Europa

Profissões mais bem pagas na Europa: setores, salários e tendências

Algumas pessoas almejam carreira internacional, enquanto outras apenas desejam assumir cargos mais valorizados — seja em termos de incentivos internos ou salariais. Independentemente da sua pretensão, alavancar a carreira, fortalecer o currículo e ganhar bem certamente lhe deixará satisfeito. Sendo assim, confira quais são as profissões mais bem pagas na Europa — quem sabe a sua não está entre elas?

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Profissões mais bem pagas na Europa

Ao passo em que novas tecnologias e prioridades ascendem, a busca por determinados profissionais — extremamente importantes para o desenvolvimento da economia — faz com que exista constantemente um novo ranking de profissões mais bem pagas na Europa.

1. Diretor Técnico de TI

Em primeiro lugar no ranking de profissões mais bem pagas na Europa, não é surpresa que um profissional de TI esteja entre as profissões mais bem pagas na Europa — e em determinados países, o tratamento é ainda mais especial. Atualmente são muitas as ofertas de trabalho para esse setor, e os salários quase sempre são bastante atraentes.

No caso daquele que assumiu a direção técnica e que possui 7 anos de experiência, o salário anual fica em torno de 75.000€. Os mais experientes, com 15 anos ou mais de atuação, podem ganhar a média de 120.000€ ao ano.

Trabalhos bem pagos em Portugal: veja quais são as melhores áreas e salários no país.

2. Auditor Financeiro

O cargo de Auditor Financeiro é apenas o primeiro do setor de finanças neste ranking. Aqueles que têm entre cinco e sete anos de experiência profissional podem ganhar algo em torno de 47.000 e 65.000 euros brutos anuais.

Esses ganhos podem aumentar proporcionalmente de acordo com o tempo de experiência. Por exemplo, os profissionais com oito a dez anos de carreira podem ganhar entre 65.000 e 85.000 euros. Lembrando que os valores podem ser ainda mais elevados conforme o porte da empresa e o volume de negócios da mesma.

3. Analista de Dados

Muito requisitados e bem remunerados, os Analistas de Dados na Europa também podem aperfeiçoar seus salários de acordo com o tempo de experiência e qualificação. Se você começou agora e tem menos de três anos de carreira, já pode receber de 40.000 a 45.000 euros ao ano.

Profissionais com três a seis anos de experiência ganham cerca de 60.000€ e aqueles com bagagem profissional de mais de seis anos podem garantir salários de até 75.000€.

4. Diretor Financeiro

Valorizado em diversos países da Europa, um Diretor Financeiro pode melhorar seu salário de acordo com o tempo de experiência, qualificações, realizações profissionais, além de fatores como a dimensão da empresa em que atua.

Em média, um profissional com dois a três anos de experiência costuma ganhar entre 28.000 e 30.000 euros ao ano. Já o CFO (Chief Financial Officer) com mais de cinco anos de carreira pode ganhar mais de 35.000€ anuais.

5. Engenheiro

Se você é formado em engenharia de software, sistema, mecânica e mecatrônica, provavelmente terá muito espaço no mercado de trabalho europeu. Na Alemanha, por exemplo, o salário de um engenheiro mecânico pode chegar a 72.000€ ao ano; na Inglaterra, o salário inicial é de £ 35.000 anuais.

A experiência profissional, qualidade das qualificações e outros atributos podem aumentar em muito o salário desses profissionais. Alguns dos mais experientes recebem mais de 100.000€ por ano.

Você pode se interessar também pelas profissões mais bem pagas da Itália.

Profissões mais bem pagas na Europa para estrangeiros

Profissões mais bem pagas na Europa para estrangeiros

Feliz ou infelizmente, os salários pagos a estrangeiros muitas vezes são diferentes dos oferecidos a cidadãos locais. Se você pretende procurar um emprego no exterior, especialmente no Velho Continente, pode ser que um dos países a seguir seja capaz de lhe oferecer oportunidades muito bem remuneradas.

Por meio da pesquisa My Expatriate Market Pay, conduzida pela Employment Conditions Abroad (ECA), alguns países e profissões se destacaram, revelando oportunidades promissoras a estrangeiros qualificados. Confira alguns dos países com as profissões mais bem pagas na Europa para estrangeiros.

Reino Unido

Segundo a pesquisa conduzida pelo ECA, o Reino Unido é quem oferece os maiores salários de toda a Europa. Os ganhos médios para profissionais em nível gerencial médio no país é de aproximadamente $ 430.000 ao ano.

Pensando em morar em Portugal?

Venha morar em Portugal sem complicações nem imprevistos com ajuda do nosso guia Como Morar em Portugal.


