Portugal ou Espanha, eis a questão! Essa é uma dúvida de muitos brasileiros que estão começando as pesquisas para definir o planejamento de mudança. Tanto o país luso quanto o país hispânico possui vantagens e desvantagens. Porém, eles têm coisas em comum: ambos contam com paisagens incríveis e gastronomia maravilhosa!
Se você está com dúvida se deseja morar em Portugal ou Espanha, continue a leitura do artigo porque vou falar sobre cada um deles, fazer um comparativo de custo de vida, salário, oportunidades de emprego e outros pontos que vão te ajudar na decisão.

Morar em Portugal ou Espanha?

Se está planejando morar em Portugal ou Espanha, o melhor a se fazer é pesquisar bastante sobre eles. Definir as cidades de interesse também podem ajudar a colocar na balança os pontos positivos e negativos.
Apesar de serem países vizinhos, são bem diferentes em alguns aspectos e muito similares em outros.

Dimensão de cada país

Vamos começar pela dimensão territorial e populacional. Portugal é muito pequeno, possui apenas 92.212 quilômetros quadrados de extensão e uma população de 10,28 milhões de habitantes (censo de 2019). Enquanto a Espanha possui 505,99 quilômetros quadrados de extensão e 46,94 milhões de habitantes (censo de 2019). Portanto, se tratando de território, a Espanha é cinco vezes maior que Portugal e com uma população 4 vezes maior.

Como é morar em Portugal?

Morar em Portugal é ter a certeza de uma vida mais tranquila, segura, sem trânsitos caóticos (na visão do brasileiro) e ter uma rotina desacelerada. É aprender a trabalhar para viver e não viver para trabalhar, ou seja, morar em Portugal é ter qualidade de vida. E posso afirmar por experiência própria que é realmente tudo isso!
Além disso, fomos colonizados pelos portugueses e como consequência, as nossas culturas tendem a estar mais próximas. Está longe de ser igual, mas temos muitos traços em comum e talvez o maior exemplo seja a língua portuguesa. Cada um com sua maneira de falar, com seu sotaque e com suas palavras e gírias específicas, mas o importante é que nos entendemos muito bem.

Como é morar na Espanha?

Morar na Espanha é imergir em uma cultura diferente e extremamente rica. É admirar o Flamenco, amar ou detestar as touradas e outras tradições espanholas. É sair para comer tapas e beber um tinto de verano. É fazer a siesta após o almoço e sentir-se renovado para a próxima jornada de trabalho.
É ter muita segurança nas cidades pequenas, mas andar um pouco mais alerta em cidades maiores, como Madrid e Barcelona. É ter transporte público que te leva para todos os lugares e uma vida mais agitada, mas sem deixar a qualidade de vida de lado. É falar muito “portunhol” até aprender a hablar español fluente (e isso é muito importante!).
Apesar da cultura diferir, tem um ponto que os espanhóis e brasileiros tem em comum: a receptividade. Sabe aquele nosso lado de ser muito alegre, gostar de fazer amigos e sair para se divertir? Os espanhóis são iguaizinhos!
Espanha ou Portugal

Onde há melhores oportunidades de trabalho?

Com a crise desencadeada pela pandemia da Covid-19, eu diria que não há melhores oportunidades de trabalho em Portugal ou Espanha. O mercado de ambos os países tem pisado no freio e o índice de desemprego em aumentado.
Segundo o PORDATA, o índice de desemprego em Portugal fechou o ano de 2020 com o percentual de 6,8%. É abaixo dos 8,3% do que o próprio governo havia previsto. Então, pode-se dizer que o desemprego no país perante a crise da pandemia tem se mantido relativamente estável, já que em 2019, a percentagem era de 6,5%.
Já na Espanha, que ainda não havia se recuperado 100% da crise que atingiu a Europa em 2008, agravou sua situação. O país fechou o ano de 2020 com uma taxa de desemprego de 16,13% segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).
Apesar do índice de desemprego em ambos os países, as oportunidades existem, principalmente para profissionais altamente qualificados. Pode ser mais difícil uma colocação no mercado de trabalho nesse momento, mas adaptar o currículo para o modelo europeu e ficar de olho nas vagas disponíveis nos sites de emprego de Portugal ou nos sites de emprego na Espanha, pode render uma oportunidade.

Salários mínimos e médios

Quando o assunto é salário mínimo e médio, a Espanha sai na frente de Portugal. Veja a tabela baseada nos dados do INE de ambos os países.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →
País Salário mínimo Salário médio
Portugal 665€ 1.326€
Espanha 950€ 1.715€

Melhor país para juntar dinheiro

A dúvida é juntar dinheiro em Portugal ou Espanha? Então, deixa eu te dizer que Portugal definitivamente não é um país para enriquecer, mas também não acho que a Espanha seja esse país. Ambos prezam pela qualidade de vida e nenhuma das culturas vivem pelo trabalho. Comparando os dois, melhor seria optar pela Espanha.
Porém, se deseja mesmo juntar dinheiro, melhor seria mirar em países como a Inglaterra e Alemanha, onde os salários são bem mais altos.

