Coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal: confira nossa lista

Portugal está cheio de brasileiros e nas ruas é possível encontrar muitos conterrâneos pelo país luso. Além de estudar em Portugal, muitos brasileiros têm vindo para investir no país. Mas existem hábitos e costumes difíceis de nos acostumarmos por aqui, principalmente para os recém-chegados. Hoje vamos te contar quais as coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal. Vamos lá?

Confira coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal

Preparamos uma lista com algumas das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal. Se você tiver algo para acrescentar deixe nos comentários. Vamos adorar saber a sua opinião.

Burocracia

Portugal inventou a burocracia. O serviço público muitas vezes é defasado de tecnologia, o número de funcionários públicos em muitos setores é pequeno e há muito papel para resolver. Os brasileiros que chegam em Portugal precisar fazer uma série de documentos:

  • Visto no SEF (assim que chegamos e também a renovação a cada um ou dois anos – dependendo do tipo de visto);
  • NIF nas Finanças;
  • Senha de acesso ao site das Finanças;
  • Número de utente do Centro de Saúde;
  • Troca da Carta de condução no IMTT;
  • NISS na Segurança Social;
  • Etc.

Tudo isso é bastante burocrático. Além disso, muitas vezes precisamos ir ao Consulado do Brasil em Portugal para pegar algum documento ou reconhecer um e as filas são longas. É preciso ter paciência e muita organização para resolver todos os documentos e burocracias da mudança. Saiba mais como funciona a burocracia em Portugal nesse artigo.

Burocracia em Portugal

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

A minha dica para quem está na fase de planejamento de mudança de país é: deixe uma procuração com alguém de sua confiança no Brasil para que possa retirar documentos, fechar contas bancárias, movimentar contas, etc. Quando moramos no exterior, muitas vezes ficamos na dependência de algum documento que precisamos no Brasil e isso pode nos dar dor de cabeça para resolver à distância.

Como já dissemos muitas vezes aqui no Euro Dicas, nunca mude de país de um dia para o outro. Faça um planejamento, junte dinheiro, organize documentos e faça tudo da maneira correta e legal. Jamais viaje para morar em um país sem um visto.

Povo pacífico (até demais)

O povo português é bastante pacífico. Isso é bom em alguns casos, mas atrapalha em outros.

Os portugueses, assim como nós brasileiros, se acostumam com aquela ideia de que “as coisas são assim mesmo” e, muitas vezes, não fazem nada para mudar. Isso acontece em diversas situações e até mesmo no ambiente de trabalho. Dizem sim para tudo e raramente questionam (e sofrem sozinhos, muitas vezes).

Baixa autoestima dos portugueses

Uma das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal é a baixa autoestima que os portugueses têm. Muitos deles se acham inferiores e não sabem o grande país que têm. Os portugueses, de modo geral, gostam de reclamar e lembrar do passado (dos tempos antes da União Europeia), ou mesmo, dizer os que os demais países da Europa são melhores.

Acontece que muitos deles não viajam para os demais países e não imaginam como “os países mais ricos da Europa” estão. Há um mito muito grande entre o que nos contam na televisão e nos filmes, o que realmente é a realidade.

Não se arriscam

Você pode encontrar pessoas trabalhando há vários anos no mesmo trabalho, mesmo que estejam odiando fazer aquilo. O povo português tem medo de arriscar e opta sempre pelo mais seguro.

Um trabalho público, um fundo de investimento europeu, uma pensão do governo, um trabalho no privado que pague suas contas, mesmo não estando realizado profissionalmente. De modo geral, o português tem receio de arriscar e tentar fazer algo diferente.

Chuva

Se tem uma coisa que nenhum brasileiro gosta em Portugal, é o clima chuvoso. É muito diferente do Brasil. Mesmo para quem é de São Paulo, a famosa terra da garoa.

A chuva e o frio prejudicam muito a adaptação dos brasileiros no país europeu. Nós até conseguimos enfrentar as baixas temperaturas vestindo roupas pesadas, toucas, luvas, cachecóis. Entretanto, da chuva é difícil de escapar. No verão, o clima é bastante parecido com a estação no Brasil, muito quente.

Chuva em Portugal

Saiba tudo sobre o clima em Portugal.

Pode, mas não pode

Sabe o jeitinho brasileiro? Pois é, temos a herança de Portugal em muitos hábitos culturais. Por mais que aqui as coisas funcionem muito melhor que no Brasil (até porque o país é muito menor), há certos costumes e atitudes que dependem com quem você está falando.

Por exemplo: andar com cachorro no ônibus, pode ou não pode? Depende do motorista do ônibus. Pagar o bilhete do ônibus intercidades com desconto de estudante sem ter a carteirinha em mãos, pode ou não pode? Depende do motorista.

Se você é estudante e esquecer o comprovativo, certamente levará a maior bronca do motorista. Ele vai querer te vender o bilhete com desconto, e com certeza ouvirá um longo sermão.

Os portugueses são pessoas extremamente queridas e afetuosas mas, se você fizer algo errado, sem dúvida irá ouvir uma bronca. O pode, mas não pode é extremamente relativo e dependerá muito da cidade, da pessoa que te atender e da sua maneira de tratar as pessoas.

Não esqueça jamais de pedir com licença, dar bom dia, boa tarde com um sorriso no rosto. Isso faz muita diferença no tratamento em qualquer serviço que você precise por aqui.

Mercado de trabalho é uma das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal

O mercado de trabalho em Portugal é complicado e é uma das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal.

O ambiente corporativo do país tem uma relação diferente entre patrão e empregado e, dependendo da mentalidade da empresa, questionar ou sugerir pode não ser visto com bons olhos.

Recrutamento é lento

Ser contratado de forma rápida em Portugal é quase um milagre. Os processos seletivos são extremamente lentos e demorados. Você pode ficar meses esperando uma resposta ou ela pode nunca vir.

Os retornos de envio de currículos são raros, mesmo que você se encaixe perfeitamente nos pré-requisitos para a vaga de trabalho.

Quer saber mais sobre esse assunto? Veja como trabalhar em Portugal.

Negócios morosos

No Brasil giramos a 200 km/h. Tudo é rápido e para ontem. No mundo dos negócios, tempo é dinheiro. De modo geral, somos muito agilizados e resolvemos rápidos os problemas corporativos, talvez puxando o estilo americano.

Em Portugal, os processos são morosos e burocráticos. Os clientes muitas vezes não conseguem fechar um negócio rápido, dar respostas e aceitar uma solução de maneira agilizada. É preciso jogo de cintura e paciência para fazer o negócio no tempo dos portugueses.

Não há pressa

Não tente sair de casa para resolver algo rápido (no mercado, banco, repartição pública, por exemplo). Os portugueses são bons de papo e adoram jogar conversa fora.

Não ter pressa é maravilhoso para quem tem tempo disponível e, por exemplo, já está aposentado e quer botar o papo em dia. Mas pode ser complicado para quem está com pressa e ainda tem muitos anos de trabalho pela frente até a aposentadoria.

Veja outras curiosidades relacionadas no artigo sobre a cultura portuguesa.

Pedágios em Portugal

Apesar de as estradas serem muito boas, viajar de carro dentro de Portugal pode sair bem caro. O valor cobrado nas portagens (pedágios) é alto em relação ao salário mínimo do país (600€).

Por exemplo, se você for de Braga a Lisboa de carro pagará 51,10€ de pedágios para ir e voltar. Enquanto uma passagem de autocarro (ônibus) fica em média 21€. Ou seja, andar de transporte público em Portugal vale mais a pena do que ter um carro e viajar pelo país.

Além disso, existem os SCUTS que são portagens eletrônicas, uma máquina de fazer dinheiro. Quem acabou de chegar no país e não sabe como funciona pode ganhar multas altíssimas. A melhor forma de evitar os SCUTS e não esquecer de pagar é contratar o Via Verde e pagar todos os pedágios em débito em conta.

Se você não tiver o Via Verde, terá que pagar os SCUTS em uma agência do CTT (Correios de Portugal) ou em lugares que aceitam PayShop até 5 dias depois de ter passado por uma portagem eletrônica (aquelas que você não tem opção de pagar na hora). Veja também como pagar pelo site do CTT.

Se a sua intenção for morar em Portugal, leia bastante sobre as leis e sobre como funcionam as coisas para evitar multas desnecessárias. Com certeza os SCUTS e portagens estão na lista das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal.

Cigarro e fumaça em todo lugar

O cigarro ainda é um problema em Portugal e em toda a Europa. No Brasil conseguimos reduzir bastante o número de fumantes, mas em Portugal o número ainda é bastante grande. Muitas vezes nos vemos em uma situação constrangedora, na casa de amigos, com frio e muitos fumando na sala, em um ambiente totalmente fechado. Para quem não fuma é muito complicado e eles, os portugueses, acham muito normal.

O hábito de fumar em Portugal ainda considerado “bonito” e há quem fume até em restaurantes, garagens, escadas e hall do prédio. Um costume horrível e que entra na lista das coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal.

Fumar em Portugal

Saiba mais sobre costumes de Portugal.

Saúde bucal

Nós temos o hábito de cuidar bastante da saúde bucal e em Portugal ainda há uma cultura de medo de ir ao dentista e, principalmente os mais velhos, não cuidam da sua higiene bucal.

É comum ver dentes faltando e mau hálito em muitas pessoas. Os mais jovens têm mudado essa imagem, mas entre os mais idosos esta ainda é uma realidade.

Curioso para saber sobre a saúde pública em Portugal? Confira o que escrevemos sobre o sistema de saúde do país.

Os brasileiros amam Portugal

Mas nada disso atrapalha esse amor que os brasileiros têm por Portugal. Obviamente, tudo tem seu lado bom e lado ruim e é o caso de Portugal, também.

Agora que você já conferiu todas as coisas que nenhum brasileiro gosta em Portugal e está pensando em mudar para o país, recomendamos a leitura do nosso ebook Como Morar em Portugal. No livro você confere dicas exclusivas no conteúdo exclusivo pensado para tirar suas dúvidas. Leia tudo e planeje sua mudança.

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo para diversos portais.

Artigos relacionados

Como trabalhar em Portugal: visto, salários e oportunidades

Todos os passos para trabalhar em Portugal: veja como obter o visto de trabalho, média salarial, os melhores sites de emprego e mais.

Sites de emprego em Portugal: veja a lista com os melhores

Descubra os melhores sites de emprego em Portugal e algumas alternativas para encontrar a sua vaga, seja através de sites, agências ou pelas redes sociais.

Visto para Portugal: tipos, custos e como solicitar o seu

Vai se mudar para Portugal?Sozinho ou com a família? Confira o visto necessário, custos e procedimentos passo a passo para viajar tranquilo.

Como morar em Portugal em 2020 (Guia Atualizado!)

Dicas que ninguém te conta sobre como morar em Portugal na primeira pessoa: passo a passo, como conseguir um visto, qual é o custo de vida e mais.

Custo de vida em Portugal 2020: quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida em Portugal, quanto custa alugar apartamento, fazer compras do mês, gasto com saúde, transporte e salário para viver no país.

Estudar em Portugal de graça: programas e bolsas de estudo

Estudar em Portugal de graça pode ser mais comum do que você imagina, basta ser aprovado em programas de bolsas e intercâmbios. Veja como se inscrever!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube