11 festas tradicionais da Espanha que você precisa conhecer

Espanha  / 

A Espanha é um dos países mais animados da Europa. Não é por qualquer razão que se encontra entre os países líderes em turismo mundial. Seja pelo clima, bastante quente e seco durante boa parte do ano, ou pelo sangue latino que corre nas veias dos espanhóis, é certo que visitar a Espanha é também se encantar e se divertir. Hoje vamos falar mais sobre as festas tradicionais da Espanha, a história de cada uma, onde acontecem, em qual época do ano e muitas outras informações. Confira!

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

A variedade de festas tradicionais da Espanha

A Espanha recebe, todos os anos, mais de 80 milhões de turistas. Atualmente o país europeu é um dos principais destinos turísticos do mundo, ficando atrás apenas da França. Se você quer conhecer o país além da animação dos bares e restaurantes cidades afora, dos lugares incríveis e da boa gastronomia mediterrânea, uma das melhores formas de aproveitar é participar das festas tradicionais da Espanha.

Além de festas tradicionais nacionais, como a Semana Santa, cada região tem festas típicas que atraem milhares de turistas e movimentam ainda mais o lugar. Como é impossível apresentar todas as festas do país, listamos as mais importantes e imperdíveis que você precisa colocar na sua lista. Confira:

1. La Tomatina

A Tomatina é considerada a maior guerra de tomates do mundo. O festival acontece em Buñol, próxima da cidade de Valência, sempre na última quarta-feira do mês de agosto. Começa às 11 da manhã e a guerra de tomates dura todo o dia.

Festas tradicionais da Espanha: La Tomatina

História da Tomatina

Sabe-se que a tradição da Tomatina remonta ao ano de 1944 quando, segundo os primeiros participantes, uma marca de extrato de tomate reuniu várias pessoas para gravar um comercial. Outros dizem que começou quando um grupo de amigos realizou uma “batalha” de tomates. Seja qual for a sua origem, desde então a festa só cresceu e leva a coroa de maior “guerra” de comidas do mundo.

A Tomatina hoje

Hoje “La Tomatina” ganhou fama e proporção mundial. Para se ter uma ideia, a prefeitura de Buñol cobra 12€ por participante e a população da pequena cidade espanhola dobra de tamanho – de 9 para 18 mil – durante o dia da festa.

Aliás, em 2012 a cidadezinha recebeu 50 mil pessoas dispostas a atirar tomate em tudo o que se movia. Foi o ano em que mais gente participou do evento.

A guerra de tomates consome milhares de toneladas da fruta e a cidade fica parecendo uma grande, encorpada e cheirosa panela com molho de tomate por todo o lado.

Como se preparar para a Tomatina

Escolha uma roupa confortável, pois o evento acontece no mês de agosto, uma época bem quente na Espanha, em que os termômetros facilmente chegam aos 40ºC.

Não deixe para ir de última hora, até porque você terá muita dificuldade em encontrar alojamento (em Buñol é praticamente impossível) e terá que desembolsar uma grana alta.

O negócio é planejamento. Portanto, se você deseja participar da Tomatina no próximo ano, acesse o site da organização e vá se preparando.

Como ir

Buñol fica a 40 quilômetros de distância de Valência e a melhor forma de ir é pegando um ônibus ou de carro mesmo.

Saiba como alugar apartamento na Espanha.

2. San Fermín

Provavelmente você já deve ter visto um vídeo onde pessoas fogem de touros bravos por ruelas estreitas. Pois é, talvez você nem sabia, mas estava vendo um vídeo das Festas de San Fermín (São Firmino), uma dos eventos tradicionais da Espanha.

A tradicional festa de San Fermín acontece sempre entre 6 e 14 de julho na cidade de Pamplona, em homenagem ao santo padroeiro da região. As corridas de touros (encierros) acontecem do dia 8 a 14 do mesmo mês, sempre às 8 horas da manhã e a duração máxima é de 4 minutos.

História de San Fermín

São Firmino foi um santo que nasceu na cidade de Pamplona, norte da Espanha. As Festas de São Firmino surgiram em homenagem ao santo ainda no século XIV.

Porém, você deve estar se perguntado: mas e os touros?  Pois é, acontece que na cidade espanhola havia feiras comerciais e assistir touradas era algo corriqueiro e aguardado por muitos.

Inclusive porque eram os proprietários do gado e açougueiros de Pamplona e região que organizavam as touradas para dar mais visibilidade, atrair compradores e fazer os melhores negócios.

San Fermín hoje

Graças a Ernest Hemingway, escritor americano mundialmente conhecido, as Festas de San Fermín ganharam fama mundial depois da publicação do romance “O Sol Também se Levanta”.

Todos os participantes se vestem de branco e levam um lenço vermelho no pescoço, antes de saírem correndo diante dos touros que são soltos nas ruas estreitas da cidade.

Mas, não é só de aventuras que se vive essa festa. Também acontecem shows, espetáculos de dança e desfiles com bonecos grandes.

Em resumo: a cidade de Pamplona, que tem 200 mil habitantes, vê sua população passar para 1,5 milhão de pessoas durante o período. Portanto, saiba que das festas tradicionais da Espanha, a de San Fermín é uma das mais importantes.

Como se preparar para a San Fermín

Julho é o alto do verão na Europa, portanto saiba que em Pamplona você vai sentir muito, mas muito calor. Então, roupas confortáveis e muita água certamente vão ajudar.

Além disso, se você não tem muito preparo físico, evite participar da corrida de touros. Isso porque são quase 900 metros de corrida até a Praça de Touros da cidade.

Também vale dizer que de 1922 até 2009, ao menos 15 pessoas morreram nas Festas de San Fermín pisoteadas por touros. Ou seja, vá, mas primeiro assista de longe e em segurança.

Como ir

Pamplona fica a 389 quilômetros da capital espanhola, Madrid. De trem, você deve ir até Saragoça e, depois de mudar de linha, chegar em Pamplona. De carro a viagem dura aproximadamente 4 horas.

Conheça outras cidades perto de Madrid: seja para morar ou fazer um bate e voltar.

3. As Fallas de Valência

Esta é uma daquelas festas tradicionais da Espanha que mostram que os espanhóis sabem organizar um grande evento.

O festival ocorre todos os anos em março na cidade de Valência e é basicamente uma festa de rua com muita animação, fogos de artifício, estátuas coloridas (ninots) que são confeccionadas em papel machê ou madeira e depois são incendiadas. Segundo os valencianos, essa é a melhor maneira de receber a primavera.

Festas tradicionais da Espanha: las Fallas

História das Fallas de Valência

A história das Fallas remonta ao século XVIII quando os carpinteiros de Valência, para homenagear São José no seu dia, queimavam os restos de madeira das oficinas.

Depois de algum tempo, as Fallas se tornaram um motivo para criticar políticos e governos. Sendo assim, os restos de madeira foram transformados em esculturas que, ao serem queimados, incentivam a renovação.

As Fallas hoje

Em 2016, as Fallas se tornaram Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade (declarado pela UNESCO) e isso significa que as festas são, para além de um atrativo turístico, importantes para as pessoas em Valência e cidades vizinhas.

Muitas pessoas consideram as Fallas como o grande carnaval de Valência.

Como se preparar para as Fallas

As Fallas são como um grande carnaval em Valência, por isso saiba que é necessário algum planejamento para participar das festividades. Especialmente no que diz respeito a alojamento, prepara-se para encontrar uma hospedagem com bastante antecedência, ou não conseguirá um lugar com bom custo-benefício.

Como ir

De Madrid, capital do país, você pode ir de avião, carro, ônibus ou trem até Valência. São 358 quilômetros entre as duas cidades, uma distância relativamente longa para os europeus. Se preferir, pode alugar um carro em Madrid e aproveitar a viagem para conhecer mais da Espanha.

4. El Cascamorras

A festa de El Cascamorras acontece todos os anos, no início de setembro, nas cidades espanholas de Guadix e Baza. Seguindo a tradição de “luta” entre as duas cidades, a festa é muito interessante e animada.

História de El Cascamorras

As cidades de Guadix e Baza são vizinhas, porém rivais. A história da festa mostra que o senhor Cascamorras, um trabalhador de Guadix, encontrou uma imagem sagrada de Nossa Senhora da Misericórdia enterrada.