Qual tem o melhor clima, Portugal ou Espanha?

Ambos os países possuem um clima ameno com relação a toda a Europa. Porém, conhecendo os dois países, eu diria que Portugal sai na frente por ter temperaturas mais agradáveis tanto no verão, quanto no inverno.
A extensão territorial de Portugal é pequena, mas não deixe se enganar, pois o clima pode variar bastante entre as regiões. No Algarve, sul de Portugal, são 300 dias de sol por ano e um clima super agradável, mesmo no inverno. Na região central, Lisboa e arredores, a temperatura é mais amena, apesar de o verão ser bem quente. No Porto e toda a região do norte, o clima é agradável no verão (às vezes com dias bem quentes), mas o inverno é extremamente chuvoso e frio, porém raramente temos temperaturas negativas. Quer ver neve em Portugal? Só indo para a Serra da Estrela.
Já na Espanha, o clima é 8 ou 80, sabe? Eu costumo dizer que é insuportável de calor e seco no verão e muito frio no inverno e com temperaturas negativas em diversas cidades, sedo mais suscetível a nevar. Em janeiro de 2021, acompanhamos nos noticiários a grande nevasca que atingiu Madrid e região. Tudo bem que foi uma nevasca histórica, mas para um brasileiro, aguentar temperaturas negativas já é complicado, imagina só -11 graus?

Melhor para estudar

Ambos os países possuem excelentes escolas e universidades públicas e privadas que oferecem uma excelente qualidade no ensino.
O ensino público em Portugal ao nível escolar é gratuito, ficando a cargo dos pais apenas o pagamento da alimentação na escola, material escolar (com exceção dos livros que são gratuitos). O valor desse pagamento é realizado de acordo com escalões socioeconômicos divididos em A, B e C, e variam de acordo com o ciclo de estudo. O horário das aulas é de 9h às 15:30h. Além disso, o ensino do inglês e um terceiro idioma são obrigatórios.
O ensino público na Espanha também é gratuito, ficando a cargo dos pais, o pagamento do material escolar e refeição. Os pais que não possuem condições financeiras ficam isentos por esses pagamentos. O horário das aulas é de 9h às 16h com intervalo de 2h para o almoço. Na Espanha, além das escolas públicas,  existem as escolas “concertadas”, em que parte da mensalidade é subsidiada pelo governo e a outra parte pelos pais. O ensino do inglês e outro idioma também é obrigatório no país ibérico.
Apesar de os ensinos públicos serem bem similares e de ótima qualidade, acredito que será mais proveitoso para as crianças e adolescentes serem matriculados na Espanha, pois dessa forma, vão adquirir a fluência no espanhol. Além é claro, de aprender a falar inglês e mais um idioma, seja alemão, francês ou italiano. Portanto, o jovem estudante brasileiro na Espanha se forma falando 4 idiomas no total.
E aprende mesmo viu! O ensino de línguas nas escolas de Portugal ou Espanha são bem diferentes do Brasil, onde aprendemos o Verb To Be a vida toda.
Já o ensino superior de ambos os países são ótimos. Os dois possuem universidades de grande destaque e em ambos os países as universidades públicas são pagas. Porém, Portugal pode ter destaque nesse quesito porque a maioria das universidades portuguesas aceitam o ENEM na candidatura, o que acaba sendo um grande atrativo para os brasileiros. Além disso, por ser o mesmo idioma, não é preciso fazer tradução juramentada de vários documentos e diploma.

Cultura e acolhimento do povo

A cultura portuguesa é mais semelhante em alguns pontos, mas em outros podem ser bem diferentes. Enquanto a cultura espanhola é diferente, mas alguns pontos podem ser muito semelhantes. Difícil de entender? Eu explico.
Temos semelhanças culturais com Portugal devido ao nosso passado. As cidades históricas brasileiras possuem uma grande influência na arquitetura. A história dos países está interligada. Falamos a mesma língua, apesar de muitas palavras terem significados diferentes. Porém, os portugueses costumam ser bem mais reservados e são super bairristas.
Já os espanhóis, apesar de falarem outro idioma, ter a cultura do Flamenco, das touradas e de ser proibido beber na rua, os espanhóis são extremamente alegres e expansivos quem nem os brasileiros. Adoram fazer amizades e tudo vira motivo de festa! Eu amo essa nossa característica e amo ver isso nos espanhóis. Sinto que o acolhimento dessa nossa personalidade expansiva é maior por parte deles, quando comparados aos portugueses.
Casas no Porto

Qual país tem o melhor custo de vida?

