Morar na Itália com filhos: como é, custos e se vale a pena

Itália  / 

Se você está pensando em sair do Brasil e ainda tem dúvidas sobre o processo de adaptação para morar na Itália com filhos, você chegou ao lugar certo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Saber como é a vida de imigrantes no exterior é muito importante antes de tomar qualquer decisão de mudança. Essa decisão fica mais difícil principalmente quando temos filhos, não é mesmo?

Por isso, vamos falar sobre alguns aspectos que são necessários conhecer antes de decidir morar na Itália com filhos.

Morar na Itália com filhos: educação

A educação é uma das principais preocupações dos pais quando pensam em morar na Itália com filhos. Afinal, estamos sempre buscando o melhor para os nossos pequeninos.

Vamos entender então como funciona o ensino na Itália.

Língua

Se você colocar os seus filhos para estudarem em uma escola pública, com certeza as aulas serão em italiano. Mas isso não será um problema, pois as crianças aprendem muito rápido.

Além disso, muitas escolas disponibilizam um tutor para as crianças que não falam italiano, para que elas possam desenvolver as habilidades com maior facilidade.

Porém, se você quiser, pode colocar o seu filho em uma escola internacional, onde as aulas são ministradas em inglês.

Custos do ensino público na Itália

Para quem quer morar na Itália com filhos, é importante saber quanto vai precisar gastar com a educação.

Você sabia que a educação na Itália é obrigatória a partir dos 6 anos de idade, e gratuita até finalizar o ensino médio? Pois é, por isso, quando você for morar na Itália com filhos, eles poderão frequentar o ensino público (que é de excelente qualidade), sem precisar gastar nada.

Morar na Itália com filhos: saúde

Outra preocupação comum aos pais, é a questão do acesso à saúde para os filhos. A saúde pública na Itália também é muito boa, mas o acesso é bem diferente ao que temos no Brasil.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Além da diferença da qualidade, temos também uma diferença importante, que é a gratuidade do serviço de saúde público. Na Itália, mesmo o sistema de saúde público é pago.

Por isso, ao morar na Itália com filhos, se você precisar ir ao hospital, mesmo sendo público, você precisará pagar a consulta. Porém, os valores normalmente são muito baixos (e calculados de acordo com a renda familiar).

Existem exceções: crianças até 6 anos, idosos e pessoas com dificuldades financeiras são isentos dos pagamentos de taxas moderadoras na saúde.

Morar na Itália com filhos: custo de vida

O custo de vida de morar na Itália com filhos não é assim tão grande. É claro que, quanto mais pessoas tivermos em casa, maiores serão os gastos. Mas visto que muitos serviços na Itália são gratuitos para os moradores, os gastos serão medianos.

Vamos ver alguns exemplos de gastos que um casal com filhos teria na Itália:

Aluguel

O aluguel é, normalmente, o maior gasto que temos. Por isso, ao se programar para morar na Itália, temos que ter esse gasto em mente.

  • Apartamento de 1 quarto: entre 400€ e 650€;
  • Apartamento de 3 quartos: 750€ e 1.400€.

Esses valores irão variar de acordo com a cidade e a localização dos apartamentos. Além disso, você terá que pagar o condomínio entre 70 e 100€/mês (o valor da água normalmente está incluído).

Veja mais informações sobre alugar apartamento na Itália.

Contas gerais

Além do condomínio, temos que considerar as contas gerais da casa. Vamos ver uns exemplos:

  • Gás: em torno de 25€/mês;
  • Eletricidade: em torno de 70€/mês;
  • Aquecimento: em torno de 800€ a 1200€/mês (os valores são altos principalmente no inverno, para quem tem aquecimento central);
  • Internet: em torno de 30€/mês.

Alimentação

Os gastos com alimentação, para uma família que vai morar na Itália com filhos são muito variados. Isso acontece porque tudo vai depender do estilo de vida de cada família.

Existem famílias que gostam de comer fora de casa, e assim os gastos serão maiores. Para aqueles que gostam de cozinhar em casa, os gastos serão bem menores.

Uma casal com 1 filho, irá gastar em média 500€/mês nos supermercados na Itália.

Transporte

Outro gasto importante para morar na Itália com filhos é o transporte. Algumas cidades na Itália possuem passes mensais especiais para estudantes (com preços mais baixos ou até gratuitos).

Para os adultos, os gastos com transporte público na Itália serão em torno dos 40€/mês.

Custos totais para morar na Itália com filhos

Os custos totais para morar na Itália com filhos irão variar de acordo com a região onde você irá morar e também com o seu estilo de vida.

No sul do país, por exemplo, é possível uma família com 2 filhos viver com aproximadamente 1.500€ por mês. Já nas grandes e principais cidades, o valor mínimo são 2.000€ por mês.

morar na Itália com filhos família

Morar na Itália com filhos: vantagens e desvantagens

Qualquer lugar do mundo tem vantagens e desvantagens. E muitas delas pesam na nossa decisão final de morar ou não em um novo país.

Vantagens de morar na Itália com filhos

Na minha opinião, existem muitas vantagens de morar na Itália. Vamos citar algumas delas:

  • Segurança;
  • Qualidade de vida;
  • Bom sistema de saúde;
  • Excelente sistema educacional;
  • Crianças têm facilidade para aprender idiomas;
  • Novas oportunidades de crescimento e aprendizado.

Desvantagens de morar na Itália com filhos

Existem também algumas desvantagens de estar em outro país. Vamos ver algumas:

  • Dificuldade com novo idioma;
  • Dificuldade de adaptação a uma nova cultura;
  • Dificuldade de encontrar emprego;
  • Criar os filhos longe de outros familiares.

Morar na Itália com filhos: vale a pena?

Depois de ver aqui as informações sobre morar na Itália com filhos, cabe a você decidir se vale a pena. Afinal, será uma nova vida, um desafio, mas nunca é tarde para tentar uma nova vida e estar aberto a novas oportunidades.

É necessário pesar todas as vantagens e desvantagens de morar na Itália, e se possível, conversar com pessoas que já tiveram a mesma experiência. Fazer maiores pesquisas sobre as melhores cidades para morar na Itália também é uma boa dica.

Crianças se adaptam rápido

Uma coisa boa é que as crianças normalmente se adaptam muito mais rápido do que nós a novas situações, por isso, a nossa adaptação acaba por ser mais difícil do que a delas. Além disso, elas possuem uma excelente capacidade para aprender novos idiomas, e em pouco tempo estarão falando italiano melhor do que nós.

Não se esqueça de que é necessário ter um visto para morar na Itália.

Você está pensando em se mudar para a Itália com os seus filhos? Conta aqui pra gente quais são as suas expectativas. E se você conhecer alguém que também está com esses planos, compartilhe este artigo para que ela possa se manter informada.

Nunca é demais lembrar que para entrar na Itália você vai precisar de um seguro viagem Europa. Esse documento é obrigatório para entrar no país, seja para morar ou a passeio. Leia nosso artigo, saiba tudo sobre esse seguro e como contratá-lo ao menor preço.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.