Como fazer intercâmbio na Europa: documentos, dicas e melhores países

Europa  / 

É verdade que fazer um intercâmbio fora do país pode ser de grande valor. Estudar e morar em um local com outra cultura é algo muito atraente e não é apenas o componente acadêmico de fazer um intercâmbio internacional que conta. Viver e estudar no exterior também enriquece a vida pessoal que, em última análise, permanecerão com você pelo resto de sua vida. Mas você sabe exatamente como fazer intercâmbio? Se você está cheio de dúvidas, acompanhe o nosso guia completo e descubra tudo o que você precisa fazer para realizar o seu sonho!

Como fazer intercâmbio

De maneira simples, o intercâmbio é uma viagem internacional com o objetivo de desenvolver e aprimorar seus conhecimentos. Pode ser para aprender ou melhorar a fluência em um idioma e/ou intercâmbio de trabalho e voluntariado.

Você pode escolher o que condiz mais com o seu perfil. Nó destacamos oito modalidades de intercâmbio interessantes: curso de idiomas, high school, work and travel, au pair, graduação, pós-graduação, voluntariado e 50+. Mas também existem programas focados na área profissional.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Confira as nossas dicas completas e saiba como fazer intercâmbio de graça na Europa.

Tipos de intercâmbio

Um dos tipos mais comum de intercâmbio é o curso de idiomas. Nele, o aluno se matricula em uma escola específica para aprender determinada língua. É possível estudar meio período ou o dia todo.

Além da escola, você também precisa se preocupar com a sua estadia. Você pode ficar em uma residência estudantil oferecida pela escola, casa de família ou até mesmo ficar por conta própria.

Saiba como aprender espanhol.

como fazer intercambio

Work and Travel

Já no intercâmbio Work and Travel, além do período de estudo, também é possível trabalhar no país de forma legal. Uma ótima oportunidade de treinar o idioma e ainda ganhar uma grana.

Ficou interessado? Então saiba como funciona o intercâmbio em Londres.

High School

Na modalidade High School, o aluno passa um semestre ou um ano no exterior, na sua série correspondente ao ensino médio brasileiro. O estudante vai ter toda a experiência de estudar em um ensino médio internacional.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Além disso, as agências de intercâmbio também disponibilizam high school na época das férias escolares. Com certeza, um ótimo desafio!

Au Pair

O intercâmbio Au Pair é a modalidade na qual você trabalha como babá. Você fica hospedado na casa da família em que será babá e recebe remuneração anteriormente combinada. Inclusive, algumas famílias se disponibilizam para pagar o estudo do aluno.

Para te ajudar, saiba como funcionam as feiras de intercâmbio no Brasil.

Ensino Superior

Caso você já tenha ingressado na faculdade, também é possível fazer intercâmbio para aprimorar a experiência de seu curso. Muitas universidades, principalmente as públicas, tem parceria com agências de fomento do Brasil, como por exemplo, CNPq e CAPES. Estas agências abrem editais para intercâmbio no exterior.

Por isso, é preciso estar de olho no site de cada instituição para não perder vagas e datas. Além disto, cursando um mestrado ou doutorado no Brasil, ainda é possível fazer um intercâmbio sanduíche, no qual você cursa metade do curso na universidade do país escolhido.

No entanto, é preciso comprovar nível avançado de idioma por meio de um exame de proficiência, como o TOEFL, IELTS ou CAMBRIDGE. O teste solicitado depende de cada programa de graduação e pós-graduação.

Voluntariado

Sabemos que as ONGs são organizações de ações nobres. Seu sustento vem de doações e os voluntários são parte importante deste processo.

A boa notícia é que há diversas ONG’s nacionais e internacionais que aceitam voluntários. É uma ótima oportunidade para melhorar seu idioma e fazer o bem para quem precisa!

Leia aqui como fazer trabalho voluntário na Europa.

voluntariado

Terceira idade

Nos últimos anos, com a melhora da expectativa de vida, as agências passaram a trabalham com o intercâmbio +50.

É um tipo de intercâmbio com didática de ensino direcionada para esta idade, além de passeios já programados e muita diversão! Assim, ninguém fica de fora!

Por que fazer intercâmbio

Ao se candidatar a um intercâmbio exterior, é importante identificar seus objetivos de aprendizagem e, em seguida, se perguntar honestamente: “Por que estou interessado em fazer um intercâmbio fora do Brasil?”

Pensar em estudar ou trabalhar no exterior é empolgante, mas o aprendizado e a importância de estar imerso em outra cultura que vão definitivamente agregar valor ao seu currículo e sua visão de mundo.

Hoje em dia, saber falar mais de um idioma é um diferencial no mercado de trabalho. Por isso, fazer intercâmbio é uma maneira de aprender outra língua de um jeito muito mais rápido, além de muito mais divertido. Com certeza é um excelente investimento com retorno não apenas profissional, mas também pessoal.

Acompanhe o relato bacana de uma experiência pessoal sobre como fazer intercâmbio.

Quem pode fazer um intercâmbio?

Atualmente qualquer um pode ter a experiência de viver em outro país. É só ter vontade, o valor necessário e procurar o tipo que mais se encaixa em seu perfil.

Há agências espalhados por todo o país com programas para pessoas a partir de 10 anos com toda a segurança e estrutura. Por isso, anime-se e corra atrás de seus sonhos.

Saiba tudo sobre visto para Europa aqui.

Como faço para conseguir intercâmbio?

Para conseguir um intercâmbio é muito importante fazer uma pesquisa prévia bastante detalhada. Pesquisar os melhores países e seus costumes. Além disso, anote os valores e todos os documentos necessários para evitar qualquer dor de cabeça.

Você pode entrar em contato diretamente com as escolas de intercâmbio do país que você quer viajar. Elas podem sugerir algumas opções de moradia próximas. Ou se você preferir, também pode escolher morar sozinho ou dividir uma casa com outras pessoas.

Mas para conseguir uma experiência satisfatória com conforto e segurança, basta procurar as agências de intercâmbio. Elas já têm parceria com as escolas de idiomas internacionais mais conceituadas e disponibilizam pacotes com tudo o que você irá precisar.

Conheça também os principais sites de intercâmbio para começar a sua busca.

Documentos

Para fazer qualquer viagem internacional é necessário ter um passaporte válido e o visto destinado para o seu tipo de viagem. Pode ser visto de estudante ou até mesmo visto de trabalho.

Além de passaporte e visto, os seguintes documentos também podem ser necessários:

  • Caso o país destino exija, é necessário fazer um seguro viagem;
  • Carta de aceitação da escola;
  • Comprovação de vacina contra febre amarela.

Cada tipo de intercâmbio pode exigir outros documentos, além das exigências do país de destino. É importante ficar atento para não deixar passar nada.

Quanto se gasta para fazer um intercâmbio?

O valor de um intercâmbio pode variar muito. Vai depender da modalidade escolhida, do país de destino, o tempo de intercâmbio e se você vai estudar meio período ou integral.

Em uma simulação no site da agência de intercâmbio C.I., o intercâmbio de idiomas na cidade de Londres, com duração de três meses, curso de meio período e hospedagem em casa de família, quarto compartilhado e café da manhã sai por menos de R$16 mil. É preciso somar a este valor as passagens aéreas e o seguro saúde. A própria empresa oferece o CI Seguro Viagem, veja nossa avaliação do seguro saúde oferecido por eles.

No mesmo site, mas na cidade de St. Julian’s, na Ilha de Malta, com as mesmas condições de curso e hospedagem, o intercâmbio sai por R$18 mil. Você pode fazer diversas simulações no site e nas agências, com as condições mais favoráveis à você!

tipos de intercambio

Em quais países fazer intercâmbio?

Você deve estar se perguntando para onde ir. Para te ajudar nessa missão, vamos falar um pouco sobre os principais países que mais recebem intercambistas brasileiros.

Inglaterra

Quem nunca teve aquela vontade de curtir a terra da Rainha? Na Inglaterra, além de você ter a oportunidade de conhecer uma cultura e costumes diferentes, você terá oportunidade de aprender ou aprimorar o inglês britânico.

A Inglaterra também te encantará com o multiculturalismo, a qualidade de vida, a facilidade de se transitar pelo país com sua extensa malha ferroviária.

Acesse a nossa lista com os países mais procurados para fazer cursos de inglês no exterior.

França

Para além de toda beleza arquitetônica, a Torre Eiffel e a famosa culinária, você aprenderá uma das línguas mais charmosas do mundo. Prepare-se para experiências inovadoras e únicas.

Mas não se engane, pois existe muitas cidades lindas além de Paris: Nice, Lyon, Bordeaux, Lille, entre tantas outras. Aliás, a qualidade de vida na França chama a atenção de qualquer um.

O transporte público funciona muito bem, com uma estrutura de qualidade e eficiência. Sem contar que muitas das estações contam com a possibilidade de locações de bicicletas.

Alemanha

Você terá pela frente um país com uma história fantástica, arquitetura de cair o queixo e uma das línguas mais difíceis de se aprender (do meu ponto de vista, pelo menos!).

Além do mais, se você realmente tiver interesse em aprender alemão, será fundamental o convívio para facilitar o aprendizado. Mas apesar do idioma complicado, as faculdades alemãs têm uma excelente reputação e muitas delas lecionam em inglês.

E claro que para quem gosta de agito, a vida urbana é movimentada nas grandes cidades alemã. Além da localização privilegiada – faz fronteira com 9 países – o que facilita as viagens para quem curte conhecer outras culturas.

Espanha

A Espanha e sua proximidade com a língua portuguesa pode ser uma excelente escolha para um intercâmbio. Além de uma cultura recheada de gastronomia, o país oferece uma oportunidade fantástica de cultura e história.

A gente destaca o clima da Espanha, a língua bela e forte, a educação renomada em todo mundo e a tão conhecida noite espanhola.

Saiba também como fazer intercâmbio na Noruega.

Curtiu o nosso artigo? Então compartilhe com os seus amigos e boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.