A Inglaterra é um país conhecido pela sua boa qualidade de vida, segurança, educação e saúde gratuitos, e, claro, as atrações culturais. Não à toa que atrai estrangeiros de diversas partes do mundo em busca de uma vida melhor e mais oportunidades de emprego e estudo. Mas antes de fazer as malas, é importante conhecer as vantagens e desvantagens de morar na Inglaterra.

Leia nosso artigo a seguir e saiba mais sobre os pontos positivos e negativos de viver na Terra da Rainha para tomar uma boa decisão.

7 vantagens de morar na Inglaterra

Apesar de ser um dos países mais desenvolvidos do mundo e um dos destinos favorito dos brasileiros, existem algumas vantagens e desvantagens de morar na Inglaterra que você deve considerar antes de embarcar para o país. Isso porque, muitas pessoas vislumbram uma ideia sobre a Inglaterra, acreditando que tudo será perfeito. Mas, na realidade, viver no país certamente vai apresentar seus desafios e dificuldades.

Sim, morar na Inglaterra tem muito mais vantagens do que desvantagens, do meu ponto de vista, mas é preciso considerar que iremos encontrar situações inesperadas e lidar com problemas no dia a dia. Diante disso, selecionamos algumas vantagens que a Inglaterra oferece aos seus habitantes.

Confira!

Acesso ao sistema público de saúde de qualidade

O sistema de saúde da Inglaterra é gratuito, acessível e de qualidade.

Portanto, você não precisa se preocupar em ir à falência por chamar a ambulância em uma emergência ou por ser diagnosticado com uma doença mais grave, como acontece em outros países.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Apesar de não incluir alguns serviços de saúde, como assistência odontológica, o atendimento no National Health Service (NHS) é excelente. Os estrangeiros que vivem legalmente no país têm direito a consultas, atendimentos e tratamentos gratuitos pelo sistema de saúde.

No entanto, também é preciso considerar que o sistema de saúde não é extremamente preventivo, ou seja, você não tem como realizar exames de rotina com frequência.

Ademais, suas consultas sempre serão com um clínico geral e ele, então, encaminhará para um especialista caso ache necessário. Portanto, os atendimentos especializados podem ser demorados.

Educação de qualidade e gratuita

A Inglaterra é o berço de algumas das melhores faculdades do mundo, como a universidade de Oxford, Cambridge e o Imperial College London. Todas com alta qualidade, laboratórios bem equipados e excelentes instalações de pesquisa.

Além disso, a educação é obrigatória e gratuita para as crianças e adolescentes, entre 5 e 16 anos. O sistema educacional da Inglaterra também permite que os alunos estudem de maneira gratuita antes ou depois dessa faixa etária. Mas, é claro, existem escolas privadas no país com mensalidades bem altas.

Dessa forma, antes dos 5 anos de idade, caso os dois pais trabalhem, as crianças terão direito a 30 horas de creche gratuitas. A partir dos 5 anos, o ensino é gratuito até o fim do segundo grau. A partir daí, por outro lado, será necessário desembolsar uma quantia elevada para frequentar uma universidade.

Lembrando que o período de aula começa geralmente 8h45 da manhã e termina às 15h30. As crianças almoçam na escola e os lanches são gratuitos até os 7 anos de idade. Caso a família não tenha condições, é possível conseguir subsídio para os lanches escolares.

Se tornar fluente em inglês

Que melhor lugar para praticar seu inglês do que a Inglaterra? Ao morar no país, você terá a chance de ouvir vários sotaques britânicos diferentes, incluindo o inglês, irlandês, escocês e galês, que são bem diferentes.

Por ter contato com tantas variações do inglês e sotaques, você terá uma experiência auditiva do mundo real que não conseguiria obter em um curso de inglês convencional. Essa é, sem dúvida, uma das grandes vantagens de morar na Inglaterra.

Acesso a cultura gratuita

A possibilidade de visitar os museus sem pagar nada é outra vantagem de morar na Inglaterra. Além disso, ao viver no país, você pode conhecer o museu Britânico em Londres, o Museu de História Natural, entre outros localizados em Bath, Cambridge e Oxford.

Isso sem contar as inúmeras outras atrações culturais gratuitas presentes nas ruas das principais cidades inglesas. Do meu ponto de vista, a Inglaterra é, por si só, um museu à céu aberto. Quem conhece Cambridge, por exemplo, sabe bem disso.

Aqueles que adoram uma atração cultural, também podem ir a exposições especiais. No entanto, nesses casos, você provavelmente terá que pagar uma tarifa para entrar que varia de £5 a £12.

Economia e moedas fortes

Apesar do Brexit, que culminou na saída da Inglaterra da União Europeia, o país possui uma das economias mais desenvolvidas do mundo. A libra esterlina também é uma moeda bastante forte e confiável, isso contribui tanto para a valorização dos investimentos quanto para o aumento do poder de compra da população.

Com a economia em crescimento, há o surgimento de diversas oportunidades de empregos para profissionais qualificados. Dessa forma, construir uma vida confortável e estável no país se torna uma tarefa mais fácil, principalmente se comparamos com o Brasil.

Mercado de trabalho aquecido

O mercado de trabalho na Inglaterra é aquecido e tem muito a oferecer. Apesar de todas as incertezas em torno do Brexit e da recessão global causada pela pandemia, a economia está em crescimento, criando mais empregos e aumentando os níveis salariais.

Devido à diversidade cultural, o mercado de trabalho é geralmente muito aberto e acolhedor para os estrangeiros. No entanto, entender os costumes e normas culturais dos britânicos no ambiente de trabalho pode ajudá-lo a se adaptar mais rapidamente nesses espaços.

Veja nosso artigo sobre as oportunidades de emprego na Inglaterra para brasileiros.

Jovem em uma entrevista de emprego
O mercado de trabalho está aquecido na Inglaterra.

Subsídios e suporte

Certamente uma das principais vantagens de viver na Inglaterra é o suporte financeiro dado pelo governo. Para ter acesso, você precisa fazer o pedido de ajuda por meio do conselho da região onde você mora. Existem descontos no pagamento do housing tax (semelhante ao IPTU), desconto para quem vive sozinho em casa, suporte financeiro para quem não ganha o salário mínimo, entre outros.

Portanto, dificilmente você vai passar por muita dificuldade financeira no país, já que o governo dá suporte em muitos casos.

3 desvantagens de morar na Inglaterra

Como nenhum país é completamente perfeito, existem vantagens e desvantagens de morar na Inglaterra. Agora que você conheceu os benefícios de morar em solo britânico, então falaremos abaixo sobre alguns contras de se estabelecer permanentemente no país.

Custo de vida elevado

Apesar de ser um aspecto relativo, o custo de vida na Inglaterra, especialmente em Londres, é um dos mais caros do mundo. O valor do aluguel de um apartamento com um quarto no centro da capital pode custar mais de um salário mínimo, segundo o site Numbeo. Esse gasto é cerca de 51% mais caro, se comparado com Paris.

Por isso, muitas pessoas optam por morar nas cidades pequenas da Inglaterra, longe das grandes metrópoles para reduzir os gastos com alimentação, transporte, moradia, entre outros.

Assim, a menos que você não se importe em morar em cidades do interior do país, deve se preparar bem financeiramente para manter o seu estilo de vida na capital inglesa ou em regiões próximas a esta. Mas em compensação os moradores não têm gastos com plano de saúde ou mensalidades de escolas, já que são gratuitos.

Clima pode ser um problema para algumas pessoas

O clima na Inglaterra frio e instável é outra desvantagem, principalmente para os brasileiros que adoram o calor. Afinal, são muitos meses com temperaturas baixas, céu cinzento e chuvas frequentes. No início, a adaptação pode ser tranquila, mas após um tempo, percebemos a importância que um dia de sol faz para o nosso bem-estar.

Nos meses de novembro até o final de março, as temperaturas ficam baixas, com muitos dias de temperaturas negativas e até neve. O que pode ser difícil para quem não gosta muito do frio. Por outro lado, os meses de verão são ótimos para passear e fazer atividades ao ar livre.

Distância da família no Brasil

A saudade da família no Brasil é uma das maiores desvantagens de morar na Inglaterra. Os ingleses não são tão calorosos quanto os brasileiros, por isso pode ser um pouco difícil fazer amizades rápidas. Isso aumenta a saudade dos nossos familiares e amigos que ficaram no Brasil.

A boa notícia é que podemos recorrer a tecnologias como WhatsApp, Skype e vídeo chamadas para conversar com os nossos. São boas estratégias para aliviar a saudade e compartilharmos as nossas experiências.

Como a comunidade de brasileiros na Inglaterra é bem unida, vale a pena entrar em contato com eles para fazer novas amizades. Caso você more com sua família na Inglaterra, a saudade diminui um pouco mais.

Live sobre morar na Inglaterra

O Euro Dicas fez uma live no Youtube com o tema Como Morar na Inglaterra em que eu, Andrea Côrtes, também participei. Se você quiser aprofundar no planejamento de mudança para o país, acompanhe a live!

Vale a pena morar na Inglaterra?

Sim, eu realmente acho que vale a pena morar na Inglaterra, mas certamente essa é uma questão bastante pessoal. Eu gosto de morar aqui, especialmente porque acredito que o país oferece uma boa qualidade de vida para quem tem filho. Nós moramos em uma cidade do interior e temos tudo o que precisamos: casa boa e aquecida, acesso à escola gratuita e de qualidade, clínicas e hospitais e segurança.

Claro que a vida não é perfeita, mas é possível superar os pontos negativos se olharmos para o contexto geral. O Brasil, de forma alguma, é um país ruim. Nós temos qualidades que dificilmente encontramos em outros países, mas o dia a dia na Inglaterra é muito mais fácil, o que conta muitos pontos no final!