Num só lugar, você aprenderá o passo a passo para conseguir trabalho em Portugal e tudo sobre custos de vida, as melhores cidades para viver, cidadania, vistos, documentos necessários, educação e muito mais.


Receba grátis o índice e primeiras páginas!

RECEBER AMOSTRA »

O setor de serviços é o que mais impulsiona a economia local, representando quase 80% do PIB. As principais vertentes desse setor incluem negócios, bancos e seguros. O Reino Unido também está entre as maiores economias industriais do mundo, especialmente a aeroespacial.

As maiores empresas farmacêuticas estão por aqui, bem como destaques para os setores automotivos e de construção civil.

Suíça

De acordo com dados reunidos pelo HSBC, estrangeiros que trabalham na Suíça ganham um salário médio de 178.616€ anuais, o que é quase o dobro do média mundial — e um dos maiores valores do mundo. Lembrando que o país não se destaca somente pelos altos rendimentos, mas também por uma excelente cultura no ambiente corporativo.

Dentre as profissões mais bem pagas na Europa, cargos de TI, serviços financeiros e biotecnologia ganham destaque especial na Suíça. No entanto, vale ressaltar que a política de imigração suíça é baseada em cotas, devendo ser comprovado que um cidadão local é incapaz de exercer determinada posição solicitada pelo estrangeiro.

Luxemburgo

Destino muito atraente para os estrangeiros, Luxemburgo tem baixas taxas de inflação e de desemprego. Aqueles que possuem formação universitária, qualificações, habilidades específicas e experiência profissional encontram emprego com certa facilidade.

Luxemburgo possui um robusto setor de serviços, bem como alta tecnologia. Hoje em dia, finanças e tecnologia são predominantes no país, com quase 150 bancos e empresas como a Amazon e Skype sediadas ali. Outra boa notícia é que os expatriados empregados no país possuem isenções fiscais especiais.

Holanda

Na Holanda você irá encontrar um expressivo número de empresas internacionais e que oferecem frequentes oportunidades de trabalho a estrangeiros. Alguns nomes incluem a Unilever, Heineken, Philips e ING Group.

A economia é estável, existem favoráveis condições fiscais e contratos flexíveis. Dentre as profissões mais bem pagas das Europa, a Holanda destaca a grande demanda por trabalhadores altamente qualificados (os chamados “trabalhadores do conhecimento”), incluindo especialistas em TI, profissionais do setor financeiro e aqueles com destaque para vendas e marketing.

Existem também alguma procura por profissionais nas áreas da saúde, educação e gerência. A Holanda também oferece benefícios fiscais aos estrangeiros empregados.

Alemanha

Uma das menores taxas de desemprego da Europa pertencem à Alemanha. Essa taxa é ainda menor em regiões como a Bavária. A German Federal Institution for Population Research conduziu um estudo que revelou que um terço dos expatriados de países não-europeus encontraram um emprego na Alemanha em menos de 12 meses.

Pessoas com diploma universitário ou qualificação profissional, experiência profissional e um conhecimento até mesmo rudimentar na língua alemã têm grandes chances de conseguir trabalho no país.

A Alemanha se vê com uma escassez de trabalhadores qualificados em profissões como cientistas, matemáticos, engenheiros, especialistas em informática e médicos. Como o país tem uma população idosa crescente, posições mais específicas nos campos da saúde como enfermagem e geriatria são requisitadas. Também estão disponíveis trabalhos para professores de inglês e hotelaria.

Os setores mais bem pagos na Europa

Setores mais bem pagos na Europa

O portal internacional de comparações salariais Paylab compilou em um ranking os setores onde estão as profissões mais bem pagas na Europa, de um modo geral, levando em consideração todos os níveis de cargos — desde os menos experientes até os cargos mais elevados de gestão. Confira o resultado:

1. Informação e Comunicação

O setor envolve os cargos de tecnologia da informação, programação, telecomunicação e mídia (TV, rádio e publicação). Informação e a moderna tecnologia da informação são os setores que movem o mundo atualmente, e os profissionais dessas áreas valem o preço do ouro.

Gerentes de TI são, hoje em dia, uma das posições mais procuradas, e os profissionais técnicos são intensamente procurados por muitos empregadores em toda a Europa. A área está em constante progresso, onde avança e inova em termos de produtos e serviços.

2. Eletricidade, gás, abastecimento de água e gestão de resíduos

Outra área muito lucrativa para quem está buscando emprego ou uma formação promissora são as empresas que fornecem suprimentos básicos para residências e empresas. São elas as companhias de eletricidade, gás, água, aquecimento, vapor, ar condicionado e gerenciamento dos resíduos — a fim de reduzir o desperdício.

