Muitos brasileiros sonham em conhecer a terra da rainha, mas não sabem exatamente como viajar para a Inglaterra. O país chama a atenção de milhões de turistas todos os anos por conta da sua cultura, pontos turísticos especiais e muito mais. No entanto, às vezes é difícil saber por onde começar a organizar a tão sonhada viagem.

Por isso, preparamos um guia completo com informações úteis que você precisa para saber como viajar para a Inglaterra. Ainda, confira preços médios dos principais gastos que você pode ter. Vamos lá?

Como viajar para a Inglaterra?

A Inglaterra é o destino turístico de vários brasileiros que querem conhecer a famosa terra da Rainha. São castelos antigos, aliados a belezas naturais e muita modernidade. Tudo isso em um único país.

O primeiro passo para a viagem é começar um planejamento detalhado da documentação necessária, passagem aérea, hotel e passeios. Nunca dependa do acaso para uma viagem dessa. Separe todos os documentos, organize o seu orçamento, prepare o seu roteiro e faça uma viagem tranquila.

Restrições da Covid-19 para viajar do Brasil para a Inglaterra

Com a pandemia da Covid-19, o Reino Unido vem tomando diversas providências para proteger os seus cidadãos de novos surtos da doença. Sendo assim, frequentemente mudam-se as exigências para que turistas possam entrar no território.

Os países são listados em vermelho, âmbar ou verde no site Oficial do Governo Britânico. As regras para teste e quarentena quando você chega à Inglaterra são diferentes para cada lista.

Atualmente (última atualização em 28 de julho de 2021), o Brasil está na chamada lista vermelha. Sendo assim, pessoas que passaram os últimos 10 dias no Brasil estão proibidas de entrar na Inglaterra, exceto quem for um cidadão britânico ou irlandês, ou se tiver direito de residência no Reino Unido.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Para esses, antes de viajar para a Inglaterra, é preciso:

É importante sempre buscar as atualizações dessa lista porque, com o avanço das vacinas e diminuição dos casos de Covid-19, as restrições mudam constantemente. Veja sempre o site oficial do governo britânico.

Outra opção é conferir o site do Ministério das Relações Exteriores, que faz um apanhado das restrições na Inglaterra e outros países no mundo todo. Assim, você consegue planejar a sua viagem com tranquilidade.

Requisitos para viajar a Inglaterra como turista

Com a vacinação acontecendo, se renova a esperança de dias melhores e claro, poder fazer uma viagem para a Inglaterra com tranquilidade. Apesar das incertezas, você já pode saber o que é necessário fazer antes de viajar.

Antes de começar, é importante lembrar que nem sempre os oficiais vão pedir todos esses documentos. É por isso que talvez você conheça alguém que viajou para a Inglaterra e não os apresentou. Mas, jamais viaje sem todos os documentos necessários em mãos porque, se for pedido algum e você estiver sem, a sua entrada no país pode ser negada.

Sendo assim, lembre-se de guardar os seus documentos em um envelope ou pasta com tudo organizado para facilitar o processo, caso o agente da imigração peça para ver algum.

Passaporte

O primeiro documento indispensável para viajar para a Inglaterra é seu passaporte. Ele deve ser válido durante toda a sua estadia na Inglaterra, ou seja, não pode ter uma data de vencimento inferior a seis meses, a partir do seu embarque.

Nosso conselho é que você nunca viaje com o passaporte próximo à validade. Imprevistos podem acontecer e você poderá ficar no exterior mais tempo que o previsto. Sendo assim, sempre tenha uma folga na validade do documento, assim como algumas páginas ainda em branco.

Passagem de volta

Quando você vai visitar a Inglaterra como turista, precisa provar que tem a intenção de voltar para o Brasil, ou seja, que não pretende ficar ilegalmente no país. Sendo assim, é preciso apresentar a sua passagem de volta (pelo menos de saída da Inglaterra para outro país fora do Reino Unido).

A compra da passagem de volta não é um item obrigatório, mas facilita a sua entrada no país. Sem apresentar o documento, os oficiais de imigração na Inglaterra podem negar a sua entrada.

