Atraídos por um sistema de ensino de qualidade e por universidades (quase) gratuitas, muitos brasileiros fazem as malas para a Alemanha para realizar seus estudos de graduação ou pós-graduação. A aplicação ao visto para estudar na Alemanha é uma das primeiras etapas nesse processo e será explicada detalhadamente a seguir.

Um dos principais motivos que atraem brasileiros para a Alemanha são os custos relativamente baixos. Poucas pessoas sabem, mas, com exceção do estado de Baden-Württemberg, estudar na Alemanha é praticamente de graça, mesmo para estrangeiros. Os alunos apenas devem pagar taxas semestrais, as quais são revertidas em serviços, como, por exemplo, o transporte público.

Como conseguir visto para estudar na Alemanha?

Diferentemente do que muitos pensam, conseguir visto e estudar na Alemanha pode ser mais simples do que parece. Existem diferentes possibilidades para conquistar a sua permissão de residência no país por meio dos estudos e, o melhor de tudo, é que não há uma limitação de idade.

Além disso, você não precisa necessariamente sair do Brasil com a carta de aceite de uma universidade – como vamos explicar ao longo do artigo – ou dominar o idioma. O importante é entender em qual das modalidades você pode se encaixar e preparar a documentação necessária para entrar com o pedido de visto para estudar na Alemanha.

É importante lembrar que os vistos mencionados neste artigo são para maiores de 18 anos. Para quem pretende fazer a faculdade na Alemanha, é preciso comprovar a conclusão do ensino médio, mas também existe um visto de intercâmbio escolar ou frequência escolar, destinado a alunos com idade igual ou inferior a 18 anos.

Precisa falar alemão para pedir o visto para estudar na Alemanha?

Depende. Antes de explicar sobre as modalidades e procedimentos para obter o visto para estudar na Alemanha, é importante esclarecer algumas etapas essenciais no processo de preparação e admissão para as universidades, principalmente no nível de graduação.

O idioma não é um problema para quem vai fazer pós-graduação

Para os alunos do nível de pós-graduação, o idioma não deve ser um fator para desmotivação, pois muitas universidades da Alemanha oferecem diversos cursos em inglês. Além disso, os diplomas de graduação brasileiros são amplamente aceitos.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Assim, os alunos que almejam um curso de pós-graduação poderão, após serem admitidos em uma universidade, aplicar diretamente para um visto para estudar na Alemanha, sem a necessidade de um período preparatório no país.

Para a graduação, é preciso saber alemão

Entretanto, para os estudos de graduação, os procedimentos podem ser um pouco mais complicados, pois, além do idioma alemão, os alunos devem ter o certificado Abitur.

De forma simplificada, o Abitur é o resultado de um processo similar ao vestibular e ao ENEM no Brasil, pelo qual os alunos alemães no último ano do ensino médio passam.

Como a maioria dos brasileiros termina o ensino médio sem esse certificado, é necessário que, caso desejem estudar na Alemanha, participem por um ano de um curso preparatório, o qual se chama Studienkolleg.

Para fazer o Studienkolleg é necessário comprovar conhecimento da língua alemã. Por esse motivo, há uma modalidade de visto para estudar na Alemanha destinada a todos aqueles que desejam se preparar para entrar numa universidade, tanto fazendo o curso de idiomas, quanto fazendo o curso Studienkolleg posteriormente. Também é possível realizar o curso preparatório no Brasil, através de parceiros do Instituto Goethe.

Além disso, há uma opção de visto apenas para aprender alemão, voltado para todas as pessoas que queiram aprender alemão, para qualquer finalidade.

Tipos de visto para estudar na Alemanha

Conforme explicado anteriormente, existem diferentes caminhos para se tornar um estudante em território alemão. Por esse motivo, existem também diferentes modalidades de visto para estudar na Alemanha, conforme o seu propósito:

  • Autorização de residência para a preparação de estudos: pode ser concedido por um período máximo de dois anos. Esse período inclui curso intensivo de idiomas (mínimo 18 aulas por semana) e o Studienkolleg. Essa modalidade não permite que o estudante trabalhe legalmente no país;
  • Autorização de residência para estudante de idiomas: para aplicar para essa modalidade, o estudante deve estar matriculado em um curso de idiomas com carga horária intensiva. A duração do visto concedida será de acordo com a duração do curso. Essa modalidade também não permite trabalhar na Alemanha enquanto estudante.
  • Autorização de residência para estudante universitário (graduação ou pós-graduação): pode ser concedido por um período máximo de dois anos, podendo ser prolongado conforme a necessidade de o estudante para finalizar os estudos. Essa modalidade permite que o estudante trabalhe legalmente por 240 dias em meio-período ou por 120 dias em período integral por ano. Após a conclusão do curso universitário, os estudantes podem requerer uma nova autorização de residência, a qual é destinada para a busca de emprego (concedido por no máximo 18 meses).

Conheça também o visto para freelancers na Alemanha e veja se ele é ideal para você.

Onde solicitar o visto?

Alguns tipos de visto para Alemanha pode ser solicitado no Brasil através das Embaixadas e Consulados. Contudo, é importante esclarecer que, de uma forma geral, estudantes brasileiros não precisam de um visto para estudar na Alemanha.

Os brasileiros podem entrar no território europeu como turistas e devem, no prazo de 90 dias, solicitar para uma das autorizações de residência listadas acima. A autorização de residência só pode ser obtida na Alemanha junto ao escritório de imigração (Ausländerbehörde) na cidade em que for residir.