3. Serviços financeiros e de seguros

Em terceiro lugar, o setor com melhor remuneração é o de serviços financeiros e de seguros, o que abrange consultoria bancária, financeira e finanças em geral. Dinheiro e garantias são setores lucrativos e, em comparação a todos os demais setores, oferece mais recompensas aos empregados em relação à remuneração básica.

4. Manufatura

O setor manufatureiro é outro onde os salários médios são relativamente altos, e reúnem algumas das profissões mais bem pagas na Europa. Aqui se encontram diversos tipos de produção industrial, especialmente a automotiva, elétrica e química.

5. Construção e setor imobiliário

Setor bastante interessante sob o ponto de vista salarial, engloba aqueles que atuam na construção, compra e venda de apartamentos para aluguel, construção de novos edifícios, apartamentos e escritórios, além de serviços imobiliários associados.

Dentre 14 setores avaliados pela pesquisa, também é possível encontrar algumas das profissões mais bem pagas na Europa nos seguintes segmentos:

  1. Setor profissional, científico e atividades técnicas
  2. Agricultura, silvicultura e pesca
  3. Administração estadual, pública e local
  4. Transporte, armazenamento e atividades postais
  5. Saúde e atividades sociais
  6. Educação
  7. Administração e serviços de suporte
  8. Comércio
  9. Hospedagem e serviços de alimentação

Não deixe de conferir também quais são as profissões mais bem pagas em Portugal

Profissões mais bem pagas em outros países

Profissões mais bem pagas em outros países

Se você tem em mente trabalhar em um país específico, pode ser conveniente consultais quais são os setores e cargos em alta por lá. Mesmo havendo um padrão entre as profissões mais bem pagas na Europa, algumas podem se diferenciar dependendo da demanda de alguns países. Confira o top 5 das profissões na Irlanda, Alemanha e Espanha.

Irlanda

A Irlanda é um dos países mais procurados por jovens nas áreas da tecnologia e também por quem está em busca em bons salários. De acordo com a Cpl Resources, a maior agência de empregos irlandesa, essas são as carreiras mais bem pagas e que estão precisando profissionais altamente qualificados.

1. Diretor de Impostos

Enquanto salários permaneceram relativamente estativos no setor de finanças e contabilidade, alguns nichos como os de impostos estão vivenciando uma enorme demanda este ano. Diretores de Impostos podem ganhar de € 85.000 a € 135.000, e um colega sênior da mesma função pode ter um salário de até € 275.000 ao ano.

2. Gerente Geral de Engenharia

No setor de engenharia, os salários que veem os maiores aumentos estão nas companhias farmacêuticas ou de biotecnologia. Entre as profissões mais bem pagas na Europa, os gerentes de engenharia dentro dessas empresas podem receber muitos benefícios, além de salários entre € 90.000 e € 150.000 ao ano. Engenheiros de equipamentos médicos também comandam os maiores salários de 2018.

3. Diretor EMEA

O setor de serviços financeiros tem previsão de crescimento entre 10 e 15% em 2019, proporcionando também um aumento nos salários. Pacotes de benefícios fazem parte das oportunidades, a afim de atrair e reter os melhores talentos no setor.

Um diretor EMEA (operante na Europa, Oriente Médio e África) do setor financeiro pode levar pra casa mais de € 350.000 ao ano. Outra área com aumento considerável de salário é a de Compliance. Um diretor de Compliance ganha até € 240.000 ao ano.

4. Diretor de Remunerações e Benefícios

A função de Recursos Humanos experimentou um enorme crescimento, e vem se tornando componente mais central para o planejamento estratégico de uma empresa. Funções especializadas, como as Remunerações e Benefícios, são as que mais crescem e, consequentemente, concentram os salários mais altos.

Um Diretor de Remunerações e Benefícios pode receber entre € 100.000 e € 160.000. Essa valorização do profissional se dá devido a importância de se contratar os melhores talentos em uma visão de longo prazo da empresa.

5. Vice-Presidente de Qualidade

Especialmente no setor farmacêutico, os salários desse cargo aumentaram graças ao número de startups emergindo, uma abrupta competitividade e alta demanda por talentos especializados.

Um vice-presidente de qualidade em 2018 costuma ganhar entre € 180.000 e € 220.000 ao ano. O setor de qualidade também é uma das áreas com maior demanda este ano.

As profissões mais bem pagas na Holanda podem te surpreender! Veja quais são elas.

Alemanha

A CareerAddict, administrada também por uma empresa irlandesa, é conhecida por fornecer informações relevantes sobre o mercado de trabalho ao redor do mundo. Segundo seus dados, essas são as carreiras mais bem remuneradas na Alemanha em 2018.

1. Diretor Executivo

Os diretores executivos em companhias com 25 funcionários ou menos normalmente ganham € 170.000 por ano, mas você pode ganhar até € 379.000 em empresas entre 500 e 1000 funcionários. As empresas com mais de 5 mil empregados podem te pagar até € 807.000.