Comprovante de hospedagem

Outro requisito importante para passar pela imigração sem problemas é apresentar um comprovante de hospedagem. Esse comprovante pode ser:

  • Reserva de hospedagem: faça a sua reserva em um hotel ou hostel, imprima o comprovante e guarde junto a seus documentos de viagem. É importante que a reserva cubra toda a sua estadia no país. Caso você vá visitar mais de uma cidade, faça a reserva em todas corretamente;
  • Carta convite: se você for ficar na casa de um amigo ou familiar, por exemplo, essa pessoa deve fazer uma carta convite, que nada mais é que um termo de responsabilidade em que um residente legal no país assume a responsabilidade pela chegada, hospedagem e despesas de um turista.

Comprovante financeiro

Você também precisa do comprovante financeiro, ou seja, precisa provar que tem meios financeiros para se sustentar durante a sua estadia na Inglaterra. Isso é necessário para que o governo britânico não tenha que ter gastos com os turistas no país.

Além disso, não ter como se sustentar durante essa estadia pode causar desconfiança de que você não pretende sair do país.

Viajar para a Inglaterra

Mas afinal, o que pode ser o comprovante financeiro? Algumas opções são:

  • Dinheiro em espécie (valores acima de £10 mil, ou equivalente em qualquer moeda, precisam ser declarados);
  • Extratos do banco e do cartão de crédito;
  • Saldo disponível em conta-corrente ou conta internacional;
  • Limite do seu cartão de crédito;
  • Se possui um cartão pré-pago Visa Travel Money e o seu saldo.

Para viajar a Inglaterra precisa de visto?

Você sabia que brasileiros não precisam de visto para visitar a Inglaterra?

Isso mesmo, desde que você vá para uma viagem de turismo de até 180 dias, não é necessário solicitar um visto.

É importante lembrar que essa é uma vantagem exclusiva para turistas, ou seja, enquanto estiver na Inglaterra como turista, você não pode:

  • Trabalhar de nenhuma forma;
  • Reivindicar benefícios públicos;
  • Ficar mais de seis meses;
  • Casar ou registrar uma parceria civil, ou notificar o casamento/parceria civil.

Por outro lado, se você deseja ficar por um tempo maior que seis meses, trabalhar ou estudar no país, precisa solicitar um visto para Inglaterra de acordo com o motivo da viagem, que podem ser:

  • Visto de trabalho;
  • Visto de estudos;
  • Visto de visitante para casamento;
  • Visto para empreendedores;
  • Visto de inovação.

Quanto custa viajar para a Inglaterra?

Após ter todos os documentos em mãos, é preciso que você se organize financeiramente. Jamais viaje sem ter uma previsão de gastos.

Além disso, sempre tenha uma reserva a mais para o caso de possíveis emergências e imprevistos. Lembre-se sempre do velho ditado “é melhor sobrar que faltar”.

Custos de passagem

Vamos começar a entender os custos de passagem para a Inglaterra? Para te ajudar a saber os preços, realizamos uma busca no Passagens Promo para uma viagem com um passageiro em novembro de 2021 com chegada em Londres.

A pesquisa foi realizada no dia 12 de julho de 2021, confira os preços:

Local de partida Companhia aérea Escala Preço
São Paulo Latam Direto R$ 2.331
Rio de Janeiro Latam Escala em Guarulhos R$ 2.894
São Paulo Tap Escala em Lisboa (ida) e em Porto (volta) R$ 2.710
Porto Alegre Latam Escala em Congonhas (com troca de aeroporto na ida) e 1 escala em Guarulhos (volta) R$ 2.986
Belo Horizonte KLM 2 escalas no Rio de Janeiro a Amsterdã (ida e volta) R$ 3.301
Recife Latam Escala em Guarulhos (ida e volta) R$ 3.188

Custos de hospedagem

Outro custo importante é com a hospedagem. Isso porque, se você não for se hospedar com um amigo ou familiar, precisa providenciar a hospedagem para toda a sua estadia.

Os custos irão depender da localização e estrutura do local, principalmente. Por exemplo, um hotel 5 estrelas no centro de Londres custa mais caro que um 3 estrelas mais longe do centro.

Para você entender um pouco os valores, veja abaixo alguns preços que cotamos no site Booking.com.

A cotação foi feita no dia 13 de julho para um adulto em hospedagens nas principais cidades inglesas. Confira:

Localização Tipo de hospedagem Valor da diária
Westminster Borough- Londres Hotel – 3 estrelas £96
Hammersmith and Fulham – Londres Hotel – 2 estrelas £33
Westminster Borough- Londres Hotel – 5 estrelas £126
Liverpool Hostel – 3 estrelas £43
Centro de Liverpool Hotel – 4 estrelas £66
York Hotel – 4 estrelas £120
Leeds Hotel – 5 estrelas £149

Custos gerais no país

Para se ter uma ideia dos custos de uma viagem na Inglaterra, veja a tabela abaixo com alguns custos médios do país. Os dados foram retirados do site Numbeo e são referentes a 2021. Veja só:

Refeição em restaurante econômico £12
Refeição para 2 Pessoas, em restaurante médio, Três Pratos £50
Bilhetes de transporte £2,50
Tarifa de táxi (por Km) £2,80
Cinema £10

É claro que em uma viagem você quer conhecer os passeios turísticos, não é mesmo? Veja alguns valores na capital, Londres. Todos os preços são para ingressos de um adulto. Confira:

London Eye £31
Palácio de Buckingham (Salas de Estado e Jardim) £60 Família (2 adultos e até 3 crianças) – £153
Visita guiada ao parlamento britânico £26,50
Torre de Londres £29,90
Museu de História Natural de Londres Entrada gratuita, (reserva com antecedência)
Teatro Royal Albert Hall Varia conforme o espetáculo. Média entre £30 a £140
Plataforma 9 ¾ Gratuito

Precisa de seguro viagem para a Inglaterra?

Por lei, não é obrigatório contratar um seguro viagem para Inglaterra, mas esse é um passo indispensável para quem quer uma viagem tranquila e livre de dores de cabeça.

É o seguro viagem que irá te respaldar em casos de emergências médicas, por exemplo. Você sabia que o famoso NHS (National Health Service), o serviço de saúde da Inglaterra, não é gratuito para turistas? Isso significa que se você precisar de um atendimento médico, terá de arcar com as despesas, que costumam ser bem caras para turistas.

Mas, o seguro viagem vai muito além das despesas médicas e hospitalares, você também terá a coberturas para:

Um detalhe que deve ser mencionado é que nem todos os planos têm coberturas para Covid-19. Se atente se o plano escolhido oferece a proteção.

Viajar para Londres

Por isso, recomendamos o nosso comparador de seguro viagem em parceria com o Seguros Promo. Nele você pode comparar os preços de seguro viagem para Inglaterra em um único lugar. Além disso, os nossos leitores ganham desconto no site.

Economize 5% em sua compra inserindo o cupom EURODICAS5 no momento do pagamento. Para ganhar mais 5% faça o pagamento via boleto bancário.

Como levar dinheiro para viagem na Inglaterra?

Para uma viagem tranquila, você precisa separar o orçamento adequado. O primeiro ponto que você deve se atentar é que na Inglaterra a moeda é a Libra e não o Euro, como na maior parte da Europa.

Sabendo disso, você pode levar dinheiro para a viagem na Inglaterra de várias formas.

Dinheiro em espécie

É importante destacar que o brasileiro só pode sair do país com valores abaixo de R$10 mil ou equivalente em outra moeda. A grande vantagem é que se você comprar as Libras em um dia com a cotação baixa, você poderá usá-la em sua viagem sem pagar nada a mais por isso.

Por outro lado, esse processo não é prático, já que carregar dinheiro em espécie requer espaço e cuidados extras.

Cartões de crédito internacional

Se você tem um cartão de crédito internacional também pode usá-lo para levar dinheiro para Inglaterra. Mas, lembre-se que essa não é uma opção econômica. Entre as taxas você irá pagar:

  • IOF de 6% que é cobrado em todas as compras feitas no exterior;
  • Taxa de câmbio do dia do fechamento da sua fatura, que pode não ser a mesma do dia da viagem;
  • Margem de lucro da operadora do cartão.

Cartão pré-pago

O cartão pré-pago internacional funciona como se fosse um cartão de débito. Você abastece ele e pode usar na Inglaterra. Ao contratar em sua empresa de confiança, você abastece no dia que quiser e o valor da conversão será daquele dia.

Outra vantagem é que normalmente você pode acompanhar os gastos pelo aplicativo do celular. Por outro lado, o IOF de 6% também deve ser pago.

Dicas para viajar para a Inglaterra

Veja algumas dicas práticas para a sua viagem para Inglaterra ser inesquecível:

  • Prepare todos os documentos: guarde em uma pasta todos os documentos que mencionamos acima;
  • Tenha em mãos contatos importantes: ao fazer uma viagem para a Inglaterra tenha em mãos contatos importantes como o número de atendimento da sua seguradora. Assim como do consulado brasileiro na Inglaterra;
  • Estude inglês: é claro que não é preciso ser fluente para uma viagem de turismo, porém saber se comunicar no idioma é o mínimo para uma viagem confortável;
  • Faça um roteiro de viagem: a Inglaterra é grande e tem muita coisa para conhecer, uma dica é fazer um roteiro de viagem, assim você não irá perder os principais pontos turísticos;
  • Não vá só a Londres: é claro que a capital é a cidade mais famosa e cobiçada, mas uma dica é conhecer outros locais da Inglaterra;
  • Conheça a gastronomia inglesa: desde o chá das cinco até Fish and Chips, não deixe de experimentar tudo que a gastronomia inglesa tem a oferecer.

Melhores companhias aéreas do Brasil para a Inglaterra

Agora que você já sabe como viajar para a Inglaterra, também é preciso entender quais são as companhias áreas indicadas, para que você não tenha problemas durante o percurso. As empresas que fazem voos entre Brasil e Inglaterra são: Latam, Gol, British Airways,Tap, Delta, KLM, Alitália, Iberia,Turkish Airlines e AirFrance.

Sem dúvida a companhia com mais opções de voos é a Latam, por isso ela é bastante recomendada. Outras boas companhias são:

  • British Airways;
  • Turkish Airlines;
  • Tap;
  • Gol.

Duração da viagem

A duração da viagem é um assunto muito pessoal. Isso porque você deve considerar vários pontos como:

  • Disponibilidade de tempo;
  • Orçamento;
  • Lugares que gostaria de conhecer;
  • Passeios turísticos que deseja fazer.

Com tudo isso em mente, você pode adaptar o seu roteiro para as suas necessidades. Veja a estadia mínima que indicamos para você ficar em algumas das cidades mais visitadas da Inglaterra:

  • Londres: mínimo 6 dias para conhecer com calma a capital, a vida noturna e visitar os principais pontos turísticos;
  • Liverpool: 2 a 3 dias para conhecer as principais atrações;
  • Manchester: 2 a 3 dias para conhecer os principais pontos turísticos;
  • Bath: 1 a 2 dias para conhecer suas águas termais;
  • Windsor: 1 a 2 dias para conhecer o Castelo de Windsor, residência oficial da família real britânica;
  • Oxford: 3 a 4 dias para conhecer a cidade e os principais locais.

Se você está pensando em visitar a terra da Rainha, comece a planejar a sua viagem e prepare-se para aproveitar cada detalhe, desde a movimentada Londres até cidades pequenas no interior. Após se preparar para a sua viagem, veja nesse artigo 13 coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra e conheça a cultura do país.

E se você sonha em viver no Reino Unido, aconselhamos o nosso Ebook O Sonho de Viver na Europa, que traz vários relatos de reflexão e inspiração de brasileiros que atravessaram o Atlântico.