Sem dúvida alguma, o custo de vida em Portugal é mais baixo. Lembra que ali em cima eu comentei dos salários e o da Espanha parecia melhor? Então, salário e custo de vida devem ser avaliados sempre em conjunto para avalar qual é o melhor.
Para descobrir qual tem o melhor custo de vida, se é Portugal ou Espanha, montei um quadro comparativo, com base no Numbeo, com os principais gastos considerando às duas capitais, Lisboa e Madrid.

Gastos Lisboa Madrid
Refeição, restaurante barato 8€ 12€
Refeição para 2 pessoas, restaurante médio, três pratos 35€ 50€
McMeal no McDonalds (ou refeição combinada equivalente) 6€ 8€
Cerveja local (chopp) 2€ 3€
Leite – 1 litro 0,68€ 0,82€
Arroz – 1kg 0,92€ 1,07€
Ovos – dúzia 2€ 1,90€
Filé de frango – 1kg 4,81€ 6,42€
Banana – 1kg 1,04€ 1,85€
Batata – 1kg 0,96€ 1,25€
Água – 1,5 litro 0,51€ 0,70€
Transporte – passe mensal 40€ 54,60€
Gasolina – 1 litro 1,52€ 1,28€
Internet 32,72€ 41,26€
Academia 31,76€ 40€
Cinema – lançamento internacional 7€ 9€
Apartamento 1 quarto no centro da cidade 832,53€ 903,80€
Apartamento 3 quartos no centro da cidade 1.490€ 1.616€

*Valores pesquisados no dia 21 de março de 2021.
Segundo o Numbeo, a diferença em percentagem entre Lisboa e Madrid são:

Preços ao consumidor incluindo o aluguel 12,91% mais baixos em Lisboa
Preços do aluguel 7,41% mais baixo em Lisboa
Preços dos restaurantes 28,70% mais baixos em Lisboa
Preço de supermercado 17,91% mais baixos em Lisboa
Poder de compra 26,48% mais alto em Madrid

*Valores pesquisados no dia 21 de março de 2021.

Qual país tem mais segurança?

Portugal ou Espanha, ambos possuem uma boa segurança, principalmente se comparada ao Brasil. Porém, a Espanha é um país muito maior e mais populoso. As grandes cidades, como Madrid e Barcelona são famosas pelos furtos. Há muitos batedores de carteira e é preciso ter mais cuidado. Fora isso, o país é bem tranquilo e os moradores dizem se sentir seguros ao caminhar pelas ruas, mesmo na parte da noite.
Portugal é um país extremamente seguro e eu assino embaixo. Sempre ando pelas ruas sem medo e independente da hora. Segundo o ranking do Global Peace Index de 2020, o país luso ocupa a terceira posição entre os mais seguros do mundo. Já a Espanha, ocupa a 38ª posição. Portanto, tomadas as devidas proporções, Portugal é mais seguro.

Saúde em Portugal e na Espanha

Os dois países possuem um sistema público de saúde que funcionam bem. Porém, entre Portugal ou Espanha, quando o assunto é saúde, a Espanha sai na frente.
O país ibérico é líder mundial há quase 30 anos em doação e transplantes de órgãos, exporta tecnologia voltada para a área de saúde para todo o mundo e possui um atendimento e formação médica de altíssimo nível. Os pontos a favor da saúde pública na Espanha, consequentemente refletem na população espanhola, que foi considerada a mais saudável do mundo, pelo ranking de 2020 da Bloomberg Healthiest Country.

Burocracia: dificuldade para conseguir visto e residência

Seja em Portugal ou Espanha, não tem como fugir da burocracia com relação ao visto de residência, a não ser que você tenha cidadania europeia.
Ambos os países possuem diversos tipos de visto de residência que podem ser solicitados e a dificuldade é a mesma, pois cada visto possui um pré-requisito e uma documentação específica a ser apresentada na solicitação.
Os tipos de visto em Portugal são:

  • Trabalho;
  • Estudo;
  • Estada Temporária (para cursos de curta duração);
  • Empreendedor;
  • Investidor;
  • Aposentado ou renda fixa;
  • Profissionais de alta qualificação.

Já os vistos para Espanha são:

  • Trabalho;
  • Estudante;
  • Aposentado ou renda fixa;
  • Investidor ou empreendedor.

Conseguir o visto de residência na Espanha pode ser um pouco mais burocrático, pois muitos documentos precisam passar por tradução juramentada. Se todos os documentos estiverem anexados ao pedido, certamente não terá dificuldade para conseguir.

