Quanto custa morar fora para estudar: veja os custos em 5 países europeus

Europa  / 

Com o mundo cada vez mais conectado, morar fora para estudar é uma realidade cada vez mais presente na vida das pessoas. Hoje vamos falar mais sobre quanto custa morar fora para estudar. Confira!

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Quanto custa morar fora para estudar: veja os custos médios

O primeiro passo para saber quanto custa morar fora para estudar é definir o país de destino. Isso porque em se tratando de países europeus, por exemplo, o custo pode dobrar ou até triplicar dependendo do destino do estudante.

Custos dos cursos e bolsas de estudo

O custo dos cursos e a possibilidade de ter uma bolsa de estudo, com certeza são pontos cruciais quando o assunto é quanto custa morar fora para estudar.

Em Portugal o custo de vida é mais baixo, porém a possibilidade de conseguir uma bolsa de estudo um pouco mais remota. Então as vezes uma coisa compensa a outra e se, por acaso, um estudante opte por um país “mais caro” e consiga uma bolsa, fica elas por elas.

Como estudar na Europa de graça: países que oferecem estudo gratuito.

Custo de vida na Europa: quanto gasta um estudante por mês

O custo de vida na Europa varia muito de país para país. Nos países do sul da Europa (Portugal, Espanha, Itália, Malta e Grécia) o custo de vida é, via de regra, mais baixo. Especialmente quando comparados com os países nórdicos.

Cada país terá um custo diferenciado que está muito atrelado ao salário mínimo praticado.

Países

Pensando nisso, eu selecionei alguns países para que você saiba quanto custa morar fora para estudar, confira:

Portugal

Portugal entrou na lista dos países preferidos dos estudantes brasileiros que pretendem estudar fora. Além do custo de vida, muitas universidades portuguesas aceitam o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) como forma de ingresso.

Vantagens:

Desvantagens:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »
  • Dificuldade para conseguir uma bolsa de estudo;
  • Pouca oferta de emprego e baixos salários;
  • Dificuldade em encontrar moradia por conta da baixa oferta e alta demanda.

Estudar em Portugal: quanto custa, visto e melhores universidades.

Irlanda

A Irlanda também se mostra um destino muito conhecido dos estudantes que pretende morar fora. O país é muito escolhido por quem pretende aprender ou aperfeiçoar o inglês e conta com uma comunidade brasileira bastante grande.

Vantagens:

  • Facilidade de visto de estudo;
  • Facilidade em encontrar trabalho e conciliar com os estudos;
  • Tendo o inglês como língua oficial, o estudante que aproveitar para dominar completamente o idioma abrirá portas para o futuro em empresas e universidades.

Desvantagens:

  • Língua pode ser uma desvantagem para quem não a domina;
  • Custo de vida da Irlanda é mais alto;
  • Dificuldade em encontrar moradia e custo elevado da habitação.

Estudar na Irlanda: descubra tudo.

Inglaterra

A terra da Rainha Elizabeth é o sonho de consumo de muitos estudantes que planejam estudar fora. O país é uma referência em educação e pode, sem dúvidas, engrandecer o currículo de quem lá estudar.

Vantagens:

  • Currículo mais valorizado depois de estudar no país;
  • Oportunidade de criar uma rede de contatos com os colegas que pode render uma oportunidade de trabalho no futuro;
  • Treinar o inglês;
  • Muitas bolsas de estudo;
  • Empregos não faltam, por isso estudar na Inglaterra pode ajudar a construir uma carreira profissional de sucesso.

Desvantagens:

  • Custo de vida na Inglaterra é muito alto, principalmente para quem converte do real para a libra esterlina (1 libra = R$ 5,15);
  • Os cursos costumam ser pagos (e muito bem pagos);
  • Clima chuvoso e frio durante quase todo o ano.

Estudar na Inglaterra: dicas sobre visto de estudante e melhores cursos.

França

A França já foi o destino de muitos estudantes brasileiros, mas o país europeu atualmente não é o mais atrativo para estudantes brasileiros principalmente por causa do idioma, já que no Brasil poucas pessoas estudam e falam francês, o que dificulta a ida para a França.

Vantagens:

  • Universidades e escolas de renome internacional;
  • Oportunidades de emprego;
  • Muitas universidades gratuitas e bolsas de estudo disponíveis.

