Faculdade na Alemanha: saiba o que necessário para estudar no país

Fazer faculdade na Alemanha pode representar uma boa oportunidade de se qualificar por um custo baixo e em um sistema de ensino superior reconhecido mundialmente. Neste artigo vamos apresentar todas as etapas necessárias para quem busca fazer faculdade na Alemanha: como se candidatar, quais são os requisitos, quanto custa e quais são as oportunidades de bolsa de estudo.

Como se candidatar à faculdade na Alemanha

Primeiramente, para se candidatar para fazer a graduação na Alemanha é importante saber que não basta apenas apresentar o certificado de conclusão ensino médio brasileiro. Na Alemanha, os estudantes de ensino médio (Gymnasium) fazem uma prova final chamada Abitur, a qual é usada para admissão na faculdade.

O Abitur é oferecido no Brasil apenas aos alunos de colégios alemães bilíngues (português-alemão), tais como: Colégio Visconde Porto Seguro e Colégio Humboldt, em São Paulo, e Escola Alemã Corcovado, no Rio de Janeiro. Os alunos destes colégios podem se candidatar à faculdade na Alemanha sem qualquer impedimento e diretamente nos sites das universidades.

Se você não estudou em um colégio alemão, há ainda outras duas diferentes maneiras de acessar à faculdade na Alemanha: fazendo o Studienkolleg ou tendo cursado pelo menos um ano de faculdade no Brasil.

Studienkolleg

O Studienkolleg é um curso preparatório com duração de um ano em período integral. Para entrar em um Studienkolleg é preciso fazer uma prova e participar de um processo seletivo. É exigido alemão em nível B1, além de histórico e diploma do ensino médio com tradução juramentada. A candidatura deve ser feita em janeiro, para quem deseja iniciar os estudos em outubro, ou em julho, para quem deseja iniciar os estudos em abril.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Ao final do curso, os alunos fazem um exame chamado de Feststellungsprüfung (FSP). O resultado deste exame e o certificado de conclusão do curso garantem o acesso de estrangeiros na faculdade na Alemanha.

Quanto custa?

A maioria dos Studienkolleg são públicos e gratuitos, mas há cobrança de taxas semestrais (entre 100€ e 400€ por semestre).

graduação na alemanha

Veja o nosso post sobre os diferentes vistos para estudar na Alemanha e saiba mais sobre o visto de estudante do Studienkolleg.

Faculdade na Alemanha após ter iniciado a faculdade no Brasil

Quem não possui um Abitur, mas quer fazer faculdade na Alemanha, pode optar por iniciar os estudos em uma universidade no Brasil. Após ter cursado 2 semestres, no mínimo, é possível se candidatar à faculdade na Alemanha. A candidatura poderá ser feita de forma direta, mas deve, claro, atender a todos os requisitos específicos da universidade. Além disso, o curso iniciado no Brasil deverá ser na mesma área do curso pretendido na Alemanha.

O candidato deverá apresentar uma carta de motivação, o histórico e o diploma do ensino médio, o histórico da universidade no Brasil, cartas de recomendação e currículo. Além disso, deverá ser apresentado o resultado ou certificado de exame de proficiência (alemão e/ou inglês).

Apesar disso, ressalta-se que, via de regra, o primeiro ano no Brasil não será reconhecido ou considerado para eliminação de disciplinas. Trata-se de apenas um pré-requisito para ser admitido na universidade sem precisar passar pelo Studienkolleg.

Melhores faculdades na Alemanha

Em 2020, de acordo com o QS World University Rankings 2020, as cinco melhores universidades na Alemanha são:

1º. Universidade Técnica de Munique (TUM);

2º. Universidade Ludwig Maximilian de Munique (LMU);

3º. Universidade de Heildeberg;

4º. Universidade Humboldt de Berlim (HU Berlin);

5º. Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (KIT).

Veja o nosso artigo com as melhores cidades na Alemanha.

Quanto custa fazer faculdade na Alemanha?

Fazer faculdade na Alemanha é, em comparação com outras universidades europeias, muito barato. Inclusive, muitas pessoas afirmam que estudar na Alemanha é de graça.

Em outras palavras, de uma forma geral, quem faz graduação ou mestrado na Alemanha em universidades públicas não paga mensalidades. Entretanto, são cobradas taxas administrativas semestralmente, as quais, na maioria dos casos, cobrem o transporte coletivo, bem como contribuições sociais para as instituições que gerenciam os dormitórios e refeitórios estudantis.

Por outro lado, o estado de Baden-Württemberg é exceção à regra. Desde setembro de 2017, todas as universidades cobram 1.500€ por semestre dos estudantes com nacionalidade não-europeia neste estado. Apesar disso, estudantes com passaporte europeu são isentos desta taxa e só devem pagar as taxas administrativas semestrais.

A tabela abaixo apresenta uma comparação dos custos para fazer faculdade na Alemanha nas melhores universidades do país. Como a Universidade de Heidelberg e o KIT estão localizados em Baden-Württemberg é, portanto, cobrada uma taxa de adicional para estudantes não europeus nestas universidades. Os valores apresentados abaixo são das taxas cobradas para o semestre de inverno de 2020.

Universidade Taxa semestral (matrícula) Taxa semestral adicional (apenas para não europeus)
Universidade Ludwig Maximilian de Munique (LMU) 142,40€
Universidade de Heildeberg 171,75€ 1.500€
Universidade Humboldt de Berlim 315,64€
Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (KIT) 153,69€ 1.500€

Os valores acima são aplicáveis a qualquer curso de graduação disponível nas instituições de ensino listadas. Além disso, ressalta-se que não há cobrança de mensalidades para cursos de graduação em nenhuma das faculdades na Alemanha listadas acima.

Bolsa de estudo para fazer faculdade na Alemanha

A Alemanha oferece muitas oportunidades de bolsas de estudo. Atualmente, de acordo com a plataforma do DAAD, há cerca de 190 opções para conseguir uma bolsa de estudos no país. Infelizmente, apenas 10 programas se destinam aos estudantes de graduação e nenhum destes é aplicável aos cidadãos brasileiros.

A maioria das bolsas são para os programas de mestrado na Alemanha e cobrem todas as despesas dos estudantes durante o período do curso, como auxílio financeiro mensal, passagens aéreas e seguro saúde.

Bolsa de mérito

Para os estudantes de graduação, uma boa alternativa é a bolsa Deutschlandstipendium. Esta bolsa concede 300€ mensais aos estudantes veteranos e calouros com alto rendimento acadêmico. Anualmente, são selecionados cerca de 20 mil alunos em toda a Alemanha para receberem esta bolsa de estudos, a qual é concedida sem consideração de renda ou de nacionalidade.

Datas e prazos

Para se candidatar à bolsa Deutschlandstipendium, o estudante deve já estar matriculado em alguma universidade alemã. Os prazos são diferentes para cada universidade, mas geralmente o processo seletivo ocorre entre janeiro e março.

É importante verificar os prazos diretamente no site da universidade para a qual está se candidatando ou na qual já está estudando. A candidatura à bolsa também deve ser feita diretamente por meio do departamento de bolsas da universidade.

Ademais, outra opção é a bolsa de estudos do Programa de Líderes, da Fundação Estudar.

É importante ressaltar que não existem bolsas para fazer o Studienkolleg e que, além disso, o visto de quem se prepara para entrar na faculdade na Alemanha não permite trabalhar legalmente no país. Dessa forma, no período de preparação para admissão na faculdade na Alemanha, será necessário que o estudante possua o dinheiro necessário para se manter no país (aproximadamente 700 euros por mês).

Como funciona o ensino superior na Alemanha? É diferente do Brasil?

Tempo integral

O ensino superior na Alemanha exige, de uma forma geral, mais dedicação que em uma universidade brasileira. O quadro de horários de aulas se distribui por diferentes períodos do dia e as aulas exigem bastante preparação.

Por esse motivo, na Alemanha não é tão comum que os estudantes trabalhem em paralelo aos estudos. Muitos optam por realizar estágios durante o período de férias ou por trancar um semestre com esta finalidade.

Sem lista de presença

Outra diferença entre a faculdade na Alemanha e no Brasil é que não há lista de presença. Portanto, é responsabilidade e escolha do aluno a decisão de participar ou não das aulas.

Uma avaliação única

Além disso, no Brasil geralmente as notas são distribuídas ao longo de todo o semestre, com pequenas provas intermediárias ou trabalhos. Por outro lado, na Alemanha a maioria dos cursos terá apenas uma única avaliação final.

Sistema de pontuação diferente

Na Alemanha, o sistema de pontuação vai do 1 ao 6, sendo 1 a nota máxima e o 6 a pior nota possível. Na realidade, quem tira a nota 4 já é considerado reprovado.

Como não há controle de frequência na Alemanha, ao reprovar em uma disciplina o aluno não precisa comparecer às aulas novamente no semestre seguinte e pode simplesmente ir fazer a prova final.

colegas na faculdade na Alemanha

Veja o nosso artigo sobre morar na Alemanha.

Tem que saber alemão para fazer faculdade na Alemanha?

Quem deseja fazer a graduação na Alemanha deve, via de regra, saber alemão. Como dito anteriormente, quem opta por fazer o Studienkolleg deve ter, no mínimo, o nível B1 do idioma. Além disso, a maioria dos cursos de graduação oferecidos pelas universidades na Alemanha são em alemão e exigem o nível B2 ou C1 do idioma.

A plataforma Higher Education Compass do DAAD permite pesquisar todos os cursos oferecidos no país. De acordo com a plataforma, dos 9.201 cursos de graduação oferecidos no país, apenas 256 são em inglês. Se o seu desejo é fazer faculdade na Alemanha sem saber alemão, é recomendável que acesse esta plataforma para verificar se existe algum curso do seu interesse que seja lecionado em inglês.

Ademais, aprender alemão é muito importante para que se possa viver de forma independente na Alemanha. Não ter conhecimento do idioma do país em que se reside pode ser frustrante e te limitar na execução de tarefas cotidianas.

Tem que validar diploma na Alemanha?

Para fazer faculdade na Alemanha não é necessário apresentar a validação do diploma de ensino médio. Por outro lado, é recomendável apostilar o documento de acordo com a Convenção de Haia, bem como fazer uma tradução juramentada.

Além disso, a maioria das universidades alemãs exige que a inscrição para o processo seletivo seja feita pela plataforma Uni Assist. O objetivo é poder comparar os seus documentos com os documentos dos candidatos alemães.

Esta plataforma avalia os diplomas e demais certificados estrangeiros, bem como converte as notas do seu histórico acadêmico para o sistema de pontuação do país. Por esse motivo, quanto melhor tiverem sido as suas notas no ensino médio ou na universidade no Brasil, maiores as suas chances de ser admitido em uma faculdade na Alemanha. A primeira candidatura pelo Uni Assist tem um custo de 75€. Cada solicitação de estudo adicional no mesmo semestre de inscrição custa 30€.

Vale a pena fazer faculdade na Alemanha?

Tudo depende do seu ponto de partida, do tamanho do seu sonho e do seu objetivo final.

Fazer faculdade na Alemanha, em especial a graduação, é bastante complicado para quem não tem o Abitur, conforme mostramos neste post. São muitas etapas para a preparação e todas elas requerem um certo investimento – não só financeiro, mas também de tempo.

Graduação ou mestrado na Alemanha?

É certo que fazer faculdade na Alemanha irá ser uma experiência única e enriquecedora, que vai abrir muitas portas no mercado de trabalho, seja ele na Alemanha ou no Brasil.

Contudo, é importante que você avalie se vale a pena investir em fazer um ano de Studienkolleg ou perder um ano da graduação realizada no Brasil. Como muitos brasileiros fazem curso pré-vestibular por cerca de um ano para acessar o ensino superior, a ideia de fazer o Studienkolleg não parece ser tão ruim, caso o estudante tenha como arcar com as despesas de viver na Alemanha neste período.

O mestrado é mais simples

Por outro lado, o processo de candidatura para o mestrado é significativamente mais simples do que para a graduação. A minha experiência em faculdade na Alemanha foi durante o mestrado, a qual eu relatei neste artigo sobre mestrado na Alemanha. Dessa forma, também é importante que você avalie se não é melhor esperar e deixar para fazer apenas o mestrado na Alemanha, utilizando o período da graduação no Brasil para se planejar melhor e aprender o idioma alemão.

Tenho alguns amigos brasileiros que fizeram a graduação na Alemanha. Observo que, por terem se mudado para o país ainda bastante novos e se dedicado mais para estudar o idioma, eles estão mais integrados ao país do que os brasileiros que vieram apenas para o mestrado. Certamente, ao passar boa parte do período de transição da adolescência para a fase adulta na Alemanha, os brasileiros que optam por fazer a graduação por aqui vivem experiências únicas e crescem e aprendem muito, não só no contexto acadêmico, mas também no âmbito pessoal.

Gostou do artigo? Espero que tenha te ajudado a entender mais sobre a faculdade na Alemanha!

Luiza Maciel se encantou com a Alemanha em 2016, quando teve a oportunidade de viver no país pela primeira vez. Sempre recomenda as cervejas alemãs, as feiras de natal, e a Thuringer Bratwurst. Urbanista, é apaixonada por cidades e por mobilidade urbana. Desde 2018, vive na pequena notável Weimar, onde cursa o Mestrado em Estudos Urbanos Europeus na Universidade Bauhaus.

Artigos relacionados

Salário mínimo na Alemanha e profissões com melhores salários

A Alemanha é um país muito almejado pelos brasileiros, e pensando nisso, vamos falar tudo sobre o salário mínimo na Alemanha

Morar na Alemanha: tudo o que você precisa saber

Tem vontade de morar na Alemanha? Então leia esse artigo com tudo o que você precisa para mudar para lá: visto, clima, emprego, adaptação, idioma e mais.

Como conseguir cidadania alemã: veja o passo a passo completo

Você tem ascendência alemã ou mora na Alemanha? Saiba como obter a cidadania alemã, quanto tempo demora, quem pode solicitar, quanto custa e benefícios.

Custo de vida na Alemanha: saiba os custos de viver no país

Você sabe qual é o custo de vida na Alemanha? Veja preço de aluguel, alimentação, seguro de saúde, transporte e tudo o que você precisa saber.

Vistos para trabalhar na Alemanha: quais são e como tirar

Saiba quais são os vistos para trabalhar na Alemanha. Conheça os tipos de vistos e permissões de residência no país para os estrangeiros.

Emprego na Alemanha: guia completo para conquistar o seu

Veja como encontrar emprego na Alemanha, melhores sites para procurar emprego, salários, custo de vida, se precisa falar alemão e outras dicas.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube