Brasileiros na Itália: saiba como é a comunidade no país

Seja pela sua riqueza artística e cultural, pela deliciosa gastronomia ou mesmo por possuir uma longa relação migratória com o Brasil, há muitos anos a Itália é um dos destinos mais procurados por quem decide morar no exterior. Existem muitos brasileiros na Itália e muitos mais querendo mudar para o país. A Itália caiu no gosto dos brasileiros, não só pelo seu charme, história e cultura, mas também por ser o país de descendência de muitos brasileiros.

Mas como vivem os brasileiros na Itália? O que é preciso para morar lá? Qual o custo de vida? Respondemos essas e outras questões neste artigo completo sobre a comunidade brasileira no país.

Como vivem os brasileiros na Itália

A relação existente entre Brasil e Itália vêm de muito tempo, mais precisamente entre os anos 1880 e 1930, quando milhões de italianos emigraram para o Brasil e aqui se estabeleceram, particularmente no sul e sudeste do país. Com o passar dos anos, essa ligação só cresceu. As culturas se misturaram e também a Itália se tornou o lar de muitos brasileiros em busca de um futuro melhor.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (Istat), existem 5 milhões de estrangeiros que residem legalmente na Itália, e destes, mais de 43 mil são brasileiros, conforme os números mais recentes do Instituto, referentes a 2016.

Sim, são tantos brasileiros que isso possibilitou, inclusive, a formação de várias comunidades e associações de imigrantes que se unem para reviver e propagar a cultura brasileira na terra da pizza.

Sonho de Morar na Europa?

Confira nosso livro Sonho de Morar na Europa com as jornadas de vários brasileiros que vivem atualmente na Europa e conheça todos os passos para chegar no Velho Continente e realizar o seu sonho!

O que fazem os brasileiros na Itália?

O perfil dos brasileiros na Itália consiste principalmente em estudantes e trabalhadores, bem como descendentes de italianos nascidos no Brasil que optam por viver no país europeu em razão de ligações familiares ou em busca de melhores condições de vida.

Tudo sobre os brasileiros na Itália

No entanto, como para um imigrante recém-chegado na Itália nem tudo são flores (principalmente agora que o país vive uma crise imigratória), os trabalhos para brasileiros na Itália acabam sendo os chamados “subempregos”, como garçom, auxiliar de limpeza, empregado doméstico ou vendedor, por exemplo.

Também é muito comum encontrar pelas grandes cidades, como Roma e Milão, conterrâneos, restaurantes e estabelecimentos brasileiros.

Cidades onde vivem os brasileiros na Itália

Há brasileiros em qualquer lugar do mundo, e na Itália não é diferente. É possível encontrar nossos conterrâneos vivendo em todas as 107 províncias italianas, incluindo as 14 regiões metropolitanas, segundo o Istat.

Confira as 5 cidades onde vivem mais brasileiros na Itália:

  • Milão (5.361);
  • Roma (4.767);
  • Turim (2.711);
  • Verona (1.674);
  • Florença (1.342).

O motivo de haver mais brasileiros morando em Milão explica-se pelo fato da cidade ser a mais rica do país. Ou seja, onde há mais empregos. Já em Roma, segundo lugar no número de residentes brasileiros legais, os empregos são mais voltados para o setor de turismo.

O que dizem os brasileiros sobre morar na Itália?

A maioria absoluta das pessoas que já moraram ou vivem atualmente na Itália afirma que é bom viver no país, que tem alto índice de qualidade de vida e é um dos 25 mais desenvolvidos do mundo. Veja alguns depoimentos de brasileiros na Itália:

“É um país cheio de história, que está refletida em todos os cantos. Se no Brasil você viveu sob a influência de famílias italianas, será ainda mais fácil se acostumar com o estilo de vida deles. Reuniões familiares, o senso de moda, são situações em que você vai se adaptar rapidamente, porque de alguma forma você já conhece” Denise Sena.

Como vivem brasileiros na Itália

“Minha experiência com os italianos até agora foi muito positiva. Sempre fomos muito bem tratados em todos os estabelecimentos, até uma senhorinha parou a mim e ao meu marido na rua pra nos falar para cuidarmos um do outro. Eu não falo bem o italiano, mas eu sempre tento arriscar uma coisinha ou outra, e quando eles percebem que a gente está tentando, eles têm muita paciência pra tentar entender” Giselli Garcia.

“Aqui nesse país realizei meus sonhos, tenho tudo o que preciso para viver bem, trabalho, casa própria, etc, mas lembrando, já são 17 anos de Itália, muitos anos de trabalho, muitos anos acordando às 5 da manhã e trabalhando 10 horas por dia. Tudo na vida tem um preço, a vida aqui e difícil igual no Brasil só que a diferença é que aqui temos uma qualidade de vida melhor” Jucelma Nunes.

Confira tudo sobre como morar na Itália.

O que os brasileiros não gostam sobre viver na Itália

Para nós, brasileiros, a Itália não é um país qualquer. Milhões de descendentes de italianos vivem aqui. E milhares de brasileiros vivem por lá. Ambos somos conhecidos pelo apego à família, por sermos mais apaixonados, por amarmos pizza, dentre outras afinidades.

Mas também há diferenças, veja o que os brasileiros não gostam sobre viver na Itália:

  • O italiano é mal-educado: uma das maiores críticas dos brasileiros que vivem na Itália é que o italiano é mal-educado. Isso porque são muito diretos e, por vezes, indiscretos e intrometidos, mais do que costumamos ser no Brasil;
  • Burocracia: Esse é mais um ponto em comum entre Itália e Brasil. Portanto, se você pensa em se mudar para o país para fugir da burocracia, não será bem assim. Vale destacar que iniciar uma vida na Itália é começar do zero, ter que refazer todos os documentos e etc;
  • Italiano não fala, grita: É pura verdade que uma conversa entre italianos mais se parece com uma briga. E sim, muitas vezes, quando eles falam com você, dá até raiva pela forma truculenta como se expressam. Mas, assim como os gestos exagerados, isso é cultural.
  • Muita gente fuma: isso não é uma exclusividade da Itália, porque a taxa de fumantes em todo o continente europeu é bem alta. Mas algo que os brasileiros na Itália não suportam é que você vira fumante passivo no país.

Brasileiro sofre preconceito na Itália?

É muito comum ouvir falar que italianos não gostam ou têm preconceito com os brasileiros, que brasileiro sofre xenofobia na Itália, e outras coisas. No entanto, tudo isso depende do que cada pessoa passa na Itália, nas suas relações de trabalho, etc.

Apesar do estereótipo ter se generalizado e haver muitos relatos, não é uma regra que o brasileiro é indesejado na Itália. Veja bem, o fato de você ser um imigrante acarreta sim alguns problemas, desafios na vida em outro país. Mas não especialmente por ser brasileiro.

Na verdade, os italianos são contidos e tratam como estrangeiros qualquer estrangeiro, independente da nacionalidade e do tempo em que resida no país. Com a crise imigratória, que se agravou nos últimos anos e fez, inclusive, muitos italianos saírem do país em busca de oportunidades, a situação ficou ainda mais delicada.

O que posso afirmar é que na minha experiência na Itália, sempre fui bem tratada. Quando se fala em Brasil eles ficam empolgados, falam das praias, da beleza do nosso país. São amigáveis, gratos e por mais exagerados que sejam, educados.

O mais importante na sua mudança é saber que não vale a pena morar ilegal na Itália. Por isso, antes de se mudar, busque conversar com brasileiros na Itália, dar entrada em todos os documentos necessários para a mudança, e fazer tudo conforme manda o figurino.

Veja nesse artigo 10 coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Itália.

Documentos para morar na Itália

Para quem não tem dupla cidadania, morar na Itália não é simplesmente comprar a passagem e ir. É necessário planejamento (tanto financeiro quanto de documentação), tirar um visto, alugar uma casa, conseguir um emprego. Tudo isso demanda tempo (e paciência).

Tipos de visto para morar na Itália

Entre os brasileiros na Itália, existem diversas histórias com diferentes categorias de vistos conseguidos:

  • Visto de Trabalho subordinado;
  • Visto de Trabalho Autônomo;
  • Visto de Estudo Universitário;
  • Visto de Intercâmbio;
  • Visto de Estágio;
  • Visto de Missão Religiosa;
  • Visto para tratamento de saúde;
  • Visto para aposentados.

O que tem em comum nesses vistos é a documentação que você tem que apresentar para obtê-los, afinal quando você for mudar para lá você tem que dizer para que.

Documentos comuns necessários para visto de brasileiros na Itália

  • Passaporte (na validade);
  • Foto 3×4 recente, a cores, fundo branco;
  • Documento que explica o motivo do visto (carta de aceite na universidade, contrato de trabalho, entre outros);
  • Comprovante de que tem como se sustentar na Itália;
  • Comprovativo de morada na Itália.

Depois de chegar na Itália

Depois que tirar o visto e marcar a viagem (nunca marque a viagem sem tirar o visto antes), quando você chegar terá que tomar providências de alguns outros documentos, como o Permesso di soggiorno.

Permesso di soggiorno

É, traduzindo ao pé da letra, uma permissão de estadia. Deve ser solicitado antes de completar 8 dias que está no país. Pode ser pedido nas agências de correio italianas (poste italiana), na área de sportello amico, onde você vai pegar o kit giallo (um kit com os documentos que você deverá preencher e a lista dos documentos que vai precisar).