Legalização e aquisição de nacionalidade

Seja em Portugal ou Espanha para residir legalmente é preciso obter o visto de residência ainda no Brasil. Ambos fazem parte da do Espaço Schengen e permitem que turistas permaneçam em território europeu pelo período máximo de 90 dias.
Porém, os dois países possuem brechas na lei, para regularizar estrangeiros. Veja bem, há uma diferença entre irregular e ilegal em Portugal. Saiba como se legalizar na Espanha.
Quanto a aquisição da nacionalidade, a Espanha merece o destaque. Os estrangeiros naturais de países ibero-americanos podem solicitar a cidadania por tempo de residência após 2 anos vivendo legalmente no país. Em Portugal, a mesma cidadania pode ser solicitada após 5 anos de residência legal. Ambas são feitas pelo processo de naturalização e, segundo a lei brasileira, quem se naturaliza em outro país, pode vir a perder alguns direitos como cidadão brasileiro.

Idioma

O português acaba sendo um grande facilitador de quem quer morar fora, mas tem dificuldades com outro idioma. É engraçado pensar como muitas palavras e expressões podem ser tão diferentes dentro da mesma língua. Faça o download do nosso minidicionário para rir e aprender um pouquinho as diferenças linguísticas entre o português brasileiro e o português de Portugal.
Por outro lado, morar na Espanha pode ser uma grande oportunidade para aprender um novo idioma e/ou adquirir a fluência. Nesse mundo globalizado é primordial que saibamos outros idiomas, principalmente para quem deseja trabalhar na Europa.
Vista panorâmica Lisboa

Gastronomia portuguesa ou espanhola?

Ambos adoram um pão e vinho para acompanhar as refeições. Os pratos com frutos-do-mar também são fortes em ambos. E os dois possuem uma gastronomia maravilhosa e sem defeitos (na minha opinião, claro).
Porém, os portugueses que me desculpem, mas entre um e outro, eu fico com a gastronomia Espanhola.
Vamos fazer uma brincadeira de criar um pódio de comidas típicas da Espanha x comidas típicas de Portugal? Depois me conta nos comentários qual ocupa o seu primeiro lugar.

  • Paella (de frutos-do-mar ou a típica Valenciana com carnes) ou um Bacalhau (seja ele qual for o cozinho). Eu fico com a Paella.
  • Gazpacho ou sopa de grelos? Eu fico com o Gazpacho.
  • Tapas ou prego no pão? Ok, Portugal venceu nesse. Prego no pão é melhor.
  • Cocido madrileño ou Cozido à portuguesa? Sem dúvida, o madrileño.
  • Casadielles ou pastel de nata? Bom, é impossível competir com os portugueses quando o assunto é doce. Então, o pastel de nata sempre vai sair na frente.

No resultado do meu pódio, Espanha é a vencedora no quesito gastronomia!

Quais as semelhanças entre Portugal e a Espanha?

As semelhanças são muitas, como conseguiu verificar ao longo do artigo. Em resumo há semelhanças em:

  • Sistema de Educação de qualidade seja em Portugal ou Espanha;
  • Clima ameno em ambos quando comparados a outros países europeus;
  • Segurança nos dois países é um ponto em comum;
  • Juntar dinheiro será difícil em ambos;
  • Seja em Portugal ou Espanha, encontrar trabalho facilmente é uma tarefa mais complicada do que se imagina;
  • Ambos os países possuem uma grande variedade de vistos de residência e devem ser solicitados ainda no Brasil.

Quais as principais diferenças entre Portugal e Espanha?

Em resumo, as diferenças entre Portugal e Espanha são:

  • O espanhol pode ser um pouco mais complicado para quem está de mudança e não domina o idioma;
  • O salário mínimo e médio da Espanha é mais alto quando comparado a Portugal, porém, o custo de vida também é mais alto;
  • As universidades portuguesas aceitam o ENEM e as espanholas não;
  • Em Portugal é possível obter o Estatuto de Igualdade de Direito e Deveres e desta forma, gozar dos mesmos direitos de um cidadão português;
  • A cidadania espanhola por tempo de residência pode ser solicitada após 2 anos (para naturais de países ibero-americanos) vivendo legalmente, enquanto em Portugal só pode ser solicitada após 5 anos.

Qual é melhor, Portugal ou Espanha?

E aí, conseguiu definir se vai morar em Portugal ou Espanha? Se optar pelo país luso, recomendo adquirir o nosso Programa Morar em Portugal, que conta com 22 videoaulas e um ebook completo com mais de 300 páginas para te ajudar em todo o planejamento de mudança. Se optar pelo país hispânico, recomendo adquirir o nosso Ebook Morar na Espanha, que será um guia de grande utilidade na jornada de mudança, desde o planejamento no Brasil até os primeiros passos no novo país.