Custo de vida na Europa: as 10 cidades mais baratas para viver

Europa  / 

Se você está planejando morar no exterior e está na fase de pesquisa, é importante saber qual o custo de vida na Europa e em quais cidades é possível viver com menos. Por isso, hoje vamos te contar quais são custos básico e as cidades mais baratas para viver no continente europeu.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Cidades com o menor custo de vida na Europa

De modo geral, os lugares com o menor custo de vida na Europa são nos países do Leste Europeu, bem como em Portugal, Espanha, Grécia, Itália e Malta.

Já os países mais caros para morar na Europa são na Suíça, no Reino Unido, Noruega, Irlanda, Dinamarca, Luxemburgo e Finlândia.

Confira as cidades com o menor custo de vida na Europa, de acordo com Expatistan, que calcula o custo de itens básicos em diversos países:

1. Pristina (Kosovo)

Com cerca de 600 mil habitantes, Pristina é a cidade com o menor custo de vida na Europa. O Kosovo é reconhecido como país independente por apenas 102 países membros da ONU. Possui como moeda o euro, mas é um país bastante pobre. O PIB per capita é o 139º do mundo e seu IDH é o 94º.

O custo de vida na cidade é o mais barato da Europa com um Combo do McDonald´s por 3,87€. E 500g de peito de frango por 2,74€ . Veja a lista completa dos preços em Pristina.

custo de vida na Europa Pristina

2. Lviv (Ucrânia)

Lviv é uma das cidades com o menor custo de vida na Europa. Localizada na fronteira com a Polônia, possui cerca de 800 mil habitantes. A Ucrânia é um país do leste europeu e tem como moeda a Grívnia.

Um combo do McDonald’s (que serve como base de comparação) custa 3,65€, já um quilo de batatas custa 0,30€. Veja o custo de vida de Lviv aqui.

Viver na Europa: saiba tudo sobre morar no continente e se vale a pena.

3. Kharkiv (Ucrânia)

Kharkiv é uma das maiores cidades da Ucrânia, no Leste Europeu (bem pertinho da Rússia). É a antiga capital da Ucrânia. A cidade tem mais de 1,4 milhão de habitantes e possui um custo de vida na Europa bem baixo.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Um combo do McDonald’s custa 3,24€, 2 litros de Coca-Coca 0,86€ e dois ingressos para o cinema 5,59€ . Veja a lista completa dos preços em Kharkiv na cidade.

Kharkiv Ucrânia

4. Minsk (Bielorrússia)

Minsk é a capital da Bielorrússia e tem 1,8 milhão de habitantes. A cidade é o maior centro econômico e industrial da Bielorússia. Minsk tem um custo de vida na Europa bem baixo, um litro de leite custa 0,67€ e o aluguel de um apartamento mobiliado custa em média 352€. Confira todos os preços médios na cidade de Minsk.

5. Iaşi (Romênia)

Com cerca de 320 mil habitantes, a cidade de Iaşi, na Romênia fica no leste europeu. É uma cidade linda e possui um custo de vida baixo tanto para morar, quanto para visitar. A moeda da Romênia é o leu romeno e um leu vale 0,21 euro.

Um aluguel em área nobre na cidade, custa 434€ em média (apartamento de 85m2). Já um jantar completo para duas pessoas custa 25€. Descubra todos os preços médios da cidade de Iaşi.

Iasi Romênia

6. Brasov (Romênia)

Brașov é uma das cidades mais legais para se conhecer na Romênia e um custo de vida na Europa bem baixo. A cidade é turística e possui um centro histórico medieval, animado e colorido.

Um almoço completo custa em média 7€ na cidade, um combo do McDonalds 4,18€ . Veja a lista completa dos preços em Brasov.

7. Cluj-Napoca (Romênia)

A cidade de Cluj-Napoca localizada na Romênia é a terceira maior do país. Com um custo de vida na Europa bem baixo, a cidade é bastante vibrante e com um ambiente bastante multicultural. O município com mais de 2 mil anos é o coração da Transilvânia.

Um almoço completo na cidade custa em média 6€ e um combo do McDonalds 4,13€. Veja tudo sobre ocusto de vida em Cluj-Napoca.

Cluj-Napoca

Saiba quais as cidades da União Europeia mais baratas para viver.

8. Escópia (Macedônia)

Escópia é a capital da Macedônia é uma cidade com custo de vida baixo na Europa. Uma cidade moderna, com cerca de 660 mil habitantes. A moeda da Macedônia é dinar macedônio e o país faz fronteira com a Grécia, Bulgária, Sérvia, Kosovo e Albânia.

Na cidade é possível ter um almoço completo por 7€ ou um combo do McDonalds por 4,07€. Já um aluguel na cidade tem média de 418€ em uma boa área. Saiba mais sobre o custo de vida na Escópia aqui.

9. Timișoara (Romênia)

Uma das cidades com baixo custo de vida na Europa é Timișoara, uma linda cidade da Romênia. É uma cidade vibrante e com uma arquitetura incrível. É possível almoçar na cidade por 7€ (com bebida), já um combo do McDonalds custa 4,15€. Descubra todos os preços de moradia e itens básicos do dia a dia na cidade.

Quer viajar? Veja quais as cidades da Europa mais baratas para viajar.

10. Lódz (Polônia)

A cidade de Lódz na Polônia tem cerca de 700 mil habitantes e é a terceira maior cidade do país europeu. É uma cidade bastante criativa e faz parte da Rede de Cidades Criativas da UNESCO.

Lódz está localizada na região central do país e seu custo de vida é bastante baixo. A moeda da Polônia é o zloty e um almoço custa em média 6€ na cidade. Veja a lista completa do custo de vida em Lódz.

Lódz Polônia

Fonte: Expatistan.

Dicas para calcular o custo de vida na Europa

Antes se jogar mundo afora, faça um planejamento financeiro, crie metas. Pesquise bastante sobre o país, o clima, a carga de impostos, os salários, se existem vagas de emprego na sua área, etc. Morar fora é uma experiência incrível e você deve aproveitá-la da melhor maneira.

Muitas vezes um custo de vida baixo, também remete a salários baixos. E o contrário também. Por exemplo, se você morar em um país com o custo de vida alto, terá salários proporcionais.

De modo geral, é possível viver na Europa com apenas um salário mínimo do país. Mas para isso, muitas vezes, é preciso morar mais afastado e economizar no custo de aluguel. Faça as contas, junte dinheiro para a mudança, pesquise bastante e se tiver oportunidade, conheça a cidade antes para saber se ela combina com você.

Portugal está nos seus planos? Veja quais são as cidades mais baratas para morar em Portugal. Aproveite também para conferir o nosso Ebook Como Morar em Portugal e saiba como preparar uma mudança para o país.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.