua vaga.

Brasileiro pode candidatar para vagas de TI em Portugal?

Sim, os brasileiros podem se candidatar para vagas de TI em Portugal e a boa notícia é que as empresas portuguesas se mostram abertas para contratar os profissionais brasileiros. Isso acontece por alguns motivos:

1. A falta de mão de obra qualificada no país, o que faz com que as empresas estejam à procura de profissionais estrangeiros;

2. Os profissionais brasileiros são bem diferentes dos profissionais portugueses em relação à experiência profissional. Eu explico:

No Brasil, existem muitos profissionais de TI que já trabalham na área sem nem mesmo ter uma formação superior ou que acabou buscando o diploma por exigência da empresa. Já os jovens brasileiros que estão iniciando a formação acadêmica na área, buscam fazer estágios desde o início do curso e quando o concluem, já conseguiram acumular alguns anos de experiência.

Já em Portugal, os jovens universitários costumam procurar estágios apenas após a formação ou quando já estão no mestrado (que em Portugal é voltado para o mercado de trabalho e não para a área acadêmica, o que no Brasil chamaríamos de um curso de pós-graduação). Por isso, adquirem experiência mais tarde, em relação aos profissionais brasileiros;

3. Pela facilidade de obtenção de visto de trabalho ou até mesmo porque muitos brasileiros têm cidadania europeia, o que torna a parte burocrática de documentação muito mais fácil.

O que os brasileiros precisam para se candidatar

Se você é brasileiro e deseja trabalhar com TI em Portugal, deve cumprir alguns passos:

1. Preparação do currículo

O currículo de Portugal é um pouco diferente do Brasil. Existe o Europass, que é um formato de currículo padrão para toda a União Europeia, mas muitos profissionais de RH já o consideram defasado.

Portanto, se você deseja conquistar a sua vaga de TI em Portugal, contar com uma consultoria para preparar o currículo ideal focado na empresa ou no cargo para o qual está se candidatando pode ser muito útil.

2. Pesquisa por vagas e entrevistas

Pesquisar por vagas de TI em Portugal nos sites de emprego é ponto de partida. O importante aqui é ler com atenção as descrições de cada uma das vagas encontradas para verificar se o seu perfil está adequado para aquela oportunidade. Se sim, não tenha medo de se candidatar.

Também é importante se preparar para as entrevistas de emprego que, na verdade, são bem parecidas com as do Brasil. Você vai responder perguntas sobre a sua experiência na área, pretensão salarial, como você se vê daqui a 5 ou 10 anos, etc. Basta se preparar e manter a tranquilidade.

E por último, mas não menos importante: saber outros idiomas é uma parte fundamental no currículo para quem busca por vagas de TI em Portugal, principalmente o inglês. Dependendo da empresa, o inglês será essencial e fará parte do seu dia a dia. Portanto, se você não o domina, é indicado se matricular em um curso intensivo ainda no Brasil.

3. Documentação

Obteve sucesso na entrevista de emprego e garantiu a sua vaga de TI em Portugal? Então, vamos à parte mais burocrática: a documentação.

Morar em Portugal com cidadania europeia é bem mais simples. Se esse for o seu caso, depois de conseguir uma vaga você vai precisar apenas arrumar as malas, comprar a passagem e partir para começar a nova vida e o novo emprego. Quando chegar ao país vai será necessário fazer um registro na prefeitura da cidade onde você vai morar, um procedimento muito simples.

Para quem não tem cidadania europeia, o caminho é mais burocrático, uma vez que será necessário solicitar o visto para Portugal com permissão para trabalho. Nesse caso, um dos documentos necessários para dar entrada no visto é a apresentação do contrato de trabalho em Portugal. O visto de trabalho pode demorar até 90 dias para sair.

Onde encontrar vagas de TI em Portugal

Sendo um profissional de TI, a boa notícia é que existem diversos tipos de visto que podem ser solicitados, como:

  1. O Tech Visa Portugal, dedicado a profissionais da área de tecnologia de fora da União Europeia contratados por empresas certificadas para receber esses perfis;
  2. O Visto D2, dedicado a trabalhadores autônomos ou que pretendem empreender no país;
  3. Cartão Azul da União Europeia, que apesar de existir desde 2011, não é muito difundido em Portugal. Além disso, acaba sendo um caminho mais burocrático para a empresa, uma vez que ela precisa justificar a contratação de um estrangeiro de fora da UE e comprovar que ele seja altamente qualificado para o cargo.

Com o visto de trabalho em Portugal em mãos, aí sim, é hora de organizar a mudança.

É fácil conseguir entrar no mercado de trabalho português como TI?

Dependendo da sua experiência e qualificação, pode ser fácil sim. Como já expliquei no início deste artigo, sobram vagas de TI em Portugal e o mercado está bastante aquecido. O importante é se preparar para isso e estar aberto para a mudança de país e para adaptação ao estilo de vida e trabalho.

Cuidados necessários

Entretanto, é necessário ter alguns cuidados, tais como:

  • Verificar se a empresa realmente existe;
  • Desconfie de salários muito altos que não são compatíveis com a sua experiência profissional;
  • Existem inúmeros tipos de contrato de trabalho em Portugal, diferente do que acontece no Brasil. Leia-o atentamente e se precisar, leia também a Lei n.º 7/2009 – que se refere ao código trabalhista do país luso.

Vale a pena contar com consultoria especializada?

Vale a pena sim! Uma consultoria especializada vai ajudar na preparação do currículo, dar dicas importantes e essenciais para ter destaque nas entrevistas e ajudar a se recolocar no mercado português na vaga adequada para você.

Benefícios de contar com uma consultoria

A consultoria tende a trazer muitos benefícios para quem está buscando por vagas de TI em Portugal.

Além da preparação inicial na elaboração do currículo, a consultoria vai te explicar de maneira detalhada como funciona o mercado de trabalho em Portugal; estudar o seu currículo e a sua experiência profissional para alinhar a sua pretensão salarial com a realidade do mercado português; ajudar você a escolher o enquadramento fiscal mais adequado à sua atividade, o visto mais adequado e até te ajudar na adaptação ao novo novo país.

A EVPConnect, por exemplo, é uma empresa que indicamos para quem está em busca de encontrar uma oportunidade no país luso. Trata-se de uma empresa de consultoria especializada na contratação de brasileiros de TI para trabalhar em Portugal.  Ela atua fornecendo mão de obra especializada às empresas portuguesas que procuram profissionais para preencher vagas de TI.

Além de fazer a contratação do profissional, a EVPConnect oferece todos os benefícios de consultoria que listei acima. E por ser uma empresa luso-brasileira, busca exatamente por profissionais de TI brasileiros para atender a deficiência do mercado português. Nós já escrevemos um artigo completo sobre a EVPConnect, confira mais detalhes sobre ela.

Vale a pena candidatar a vagas de TI em Portugal?

Vale muito a pena candidatar a vagas de TI em Portugal. O país oferece excelentes oportunidades de trabalho para esse tipo de profissional e há grandes chances de crescimento. Os salários são altos se comparados à média salarial e ao custo de vida de Portugal. Sem contar a qualidade de vida e a segurança que o país oferece.

Para quem deseja uma oportunidade em outros países da Europa, trabalhar como TI em Portugal pode ser uma ótima alternativa para começar a vivenciar o mercado de trabalho europeu e uma boa porta de abertura.