O problema é que ele encontrou a imagem da santa quando estava trabalhando em Baza. O trabalho então, encorajado por seus conterrâneos, tentou levar a imagem sagrada para Guadix.

Porém, os cidadãos de Baza conseguiram evitar o feito de Cascamorras que foi punindo pelo roubo sagrado. Então o homem chegou em Guadix sem a imagem e seus conterrâneos resolveram perseguir os responsáveis.

Então, depois de muita oração o herói e seu povo fizeram as pazes. Para relembrar os eventos que servem para unir e separar, Baza e Guadix comemoram a Fiesta de Cascamorras por três dias no final do verão de cada ano.

El Cascamorras hoje

Durante os dias de festa, as cidades de Guadix e Baza recebem visitantes de todo o país e do mundo. No dia 6 de setembro, uma personagem entra na cidade de Baza e tenta roubar a imagem da Virgem.

No meio do suposto roubo, a função das pessoas que participam da festa é impedir que isso aconteça e, para isso, jogam tinta e perseguem o ladrão pelas ruas da cidade espanhola.

Como se preparar para El Cascamorras

Se você pretende conhecer uma das festas tradicionais da Espanha, precisa saber que as duas cidades (Guadix e Baza) são pequenas.

Por isso, tente reservar uma hospedagem com antecedência. Além disso, coloque roupas velhas e lembre-se: inevitavelmente você vai se sujar de tinta ao perseguir o ladrão da imagem sagrada.

Como ir

Baza e Guadix ficam no sul da Espanha, a 480 quilômetros de Madrid. Você pode ir de carro, ônibus ou trem, porém de trem você terá que ir para Málaga e depois Baza.

Dê uma olhada no mapa da Espanha, até para se orientar melhor em relação às cidades e às regiões espanholas.

5. Concurso de Castells

Uma das festas tradicionais da Espanha muito conhecida é o Concurso de Castells. Ele acontece em outubro e, em resumo, os espanhóis fazem torres humanas que “imitam” castelos na cidade catalã de Tarragona.

Festas tradicionais da Espanha: concurso de Castells

História dos Castells

O concurso dos Castells data do século XVIII e em 1776 se tem conhecimento do primeiro castelo humano de seis andares na cidade de Tarragona.

Os castellers, participantes do concurso, tem um lema que é “força, equilíbrio, coragem e sensatez”.

Castells hoje

Em 2010, a UNESCO declarou os Castells como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A cidade de Tarragona recebe milhares de visitantes que querem ver as lindas e tradicionais torres humanas de perto.

Como se preparar para Castells

Tarragona é uma cidade portuária que fica a 546 quilômetros de Madrid e a 100 quilômetros de Barcelona. Portanto, se você pretende molhar os pés no Mediterrâneo, poderá incluir Tarragona no seu roteiro.

Como ir

De trem, carro ou ônibus você consegue ir até Tarragona para ver os Castells de perto. Se preferir, pode alugar um carro em Barcelona, o trajeto dura menos de uma hora. A cidade é muito bonita e vale a pena a visita.

6. Batalha do Vinho de Haro

No fim do mês de junho, a cidade de Haro (norte da Espanha) recebe a batalha do vinho numa disputa com a cidade vizinha de Miranda de Ebro.

História da Batalha do Vinho de Haro

Sagrado como o vinho é o dia da esperada batalha: 29 de junho. Sim, e coincide com o dia de San Pedro e é inadiável. A história remonta da Batalha do Vinho que ocorreu no século VI.

Batalha do Vinho de Haro hoje

Atualmente a batalha reúne 10 mil pessoas e proporciona uma experiência sensacional aos visitantes e participantes. A arma da batalha, o vinho, é distribuído pela prefeitura da cidade e a missão é “sujar” quem está limpo.

Como se preparar para a Batalha do Vinho de Haro

Uns óculos de natação podem fazer a diferença, pois vinho no olho arde. Além disso, coloque uma roupa “descartável” para depois jogar fora se necessário.

Não esqueça de reservar uma hospedagem com antecedência, pois a cidade de Haro tem 18 mil habitantes e poucas opções de hotel e pousadas.

Como ir

Haro fica a 380 quilômetros ao norte de Madrid e você pode ir de carro, ônibus ou trem. De trem você terá que ir até Saragoça ou Loroña e trocar de trem até Haro.

7. Feira de Abril ou Feira de Sevilha

A Feira de Abril ou Feira de Sevilha é uma das festas tradicionais da Espanha. Realizada na linda e charmosa cidade de Sevilha, ela acontece nos meses de abril ou maio, sempre duas semanas depois da semana santa.

História da Feira de Abril

A primeira feira aconteceu em 1846 e surgiu originalmente como uma feira de gado. Foi um ano depois que a festa começou a se transformar em feira.

Feira de Abril hoje

Durante a semana da festa o público chega a 5 milhões de pessoas e na noite de sexta-feira, 850 mil pessoas no parque onde a feira se realiza.

Como se preparar para a Feira de Abril

Com tanta gente procurando Sevilha para visitar e desfrutar da Feira de Abril, o jeito é se antecipar e reservar um alojamento com bastante antecedência.

Como ir

Sevilha fica no sul da Espanha, a 580 quilômetros de Madrid. Você pode ir de avião, carro, ônibus ou trem dependendo do seu local de partida.

Conheça ainda a Andaluzia e o nosso roteiro completo pela região Sul da Espanha.

8. Fiestas de la Mercè

A Fiesta de la Mercè é a maior festa de rua de Barcelona e acontece sempre no final do mês de setembro. Muita música, comes e bebes, a festa é cheia de tradições.

Fiestas de la Mercè

Antes de preparar as malas saiba quanto custa viajar para Barcelona.

História das Fiestas de la Mercè

A primeira festa em Barcelona foi em 1902. De lá para cá se tornou a maior festa de rua de Barcelona e atrai, todos os anos, milhares de visitantes.

Fiestas de la Mercè hoje

O BAM, o festival Barcelona Ação Musical, conta com palcos espalhados por toda a cidade e uma programação bastante eclética onde mistura rock com pop, flamenco com folk, MPB com eletrônica e outros ritmos latinos.

Para fechar com chave de ouro, no domingo acontece uma apresentação dos castellers na Plaça Sant Jaume, bem na frente da prefeitura. As torres humanas chegam a ter 8 andares e milhares de pessoas se reúnem para assistir.

Como se preparar para as Fiestas de la Mercè

Barcelona é alegre por natureza, porém durante as Fiestas de la Mercè a cidade endoida. Vá com roupas confortáveis e prepare-se para dançar muito, comer bem e beber abundantemente.

Como ir

Você pode chegar em Barcelona de carro, avião ou trem e, para além de curtir as Fiestas de la Mercè, visitar uma das cidades mais interessantes da Europa e do mundo. Dentro da cidade o ideal é usar o transporte público em Barcelona para se deslocar e aproveitar a festa.

9. Festa dos Enfarinhados

A festa dos enfarinhados acontece na cidade espanhola de Ibi, no sudeste da Espanha (400 quilômetros de Madrid). É sempre no dia 28 de dezembro que os Enfarinhados fazem justiça.

A praça principal de Ibi é palco de uma batalha de farinha, legumes e ovos. Os enfarinhados cobram “impostos” da população e depois doam a organizações de beneficência. Porém, quem se nega a pagar, recebe um bombardeio com bombas de farinha.

Na hora do almoço ocorre um cessar-fogo e, dessa forma, os participantes da festa podem experimentar a fabulosa comida oferecida pelos restaurantes.

Depois a batalha é retomada e mais bombas de farinha são jogadas nos que se negam dar dinheiro, além de pólvora seca, danças e boa música.

História da Festa dos Enfarinhados

São 200 anos de história e a centenária Festa dos Enfarinhados ocorre sempre no dia 28 de dezembro, também conhecido por Dia dos Inocentes. O equivalente ao nosso 1º de abril no Brasil.

Ou seja, é um dia de muita brincadeira, trotes e muita, mas muita farinha e ovo na cabeça dos participantes.

Festa dos Enfarinhados hoje

A batalha maluca acontece desde 1981, mas as tradições centenárias atraem milhares de turistas para a cidade de Ibi.

Como se preparar para a Festa dos Enfarinhados

Prepare-se para a sujeira generalizada, ou seja, roupa velha e descartável é bem-vinda. Além disso, como a festa é sempre no final do ano, um bom casaco pode fazer a diferença.

Como ir

Você pode pegar uma avião para Valência e depois ir para Ibi de carro ou ônibus. A cidade fica a 126 quilômetros de Valência e é bem pequena.

Se você pretende sair do Brasil direto para a festa, saiba como viajar para a Espanha.

10. Semana Santa

A Espanha é um país de maioria católica e reúne diversas festividades religiosas por todo seu território, sendo as mais destacadas na cidade de Sevilha e Granada. Aliás, essas duas cidades são algumas das melhores cidades na Espanha para morar.

Durante a Páscoa, várias procissões percorrem nas cidades que estão decoradas com flores e símbolos religiosos.

Todos os anos milhares de turistas ficam encantados com a demonstração de fé dos espanhóis e principalmente com as canções a capela realizada nas procissões.

Semana Santa Sevilha

Como se preparar para a Semana Santa

Primeiro, escolha um destino. Praticamente todas as cidades espanholas incluem a celebração em seu calendário. Mas prepare-se, especialmente nas cidades mais tradicionais o preço das hospedagens fica bem mais caro que o normal, por isso, vale a pena garantir um lugar para ficar com muito antecedência.

Conheça também a cultura e outras tradições espanholas, bem como é comemorado o Dia de Reis na Espanha.

11. Festa Nacional da Espanha

12 de outubro é quando ocorre a Festa Nacional, uma das festas tradicionais da Espanha. O dia foi instituído com a intenção de celebrar a chegada de Cristóvão Colombo às Américas e é um feriado nacional no país europeu.

História da Festa Nacional da Espanha

Foi em 12 de outubro de 1492 que Cristóvão Colombo desembarcou no “Novo Mundo”. Porém, foi somente em 1987 que o governo espanhol o instituiu como dia nacional.

Festa Nacional da Espanha hoje

Hoje a Festa Nacional da Espanha é comemorada com uma parada militar. O desfile militar é geralmente realizado na capital espanhola, Madrid, e é presidido pelo rei espanhol, que é o chefe de estado.

O Primeiro-ministro da Espanha também participa da cerimônia, bem como outras autoridades incluindo ministros do governo, líderes do parlamento, etc.

As Forças Armadas espanholas desfilam e mostram seu poderio bélico. A Força Aérea da Espanha se apresenta e faz acrobacias  com a Patrulla Águila.

Como se preparar para a Festa Nacional da Espanha

Como um dia festivo, a Festa Nacional da Espanha serve também para demostrar ao mundo que o país europeu é unido. As ruas são tomadas por pessoas e nas varandas a bandeira espanhola marca presença.

Se você estiver em Madrid no dia 12 de outubro, prepare-se para uma grande celebração. Roupas confortáveis, água e lanches são muito bem-vindos, especialmente se você quiser assistir o desfile militar.

Como ir

Para participar da Festa Nacional da Espanha é fácil. Basta se dirigir para uma das principais vias da cidade, a Paseo de la Castellana.

Geralmente a tribuna de honra fica bem próxima ao Estádio Santiago Bernabéu, porém o desfile percorre vários quilômetros da avenida.

Dicas para participar das festas tradicionais da Espanha

Se você tiver a oportunidade de visitar as festas tradicionais da Espanha, saiba que estará em um dos países mais alegres do mundo.

Apesar de ser extremamente seguro, é importante ter atenção aos seus pertences, principalmente o passaporte. Além disso, como algumas festas são molhadas (batalha do vinho, por exemplo), é bom deixar o documento em um local seco e seguro. Leve apenas o básico para festa.

De resto é aproveitar a estadia num país maravilhoso, cheio de pessoas queridas e que são acostumadas a tratar bem seus visitantes. Tenha uma boa viagem e aproveite o melhor da Espanha!

Já está programando o calendário para conhecer as festas tradicionais da Espanha? São muitas e se você pretende conhecer ainda melhor o país, o ideal é pegar um carro e viajar sem destino. Alugar carro na Espanha é muito simples e você encontra as melhores opções no Rentcars, o site seleciona os modelos ideais para sua viagem, das principais locadoras com os melhores preços.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.

Taiana é brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilha no seu blog Partiu Espanha roteiros, dicas e as impressões de viver no exterior.