Esses ganhos também dependem muito da empresa que estiver empregando. Por exemplo, durante o período em que Martin Winterkorn foi CEO da Volkswagen, ele ganhava em torno de € 15 milhões por ano — nada mal, não?

2. Ministro Federal

Um Ministro Federal ganha, em média € 14.000 por mês, ou € 168.000 por ano. Angela Merkel, por sua vez, que é chanceler da Alemanha, ganha em torno de € 17.000 ao mês, ou € 204.000 ao ano e ainda recebe uma compensação livre de taxas no valor de €1.000 por mês.

3. Banqueiro de Investimentos

Esses profissionais podem ganhar até € 150.000 em seu primeiro ano de emprego. As posições sêniores de banqueiros de investimentos podem ganhar € 300.000 ou mais por ano.

4. Gerente de Vendas

Nos setores de vendas e marketing, os profissionais com experiência podem fazer até € 134.000 por ano. Enquanto isso, os especialistas sêniores ganham a média anual de € 88.000 e os gerentes de contas recebem € 94.000.

5. Gerente de Laboratório

Gerentes com experiência normalmente são pagos com algo em torno de € 123.000 ao ano. A título de comparação, o mesmo cargo no Reino Unido paga entre £ 72.000 e £ 78.000 anuais.

Existem muitas profissões em falta em Portugal. Veja se a sua está entre elas.

Espanha

Reunidos e lançados pelo The Daily Prosper, portal do grupo Santander, listamos a seguir as 5 profissões mais bem pagas da Espanha.

1. Piloto comercial

Apesar do aparecimento de diversas companhias aéreas low-cost, talvez a profissão não desfrute tanto do glamour do passado. Mas acredite, ao menos na Espanha os pilotos permanecem no topo do ranking salarial e, num top 10, eles também estão entre as profissões mais bem pagas na Europa.

O salário base dos capitães varia entre € 56.000 e € 120.000 por ano, dependendo da companhia, mas ainda existem bônus e outros mimos que acompanham os rendimentos. A notícia melhora ainda mais para os pilotos mais experientes; se você tem, por exemplo, mais de 10 anos de voo, pode receber facilmente um salário base de até € 200.000 anuais.

2. Cirurgião

A saúde também é um importante setor na escala salarial, onde até mesmo os profissionais do setor público têm um salário-base superior a € 56.000 ao ano. Essa quantia pode variar em até 35% dependendo de onde atuam.

Além disso, o trabalho no setor público pode também ser combinado a um posto similar na saúde privada, onde os salários variam entre € 60.000 e € 100.000 anuais, dependendo da especialidade e, claro, do seu prestígio como profissional.

Agora, se você quer mesmo ganhar dinheiro, deve saber que os cirurgiões são os mais bem pagos. Embora o montante final dependa de uma série de fatores como a especialidade, horas extras e prestígio, os salários geralmente são superiores a € 100.000 por ano. E mais, se você for um cirurgião plástico, pode ganhar € 150.000 por ano ou mais.

3. Ortodontista/Implantologista

Com um salário médio que ultrapassa os € 65.000 ao ano, ortodontistas e implantologistas estão entre os profissionais mais bem pagos. Embora esse salário possa oscilar para mais ou para menos em quase € 22.000, dependendo do tamanho da empresa, os ganhos ainda são atrativos.

Este é também um setor promissor e está entre as profissões mais bem pagas na Europa, já que existe uma crescente valorização da própria imagem e aos cuidados pessoais.

4. Diretor de Projetos de Engenharia

Uma coisa é ser engenheiro, e outra muito diferente — e melhor, financeiramente dizendo — é ser um diretor de projetos. O nível de responsabilidade de um diretor é muito maior, havendo a necessidade de planejar, executar, controlar e concluir todo um projeto de acordo com prazos, custos e padrões de qualidade. Justamente por isso, o salário médio da profissão é de € 60.000 por ano.

5. Diretor de Comunicação e Tecnologia da Informação

Em uma realidade onde a revolução tecnológica confere ao setor de TI um papel cada vez mais importante, os diretores de tecnologia da informação e comunicação garantem que os departamentos relacionados operem corretamente.

De grande importância dentro de uma empresa, o salário médio desses profissionais pode ser superior a € 50.000 ao ano.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Heloísa Garcia

Brasileira, tem formação em Design de Games e Comunicação em Computação Gráfica. Apaixonada por tecnologia, cinema e literatura, desapegou e foi viver na Europa em 2015. De volta ao Brasil, hoje é grande entusiasta de um estilo de vida quase nômade.

Artigos Relacionados

Fechar