A Itália é um país rico de história, de cultura, de arte e de tradições culinárias. O país possui ainda, diversas semelhanças, mas também, muitas diferenças com o Brasil. Assim, para que você possa conhecer melhor a “terra da bota”, separamos 15 mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber.

1. Os italianos comem massa todos os dias

Verdade.

A massa faz parte das comidas típicas da Itália e é parte de muitos dos pratos mais famosos e consumidos no país.

Nos restaurantes italianos, existem duas categorias de pratos: os primi piatti e os secondi piatti. O primo piatto é, na grande maioria das vezes, um tipo de massa e o secondo piatto, por sua vez, algum tipo de carne. Assim, podemos dizer que os italianos possuem o costume de inserir uma massa com frequência nas suas refeições.

Uma pesquisa publicada pelo jornal italiano La Repubblica, 9 a cada 10 italianos comem massa com frequência e, 1 a cada 3 pessoas come diariamente.

2. Os italianos são mal educados

Mito.

Classificar todos os italianos como “mal educados” é muito errado.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Eu já encontrei pessoas extremamente educadas e gentis na Itália, como também encontrei outras um pouco mais secas. Porém, não podemos dizer que todos os italianos são mal educados, uma vez que isso não é nem um pouco verdade.

O que acontece é que os italianos não pensam duas vezes antes de dizer alguma verdade para você, atitude que no Brasil pode soar como uma grosseria. A maioria das pessoas aqui diz o que pensa e não tenta disfarçar a própria opinião com eufemismos.

Por fim, podemos dizer também que a grande expressividade do povo italiano pode fazer com que algumas atitudes soem como falta de educação para os brasileiros. Mas, se acostume: eles possuem o hábito de se expressar de forma “exagerada”, mesmo.

3. O café da Itália é maravilhoso

Verdade.

O café da Itália é realmente muito saboroso e difere em muitos aspectos daquele que estamos acostumados a tomar no Brasil.

Máquina de café expresso
Entre mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber é que o café italianos tem uma cremosidade especial.

O café italiano é o chamado “espresso” (expresso, em português), em uma referência ao tempo que é usado para a preparação do mesmo (mais ou menos 20 segundos) e o tempo em que ele é ingerido (os italianos possuem o costume de tomar o café bem rápido e em pé, no balcão de um bar).

O “espresso” italiano pode ser considerado pequeno para um brasileiro, uma vez que, normalmente, os bares servem apenas 20 ml da bebida em uma pequena xícara. Porém, o que faz com que as pessoas se apaixonem é a cremosidade e também o sabor intenso do café.

4. Na Itália não tem pizza de Peperoni

Verdade.

Se você pedir uma pizza de peperoni (ou pepperoni) no Brasil, é provável que você irá receber uma coisa muito diferente do que esperava.

A verdade é que, dentro da língua italiana, a palavra “peperone” significa “pimentão” e, dessa forma, “peperoni” são, na verdade, “pimentões”.

A piazza de peperoni que conhecemos no Brasil é preparada com salames secos. Porém, o que poucos sabem é que essa é uma variedade de pizza criada nos Estados Unidos e, dessa forma, não recebe o mesmo nome na Itália.

Assim, se você quiser comer o equivalente à pizza de peperoni brasileira na Itália, você poderá pedir uma “pizza alla diavola”, que possui praticamente os mesmos ingredientes.

Conheça algumas tradições italianas que caíram no gosto dos brasileiros.

5. Os italianos falam com as mãos

Verdade!

Dentre os mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber, é que sim, eles falam com as mãos. É claro que o idioma na Itália tem uma gramática definida. Porém, os italianos possuem o costume de fazer um monte de gestos durante uma conversa, o que faz com que muitas pessoas digam que eles “falam com as mãos”.

A quantidade “exagerada” de gestos utilizados ao longo de um diálogo entre dois ou mais italianos pode surpreender um estrangeiro. Todavia, sabia que, para eles, essa prática é muito normal e difundida em todas as regiões da Itália. Eles nem ao menos percebem que estão gesticulando bastante ao longo de uma conversa.

Existem diversas teorias que tentam explicar o motivo de os italianos usarem tantos gestos durante os seus diálogos. Uma delas é que a península itálica foi alvo de diversas invasões durante a antiguidade e que, devido a isso, gestos eram utilizados para facilitar o diálogo entre povos diferentes que não falavam a mesma língua.

Outros estudiosos, porém, defendem que os italianos possuem o costume de “falar com as mãos” simplesmente porque são culturalmente muito extrovertidos e comunicativos.

6. Na Itália não é preciso dar gorjetas

Depende.

O que acaba confundindo muitos brasileiros é que na Itália existe o chamado “coperto”, que é uma pequena taxa (de normalmente dois euros) que é incluída na conta de um almoço ou jantar em um restaurante qualquer.

Essa taxa inclui aquilo que foi servido para você antes da refeição (como os pãezinhos e os famosos grissini) e também as gorjetas.

Porém, muitas pessoas deixam uma quantidade moderada de gorjeta ao final da refeição, mesmo pagando o coperto. Assim, podemos dizer que entre os mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber é a decisão de dar ou não gorjetas depende muito de cada um.

Descubra também as 11 coisas que você não deve fazer na Itália de jeito nenhum e evite qualquer constrangimento.

7. Todo gelato italiano é maravilhoso

Verdade.

O sorvete italiano é reconhecido mundialmente pela sua qualidade, sabor intenso e cremosidade. Não é à toa que, em 2021, o sorvete feito na Itália foi eleito o melhor de todo o mundo por uma pesquisa publicada no site Travel365.

As melhores sorveterias do mundo também estão localizadas na Itália e o ponto mais positivo de toda essa excelência é que você não precisa pagar muito para comer um gelato maravilhoso: todas as sorveterias possuem uma qualidade média e, assim, é praticamente impossível comer um gelato “ruim” na Itália.

O sorvete italiano se tornou tão famoso em todo o mundo que as sorveterias que o produzem nomeiam o seu produto de “gelato” e não de sorvete. E não é de se surpreender: os ingredientes de qualidade e a preparação delicada fazem com que o gelato italiano possua um sabor único e muito intenso, além de uma cremosidade incomparável.

8. Na Itália, dá para beber água diretamente da torneira

Depende.

Na maior parte do país, você pode beber água diretamente da torneira. Porém, entre mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber é que beber água da torneira não é recomendado beber da torneira em toda a Itália.

As águas de fontes, que normalmente ficam em praças públicas, são excelentes. Italianos e turistas levam garrafinhas para encher e aproveitar a água de qualidade que escorre dessas fontes. Você poderá encontrar várias fontes e torneiras espalhadas por toda a Itália, mas elas são especialmente abundantes nas cidades de Roma e Florença.

Todavia, beber água da torneira não é uma atitude recomendada em algumas partes do país. Na região em que eu moro na Itália (Vêneto), tomar água da torneira com frequência não é recomendado, uma vez que a água daqui possui grandes quantidades de calcário.

É claro que você pode tomar a água da torneira algumas vezes, mesmo em regiões da Itália em que o consumo não é tão recomendado. O sabor é normal e a aparência também. Porém, é melhor evitar realizar essa ação com frequência.

9. Se você se sentar para comer em um café, é mais caro

Verdade.

Os bares italianos possuem o costume de servir os mais variados tipos de cafés no próprio balcão do bar.

Assim, o cliente chega, pede o seu café e o consome de pé, no próprio balcão. Se você desejar pedir alguma coisa para comer, o processo é o mesmo. Toda a preparação e o consumo acontecem em pouco tempo.

Dessa maneira, se você decidir sentar para comer em um café, é muito provável que você irá pagar mais pelos itens que você decidir pedir. Normalmente, o valor a ser pago a mais costuma ser de um euro, que é adicionado à sua conta final.

Confira outros costumes da Itália que costumam impressionar brasileiros.

10. Vinho é muito barato mesmo

Verdade.

A produção de vinho na Itália é muito grande (basta levar em consideração que os italianos são um dos povos que mais produz e que mais consome a bebida em todo o mundo) e, com isso, os produtores conseguem vender o produto por preços muito baixos.

É claro que existem vinhos de alta qualidade que podem chegar a custar 200 euros por garrafa, como é o caso do Barbaresco Gaia (safra de 2018).

Mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber é sobre o vinho
É verdade que uma taça de vinho na Itália pode ser mais barato do que um refrigerante.

Porém, existem diversas opções de vinhos italianos muito saborosos e que possuem um excelente custo-benefício. É muito fácil, por exemplo, entrar nos supermercados na Itália e encontrar vinhos de qualidade por 1,50€ ou 2€.