Documentos necessários para o visto de estudante alemão

Para requerer a o visto para estudar na Alemanha/autorização de residência, o interessado precisará apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte;
  • Formulário para concessão de uma autorização de residência preenchido;
  • Duas fotos biométricas recentes (tamanho 3,5 x 4,5 cm);
  • Documento de registro de endereço no município (Anmeldung) e contrato de aluguel;
  • Comprovante de matrícula na universidade ou no curso de idiomas, ou no Studienkolleg;
  • Comprovante de renda, existindo três diferentes possibilidades:
    • Carta de um banco alemão que informe um valor disponível em conta bloqueada correspondendo ao tempo solicitado para a autorização, o qual é calculado de acordo com estimativas de custo de vida na Alemanha. Segundo o artigo publicado em julho de 2021 no site oficial do Ministério das Relações Exteriores, o valor atual para estudantes é de 861€ por mês. Para cursos de 1 ano, por exemplo, deve apresentar 10.332€ bloqueados em conta.
    • Termo de compromisso financeiro de um anfitrião no país;
    • Carta de concessão de bolsa de estudo na Alemanha;
  • Contrato de seguro de saúde.

Saiba como abrir conta na Alemanha.

Outros documentos necessários

Embora não seja uma exigência, é recomendável levar todos os certificados e títulos acadêmicos obtidos previamente, tais como diploma de graduação e histórico, os quais devem ser apostilados pela Convenção de Haia e acompanhados de tradução juramentada para o idioma alemão. Uma empresa que indicamos para a realização de traduções é a Yellowling.

Ainda que não tenha efetuado a matrícula na universidade, é recomendável levar a sua carta de aceite na universidade alemã na mala de mão, pois este documento pode ser solicitado durante o procedimento de controle de passaportes e imigração nos aeroportos.

Além disso, não se esqueça de fazer um seguro viagem para Alemanha, especialmente para o período em que ainda não tiver contratado o seu seguro saúde no país. Um seguro viagem é essencial não só para ter assistência médica e odontológica, mas também para minimizar transtornos com bagagens extraviadas, perda de documentos ou possíveis cancelamentos de viagem.

Agendamento para o visto

É recomendável que compareça ao escritório de imigração (Ausländerbehörde) e agende a sua entrevista assim que chegar ao país, pois muitas vezes o tempo de espera por um horário pode levar vários meses, principalmente nas capitais alemãs. O agendamento deve ser presencial.

A lista atualizada com os valores necessários para a conta bloqueada, bem como os documentos exigidos, deverá ser obtida no dia em que for feito o agendamento da entrevista junto ao escritório de imigração da cidade que vai morar na Alemanha.

Aprender alemão para solicitar o visto para estudar na Alemanha
A certificação Abitur será exigida para solicitar o visto para estudar na Alemanha em caso de graduação.

Quanto custa o visto para estudar na Alemanha?

A taxa para a emissão da autorização de residência na Alemanha pode custar até 110€ e varia conforme a localidade e a situação do requerente. Normalmente, o pagamento é efetuado no dia em que ocorre a retirada da documentação e não no dia solicitação.

Quanto tempo demora?

Após a entrevista e a apresentação de todos os documentos necessários, o estudante deverá receber na sua residência uma carta informando que a autorização de residência está pronta e pode ser retirada.

O prazo para emissão da autorização de residência é de aproximadamente três semanas após a entrevista.

Com o visto de estudante na Alemanha pode trabalhar?

Sim, mas com algumas limitações. Em geral, é permitido trabalhar 20 horas semanais nos empregos conhecidos como “minijobs”, que pagam cerca de 450€ por mês. Até esse valor não é preciso pagar impostos e é completamente viável conciliar os estudos com a renda extra.

Para quem é de fora da União Europeia, são permitidos 120 dias completos de trabalho (carga horária de 8h/dia) ou 240 dias em meio período. Dentro dessas regras, é possível encontrar inúmeras vagas no setor de turismo, alimentação e até mesmo dentro das universidades.

Porém, vale lembrar que estágios não se enquadram nesse contexto e exigem um visto específico, uma vez que são considerados como empregos regulares, passíveis de impostos e com carga horária diferenciada.

Dicas

O item mais assustador para os brasileiros durante todo processo de obtenção da autorização de residência é certamente a conta bloqueada com o valor exigido para cobrir os custos de vida por um ano (10.332 euros, em 2022).

Certamente não são todas as pessoas que dispõe desse valor e, sabendo disso, os escritórios de imigração podem, em alguns casos, abrir exceções. Se você dispõe de apenas parte desse valor, é possível que seja concedido um visto para um curto período de tempo, o qual deverá ser renovado.

Outra possibilidade é conhecer um familiar ou amigo alemão que possa se responsabilizar por você e fornecer o termo de compromisso financeiro.

Conforme explicado, os estudantes universitários estrangeiros podem trabalhar em meio período por 240 dias do ano. O salário mínimo na Alemanha é considerado um dos melhores da Europa e o mercado de trabalho é bastante aquecido.

É possível que, ao apresentar um contrato de trabalho, o estudante consiga a renovação da autorização de residência, já que terá remuneração necessária para cobrir os custos de vida estimados.

Embora os processos de admissão nas universidades e de obtenção de um visto para estudar na Alemanha pareçam complexos, eles te levarão a uma oportunidade enriquecedora e única. As universidades alemãs estão se internacionalizando cada vez mais e os estudantes estrangeiros são muito bem recebidos.

E por último, não esqueça de contratar o seguro viagem ao ir estudar na Alemanha. Você pode realizar uma cotação sem compromisso através do nosso comparador de seguro viagem.