Desvantagens:

Estudar na França: veja preços e condições de acesso em universidades.

Espanha

A Espanha é um destino muito comum dos estudantes que querem ter uma experiência internacional e estudar fora. A capital Madrid e a badalada Barcelona são cidades excelentes para quem quer estudar na Espanha.

Vantagens:

  • País muito receptivo a estudantes internacionais;
  • Diversas universidades e escolas reconhecidas mundialmente;
  • Vida acadêmica agitada e envolvente;
  • Clima mais ameno e muitos dias de sol no ano;
  • Custo de vida na Espanha é relativamente baixo em relação a outros países europeus.

Desvantagens:

  • O idioma espanhol pode ser uma desvantagem para quem não domina;
  • Burocracia e dificuldade de informação para validar diploma no Brasil (Mestrado e Doutorado).

Estudar na Espanha de graça: cursos, universidades e bolsas de estudos.

mulher estudar em casa

Principais despesas

Com certeza quando o assunto é saber quanto custa morar fora para estudar, o custo com aluguel, pagamento da universidade e alimentação são os que mais pesam no bolso. Veja abaixo os valores médios:

Aluguel

Os alugueis variam muito de país para país, mas peguei as capitais para que você tenha uma noção para o mesmo apartamento:

  • Portugal (Lisboa): 660€ (seiscentos e sessenta euros) por mês;
  • Espanha (Madri):  714€ (setecentos e quatorze euros) por mês;
  • Irlanda (Dublin): 1.165€ (mil cento e sessenta e cinco euros) por mês;
  • França (Paris):  1.191€ (mil cento e noventa e um euros) por mês;
  • Inglaterra (Londres):  £1.259 (mil duzentos e cinquenta e nove libras) por mês.

*média de valores para aluguel mensal para um estúdio mobiliado de 45 m2 em uma área normal da cidade. Mas é claro, que existem opções mais baratas nas cidades menores de cada país e também é possível alugar apenas um quarto e não um flat só para você.

Bolsa de estudo na Europa: saiba como conseguir a sua.

Alimentação

O gasto com supermercado e alimentação vai depender do estilo de vida da pessoa, porém para um estudante a média mensal é de 200€(duzentos euros) ou 50€ (cinquenta euros) por semana.

Gastos gerais

Para amenizar os gastos e tentar não gastar muito, a melhor coisa a se fazer é alugar um quarto. É prática comum nas universidades o anúncio de vagas em quartos e isso faz com que o estudante gaste bem menos e conviva bem mais com outros colegas.

Entre os gastos gerais, os mais comuns são:

  • Água: 30€ (trinta euros) por mês;
  • Luz: 60€ (sessenta euros) por mês;
  • Telefone celular: 15€ (quinze euros) por mês;
  • Internet: 30€ (trinta euros) por mês.

Os custos são estimados para um apartamento de 2 quartos para um casal. Além disso os custos com energia tendem a dobrar nos meses de inverno por conta da necessidade de aquecimento.

Seguro viagem e saúde

A melhor coisa a fazer quando for estudar fora é contratar um seguro viagem. Além da tranquilidade de contar com um seguro, nos países que fazem parte do Tratado de Schengen, o documento é obrigatório. Nós já escrevemos sobre as mais diferentes opções, confira tudo sobre o seguro de viagem para Europa.

Dicas e curiosidades para morar fora para estudar

Estudar no exterior é ter a oportunidade de conviver e fazer amizade com pessoas do mundo todo. Com certeza é uma experiência sensacional, que eu recomendo para todo mundo!

Uma outra opção de país para estudar fora é Malta, país embaixo da Itália que fala inglês. Por lá existem muitas escolas de inglês para estrangeiros (de todas as idades) e muitas até com alojamento incluído no valor. Vale a pena pesquisar como é morar em Malta.

Agora que você já tem uma ideia de quanto custa morar fora para estudar, o próximo passo é iniciar o seu planejamento financeiro e pessoal.

A busca por quartos ou apartamentos costuma ser uma das partes mais complexas na missão de morar fora para estudar, portanto nós recomendamos que você pesquise no portal Uniplaces, plataforma especializada em aluguel de imóveis e quartos para estudantes.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.