O mesmo acontece em restaurantes de todo o país: em alguns casos, uma latinha de refrigerante pode ser vendida por um preço maior do que aquele de uma taça de vinho.

11. Os italianos se cumprimentam com beijos

Verdade.

Tanto os homens quanto as mulheres se cumprimentam, na Itália, com beijos. Eles possuem o hábito de utilizar dois beijos e o mesmo começa, ao contrário do que acontece no Brasil, do lado direito do rosto.

Porém, lembre-se de que o uso de beijos para cumprimentar alguém acontece somente entre pessoas que são próximas. Entre desconhecidos ou em situações formais, os italianos usam o tradicional aperto de mãos.

12. Os italianos não tomam banho todo dia

Mito.

Existe uma forte tradição no Brasil de dizer que os italianos, e também os europeus em geral, não tomam banho todos os dias. Porém, isso não é verdade: podemos dizer que esse é um dos maiores mitos existentes sobre os italianos.

É claro que muitos italianos não veem a necessidade de tomar banho todos os dias, mas isso não significa que eles são sujos ou que não possuem hábitos de higiene.

As pessoas que possuem esse costume normalmente deixam de tomar banho todos os dias no inverno, quando o suor e a transpiração são, praticamente, insignificantes.

Porém, mesmo durante as estações do ano na Itália em que são mais frias, esse hábito não é compartilhado por todas as pessoas que vivem no país. As minhas amigas italianas, por exemplo, possuem o costume de tomar dois banhos todos os dias (mesmo durante o inverno!).

13. Os italianos fumam muito

Verdade.

Dentre os  mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber é sobre o consumo de cigarro. Os italianos possuem o costume de fumar desde muitos novos, isso é verdade.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde da Itália, a porcentagem de fumantes entre a população de 14 anos ou mais é de 18,4%, o que é uma taxa muito alta, especialmente se comparada à porcentagem de 9,5% de fumantes no Brasil.

De fato, em qualquer cidade italiana você poderá encontrar pessoas das mais variadas idades fumando nas ruas, nas praças e nas áreas externas dos bares.

Na minha universidade italiana, por exemplo, a maioria dos alunos e dos professores possui o hábito de fumar durante os intervalos entre as aulas (do lado de fora da faculdade, é claro).

14. Os italianos só tomam cappuccino de manhã

Mito.

Por mais que o costume de tomar um cappuccino e comer um cornetto de café da manhã seja muito difundido em toda a Itália e, até mesmo, considerado o “café da manhã tradicional” dos habitantes da “terra da bota”, os italianos também pedem a bebida durante outros períodos do dia.

É muito comum encontrar pessoas de todas as idades tomando um cappuccino ao longo da tarde, especialmente nos balcões de bares e restaurantes.

Assim, fique tranquilo: saiba que você pode sim pedir um cappuccino durante a tarde sem medo e que essa proibição é apenas um mito!

Veja nosso guia completo para viajar para Itália e faça o seu planejamento.

15. Na Itália, os estabelecimentos fecham para o almoço

Verdade.

Se você tentar entrar em alguma loja durante o período que é considerado “horário do almoço”, é muito provável que você irá encontrar o estabelecimento fechado.

A verdade é que os italianos possuem o hábito de realizar longas pausas durante a hora do almoço. Os estabelecimentos dos mais variados tipos praticam a chamada a “chiusura pomeridiana”, ou seja, o fechamento temporário durante o horário do almoço.

Esse fechamento é muito comum em todo o país, mas especialmente em cidades pequenas da Itália e em lojas que não fazem parte de grandes redes.

O período que o estabelecimento ficará fechado também varia muito, mas costuma sempre ser um pouco longo, principalmente para nós brasileiros. Na maior parte das vezes, o intervalo começa por volta das 13:00 e acaba perto das 15:00.

Dessa maneira, para evitar surpresas, é sempre bom verificar antes de sair de casa se a loja desejada estará aberta ou não naquele determinado horário.

E aí, está planejando a sua viagem ao país da bota e gostou dessa lista de mitos e verdades sobre a Itália que você precisa saber? Então, saiba que o seguro viagem é obrigatório para todos os turistas e precisa ter cobertura mínima de 30 mil euros para as despesas médicas e hospitalares. Recomendamos o nosso comparador de seguro viagem para encontrar o plano ideal para o seu perfil de viajante.