Custo de vida na Itália

Já falamos inúmeras vezes que o custo de vida é o quanto você vai gastar para viver em um lugar vai depender da maneira como você vive (e onde você vive). É claro que existem alguns gastos básicos, mas as contas, gastos com alimentação e lazer são valores variáveis.

Vamos usar como exemplo uns valores básicos, de gastos na Itália, em uma cidade de custo de vida médio (Roma, Florença e Milão, por exemplo, são bem mais caras).

Moradia

Esse será o gasto mais alto entre todas as suas despesas. O aluguel de um apartamento de 1 quarto custa em média 600€ se for no centro da cidade e um apartamento com 3 quartos custa em média 1.000€.

Contas

As contas serão variáveis, dependendo do tanto que você gastar. No inverno, por exemplo, a conta de gás fica bem mais alta devido ao uso de aquecedores.

  • Eletricidade, aquecimento, água e taxa de lixo: 140€ por mês (2 pessoas);
  • Gás: 25€;
  • TV + internet: 35€.

Diversão

  • Cinema: 8€;
  • Teatro: 30€;
  • Futebol: 25€;
  • Shows: 40€;
  • Saída à noite (balada): 50€.

Alimentação

Comer fora de casa é sempre mais caro. Em um restaurante você irá gastar em média 15€ por pessoa. Se for fazer a compra em um supermercado, gastará em torno de 200€ por mês (2 pessoas).

Transporte

Muitas cidades estão preparadas para que as pessoas utilizem as bicicletas como meio de transporte. Mas caso você precise utilizar um transporte público, lembre-se de fazer as contas e ver se vale a pena comprar um passe mensal, que custa em média 40€ (normalmente sai mais barato, dependendo do número de vezes que você precisa do transporte por mês).

Estudar na Itália

Muitos brasileiros na Itália se mudaram para o país para estudar. Antes de mais nada, é importante lembrar que as universidades públicas na Itália não são de graça, elas têm em média um custo anual de 1.500€.

Para estudar na Itália é necessário o visto de estudos, que é pedido no consulado da Itália no Brasil. Para solicitar o visto, além dos documentos pessoais, é necessário comprovar que foi aceito na universidade (mostrar o comprovante de matrícula, por exemplo).

Trabalhar na Itália

Os brasileiros na Itália concordam que não é fácil arrumar trabalho por lá. Por isso, ao planejar a sua mudança de país, deverá ter isso em mente, e ter um bom planejamento financeiro.

Não ser fácil não significa que é impossível. Existem muitos brasileiros na Itália trabalhando legalmente. Entre os profissionais mais procurados na Itália, estão:

  • Esteticista;
  • Mecânico;
  • Padeiro;
  • Cozinheiro;
  • Marceneiro.

E se você quer mesmo trabalhar na Itália, o ideal é começar já a ver as ofertas de emprego, para já saber o que te espera e, quem sabe, já sair do Brasil com uma oferta de trabalho.

Sites para procurar emprego na Itália

Se você planeja visitar ou morar na Itália, saiba que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Leia também nosso artigo que explica tudo sobre o intercâmbio na Itália!

Oi! Me chamo Andréia, sou brasileira, jornalista, especialista em Marketing e consultora de viagens (sim, ajudo as pessoas a fazerem o que existe de melhor!). Em 2019 morei na encantadora cidade do Porto, em Portugal, e conheço ainda outros 13 países da Europa, com destaque para Alemanha, Espanha, Itália, França, Holanda e Dinamarca. Meu interesse por lugares, culturas, cafés alternativos e cidades antigas beira ao vício, e por isso resolvi unir minhas duas paixões: viagens e escrita, para inspirar, ensinar e informar que o mundo é mais acessível e seguro do que a gente pensa, e muito mais maravilhoso do que a gente jamais poderia imaginar! Espero que tenha gostado da leitura.

Julia é brasileira, formada em Turismo, morou 6 anos em Portugal e hoje mora em Budapeste. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Artigos relacionados

Como morar na Itália: visto, custo de vida e melhores cidades

Se você quer morar na Itália confira tudo o que precisa saber sobre o país: tipos de visto, empregos, como estudar, custo de vida, saúde e muito mais.

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidades da Itália: conheça as principais e informações sobre o país

Confira informações sobre as cidades da Itália, como: qual é a mais importante, quais são as mais lindas e sugestão de roteiro pelo país.

Sites para alugar apartamento na Itália: conheça os melhores

Confira uma lista com os melhores sites para alugar apartamento na Itália e descubra os principais requisitos e quais são as melhores cidades para morar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube