6 melhores cidades para investir na Europa: veja a lista

A Europa é um dos continentes que atrai mais investidores estrangeiros no mundo, principalmente aqueles que buscam aplicações rentáveis e lucrativas. Se você pretende aplicar neste mercado, então é importante conhecer as melhores cidades para investir na Europa.
Por isso, neste artigo vamos apresentar o ranking da Forbes com as seis melhores cidades da Europa para investir em 2020. Confira:

Melhores cidades para investir na Europa: top 6

Comprar casa na Europa é uma boa oportunidade de investimento para estrangeiros de todo o mundo. Em algumas cidades, é possível adquirir um imóvel por um bom preço e ainda ter acesso ao visto de permanência para morar no país.
Diante dessa tendência, a Forbes elaborou um ranking com as melhores cidades para investir na Europa em 2020. Ele indica as cidades que estão com o mercado imobiliário aquecido e representam uma excelente rentabilidade. Confira abaixo quais são elas:

1. Nápoles – Itália

Nápoles é uma das melhores cidades para investir na Europa no setor imobiliário. Em 2018, a cidade registrou um aumento de 15% nas vendas de imóveis. Há vários motivos para investir em Nápoles, o principal deles é o preço dos imóveis. Para você ter uma ideia, é possível encontrar casas ou apartamentos por cerca de USD 200 por metro quadrado.
Esse valor é baixo quando comparamos com o preço por metro quadrado de Roma que gira em torno de USD 315. E tem mais! Nápoles é um destino da Itália popular entre os turistas, localizada na costa do Mediterrâneo e pouco mais de 2 hora de carro de Roma.
Não é a toa que muitos investidores compram imóveis na cidade para alugar e ganhar uma ótima fonte de rendimento.
Aproveite e descubra como fazer financiamento de casa na Itália.

2. Megève – França

A cidade de Megève, na França, tem atraído investidores há alguns anos. O mercado imobiliário está em alta desde que a cidade sediou a etapa do Tour de France e pelas suas estações de esqui próximas da Cordilheira Mont Blanc.
Um sinal claro da valorização imobiliária da cidade foi a abertura de vários hotéis luxuosos, como o Four Seasons. Segundo dados da Forbes, um chalé de 2 quartos em condomínio fechado pode custar cerca de USD 500 mil.
Magève melhor cidade para investir na França
Em 2018, a compra de imóveis para britânicos subiu de 5% para 15% ao longo do ano. Já os suíços foram responsáveis por 25% da compra de casas na cidade. Portanto, sem dúvida, são ótimos sinais de que vale a pena investir na cidade francesa.
Confira aqui a documentação e custos de comprar casa na França.

3. Székesfehérvár – Hungria

O mercado imobiliário de Székesfehérvár teve um aumento surpreendente de 17% em 2019, sendo uma das melhores cidades para investir na Europa em 2020.
Um dos principais motivos desse aumento deve-se a atualização da ligação ferroviária entre Székesfehérvár e Budapeste, incentivando a venda de casas e apartamentos na cidade. Somado a esse boom imobiliário, investir em Székesfehérvár é uma boa opção devido à prosperidade econômica da Hungria.

4. Batumi – Georgia

Batumi é a terceira maior cidade da Geórgia e também está vivenciando uma valorização do mercado imobiliário. Estima-se que entre 2018 e 2019 foram construídas cerca de 23 mil residências na cidade do Leste Europeu.
Segundo levantamento do Batumi Expert, esses imóveis custam aproximadamente USD 37 por metro quadrado. A maioria dos investidores são estrangeiros atraídos pela qualidade de vida do país e pela oportunidade de aumentar os seus rendimentos.

5. Porto – Portugal

Porto também está na lista das melhores cidades da Europa para investir em 2020. De acordo com a Forbes, os preços dos imóveis são 30% mais baratos do que os de Lisboa, capital do país. Isso representou um aumento de 15% das vendas de casas e apartamentos na cidade em 2019.
O principal motivo dessa demanda deve-se ao fato do aumento do valor dos imóveis em Lisboa, tornando os preços das casas no Porto mais baratas. Além disso, o governo português flexibilizou as normas do aluguel, permitindo que os proprietários tenham lucros maiores.
Confira aqui como investir em imóveis em Portugal e ter rendimentos acima da média.

6. Rotterdam – Países Baixos

Depois de Amsterdam, Rotterdam é a segunda maior cidade dos Países Baixos (Holanda) e sedia o maior porto da Europa. Mas, nos últimos anos, a cidade tem atraído investidores do mundo todo devido aos preços baixos dos imóveis na região.
Rotterdam Holanda
Segundo a Forbes, a cidade está se tornando um refúgio para quem deseja investir na Holanda por um preço acessível. Em geral, o preço do metro quadrado do imóvel custa USD 295, um valor abaixo da média se compararmos com os preços de Amsterdam.
Contamos neste artigo quanto é o custo de vida na Holanda.

Quais as vantagens de investir na Europa?

Comprar imóveis é uma das aplicações mais seguras e vantajosas que existe. Como você pode perceber, o mercado imobiliário das melhores cidades para investir na Europa oferecem casas por um preço acessível e em áreas valorizadas.
É possível adquirir um imóvel e obter uma boa fonte renda alugando-o ou, caso prefira, você pode morar lá e aproveitar a qualidade de vida da Europa. Mas as vantagens de investir no continente europeu não se limitam aos bons rendimentos e qualidade de vida. Veja a seguir mais dois bons motivos para aplicar seus recursos no continente.
Confira:

Direito ao visto de residência

Alguns países europeus como Portugal, Grécia, Espanha e Malta disponibilizam o visto de residência para os estrangeiros que investem no país. Essa foi uma estratégia adotada para atrair investidores e estimular a economia.
É importante destacar que cada governo estipula suas próprias regras. Por isso, o processo e a quantia variam com cada país. Para tornar isso mais claro, veja a seguir quanto é preciso investir na compra de um imóvel para ter direito ao visto de residência:

  • Espanha: 500 mil euros;
  • Grécia: 250 mil euros;
  • Malta: 250 mil euros;
  • Portugal: 350 mil euros.

Alguns países estão mudando a estratégia para conceder o benefício. Em Portugal, por exemplo, investir em imóveis em grandes cidades como Porto e Lisboa, não dá mais direito ao Golden Visa.
O objetivo é tentar conter o aumento de preços no mercado imobiliário que prejudica, sobretudo, a população do país.

Bom retorno do investimento

Como você pode perceber, as melhores cidades para investir na Europa estão com o mercado imobiliário em alta. Muitas delas, inclusive, estão localizadas em regiões turísticas, sendo uma excelente oportunidade para quem pretende locar imóveis por temporada. Em pouco tempo, é possível obter o retorno do investimento e ter um lucro considerável com isso.

Facilidade de envio de dinheiro

Outra vantagem para quem pretende investir na Europa é a facilidade em enviar e receber remessas do exterior. Antes era preciso recorrer aos bancos ou grandes casas de câmbio.
Atualmente o processo de envio de dinheiro em grandes quantias para a Europa é bastante simplificado. Algumas plataformas, como a Remessa Online e a TransferWise realizam todo o processo de forma rápida e segura.
Além disso, diferente dos bancos, essas plataformas oferecem taxas transparentes e câmbio mais vantajoso. Ou seja, elas facilitam tanto o envio para a compra de imóvel no exterior, quanto o recebimento dos rendimentos desses imóveis.

Andrea Côrtes
Andrea é jornalista e também tem formação em Linguística. Apesar de nascida em Curitiba, não demorou muito tempo para seu coração ganhar o mundo. Começou a trabalhar com agronegócio, área que a fez ganhar gosto para trabalhar fora do escritório, com pessoas de culturas e lugares diferentes. Com uma câmera na mão, desbravou inúmeras cidades e nunca mais parou. Decidiu unir a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, sete países da África e Ásia. Ao lado do filho já morou no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a maternidade, produção de conteúdo e viagens pelo Reino Unido e Europa.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Morar na Noruega: motivos para morar e para não morar no país

Razões para morar e para não morar na Noruega, custo de vida no país, história, moeda, língua, imigração, vistos e dados sobre a população local.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube